Miúdos

Se as crianças andam aborrecidas, a culpa não é nossa

Fim-de-semana perfeito em família
Miúdos

Fim-de-semana perfeito em família

Nem ao fim-de-semana dão descanso. Mas não se preocupe: temos 5 sugestões de coisas para fazer em família que os manter entretidos. E a si também. Há curtas, compras, peças de teatro e oficinas de desenho da natureza. Divirtam-se, miúdos. E os vossos filhos também. 

O que é que o Mercadito Blog da Carlota tem?
Compras

O que é que o Mercadito Blog da Carlota tem?

Sábado é dia de ir às compras a Belém. Parece que o Mercadito Blog da Carlota não quer arredar pé do CCB, suspeita que se volta a confirmar com mais uma edição. Em 100 marcas, mais de metade é a pensar nos mais pequenos, tal como a programação, uma fantochada pegada, no melhor dos sentidos. A ocasião pede e nós fomos conversar com Fernanda Velez, mãe da Carlota (da Carminho) e dona disto tudo. Bem, parece que o Mercadito não faz tenções de arredar pé do CCB. Não está nos planos. Há várias características que fazem deste o melhor local até agora. É amplo, a tenda tem mais de mil metros quadrados, é central e é plano, o que é bom para os carrinhos de bebé. Consegue perfeitamente receber as cerca de nove mil pessoas que normalmente o Mercadito Bolg da Carlota recebe. E com que antecedência é que começam os preparativos? Dois meses, sendo que o último mês é mesmo muito intensivo. No fundo, o trabalho começa com o blogue. Lá, as peças que eu mostrava começaram a esgotar muito depressa e a ideia seguinte foi arranjar um espaço físico para divulgar as marcas portuguesas. Existiam menos, muitas estavam só online, outras no Norte ou mais a Sul. Mas também, já não são só as marcas com loja online que querem estar no mercado, certo? Completamente. Começou a haver mais procura e com isso vieram mais marcas. Algumas ficaram pelo caminho, outras consolidaram-se. Algumas já têm loja física, mas não deixam de estar no Mercadito, que continua a representar facturações muito elevadas. Po

MONSTRINHA – 17 anos a animar a pequenada
Filmes

MONSTRINHA – 17 anos a animar a pequenada

A MONSTRINHA não só abre os cinemas às crianças e jovens, como leva a animação para fora de portas, até às escolas, por exemplo, para ensinar a fazer, e, sabe-se lá, revelar vocações. Para já, interessa o cartaz propriamente cinematográfico. Por isso, aí vão cinco pistas para quem ainda não desbravou o programa. 16 a 26 de Março 

Yoga para bebés em Lisboa. De pequenino se torce o corpinho
Miúdos

Yoga para bebés em Lisboa. De pequenino se torce o corpinho

Noites mais agradáveis, sucesso escolar, corpos tonificados e mães e pais satisfeitos com estes resultados. A partir dos zero meses de vida, nada como experimentar para fazer a prova dos nove. 

Sete brunches para toda a família
Restaurantes

Sete brunches para toda a família

O brunch está entre os programas preferidos dos lisboetas, mas nem todos são children-friendly. Se não quer abrir mão da refeição mais cool do fim-de-semana, opte antes por um destes brunches, perfeitos para toda a família.   

Lisboa dos pequeninos

Férias da Páscoa: já sabe o que vai fazer aos miúdos?
Miúdos

Férias da Páscoa: já sabe o que vai fazer aos miúdos?

Folares, amêndoas, ovos de chocolate... A Páscoa tem coisas deliciosas. Os filhos fechados em casa durante duas semanas não são uma delas. Não desespere: damos-lhe 10 ideias que o vão salvar nas férias da Páscoa. 

Vamos (todos) almoçar fora
Miúdos

Vamos (todos) almoçar fora

Não se preocupe se o restaurante tem ou não menu infantil – isso é só um pormenor e os miúdos nem sequer vão aguentar muito tempo sentados. Se quer comer fora, sem confusões, faça como nós; procure outros pontos de interesse e tenha em conta a facilidade de manter as pestinhas debaixo de olho.

Leve-os ao campo sem sair da cidade
Miúdos

Leve-os ao campo sem sair da cidade

Entre os arranha-céus e a poucos quilómetros das avenidas cheias de trânsito, há espaços verdes com animais do campo, hortas biológicas e actividades rurais, como a lavoura ou fazer pão em forno de lenha. Se os seus filhos pensam que o leite nasce no pacote e que a fruta vem do supermercado, leve-os a estas quintas pedagógicas. No fim, difícil vai ser "regressar" à cidade. 

Entreter os miúdos sem gastar um tostão
Miúdos

Entreter os miúdos sem gastar um tostão

Ficar em casa com os miúdos pode não custar dinheiro, mas dá cabo dos nervos a muitos crescidos. Problema: nem sempre a conta bancária está para programas culturais e actividades ao ar livre pagas. Solução: museus com entrada gratuita, actividades que não custam um cêntimo ou até um piquenique no parque enquanto a chuva não volta.    

Os melhores fotógrafos de miúdos
Miúdos

Os melhores fotógrafos de miúdos

Sim, tira milhares de fotografias aos seus filhos com o telemóvel (e insiste em mostrá-las aos colegas de trabalho todos os dias à hora do almoço, mesmo que eles não estejam minimamente interessados), mas quando quer actualizar as molduras da sala ou folhear nostalgicamente um álbum, não tem nem uma imagem de jeito. A moda das sessões fotográficas com bebés e crianças surgiu para resolver este problema e há cada vez mais profissionais especializados em modelos de palmo e meio com tendência para birras, aversão a flashes ou demasiado sono para manter os olhos abertos. Estes são os nossos preferidos.  

As melhores festas de aniversário para crianças em Lisboa
Miúdos

As melhores festas de aniversário para crianças em Lisboa

No recato do lar ou fora de portas? Com animação ou na onda DIY? Depende da disponibilidade, da paciência e do número de zeros na conta bancária dos pais – mas nesta lista encontra as melhores festas de aniversário para crianças em Lisboa à medida de todos. 

Explore o país com os miúdos

Portugal dos pequeninos
Miúdos

Portugal dos pequeninos

Deixe-se de preguiças, pegue nos miúdos, e rume à aventura pelos caminhos de Portugal.

Lisboa de uma ponta à outra
Miúdos

Lisboa de uma ponta à outra

Quebre a rotina e descubra a cidade com os miúdos.

Oito viagens no tempo
Miúdos

Oito viagens no tempo

A Time Out foi à procura dos museus mais apelativos para ir ao passado e ao futuro, sem sair do presente.

Os museus que tem de visitar em Lisboa
Museus

Os museus que tem de visitar em Lisboa

Deixamo-lo com uma visita guiada aos melhores museus da cidade.

Programas para todo o tipo de crianças

Actividades para miúdos desportistas
Miúdos

Actividades para miúdos desportistas

Miúdos que não param sossegados um segundo. Eles saltam, rebolam, correm e até dançam. Se tem um desses em casa, chegou ao sítio certo.

Actividades para miúdos destemidos
Miúdos

Actividades para miúdos destemidos

Gostam mais de andar pelo ar do que com os pés assentes na terra e desafiam todos os dias as leis da gravidade.

Actividades para miúdos que gostam de animais
Miúdos

Actividades para miúdos que gostam de animais

Fazem mais festas ao rafeiro da rua do que àquela tia chata que passa a vida estrafegá-los com beijos.

Actividades para miúdos que querem ser pilotos
Miúdos

Actividades para miúdos que querem ser pilotos

Sonha ser um herói de quatro rodas e delira com capacetes. Soa-lhe familiar?

Actividades para miúdos engenhocas
Miúdos

Actividades para miúdos engenhocas

Os brinquedos, esses, têm muito mais piada depois de desmontados, certo?

Actividades para miúdas que querem ser princesas
Miúdos

Actividades para miúdas que querem ser princesas

São facilmente apontadas como as pirosas da turma e vestem-se de cor-de-rosa da cabeça aos pés.

Grandes projectos para os mais pequenos

Para estas marcas infantis portuguesas, o Verão já chegou
Miúdos

Para estas marcas infantis portuguesas, o Verão já chegou

São portuguesas e estão prontas para os mergulhos: algumas marcas infantis não quiseram esperar pelo aumento das temperaturas para apresentar as suas colecções de praia e já mostraram de que modelos e padrões se vai fazer o Verão de 2017.  É comprar e começar a pensar no destino das férias grandes. 

O carteiro toca sempre uma vez por mês
Miúdos

O carteiro toca sempre uma vez por mês

Brinquedos, alimentação, cremes, champôs, roupa, jogos... Em matéria de bebés e crianças, o mercado está cheio que nem um ovo. O problema é escolher. Sem tempo ou experiência no assunto, muitos pais vêm-se às aranhas para comprar com a certeza de que estão a fazer as melhores escolhas. A BubuBox foi criada precisamente para dar uma mãozinha aos progenitores mais indecisos ou desconhecedores das ofertas. Mãe de dois filhos, Inês Melo, de 35, identificou o nicho de mercado e concebeu uma caixa com cinco produtos personalizados e adequados à idade e ao desenvolvimento da criança. A oferta vai desde um mês até aos 3 anos e os produtos são sempre diferentes. A acompanhá-los, vem um postal com informação sobre o desenvolvimento do bebé naquele mês e a sugestão de uma actividade para os pais fazerem com a criança. Além de usar a sua experiência como mãe para escolher as marcas que quer ter no projecto, Inês conta com a ajuda de uma educadora de infância para validar os produtos escolhidos. “Como eu, há uns anos, existem muitos pais que não têm tempo para estar nas lojas e nos supermercados à procura dos produtos mais adequados para os filhos, a explorar marcas, e a ver quais as mais apropriadas consoante o seu desenvolvimento. Há excesso de informação e na BubuBox queremos ajudar a filtrá-la”, explica a mentora. A ideia de criar este serviço surgiu quando estava a ver um programa de televisão num canal francês. Grávida do segundo filho, não queria voltar a sentir-se sempre alert

Elas mostram como os miúdos vêem o mundo
Miúdos

Elas mostram como os miúdos vêem o mundo

Quando eram mais novas, as irmãs Cláudia e Joana riam-se muito quando chegavam a casa depois de fazer babysitting e contavam as peripécias e saídas dos miúdos de quem tomavam conta. Já na altura, comentavam: "Quando tivermos filhos, temos de arranjar maneira de guardar estes momentos." Dito e feito. Quando Cláudia, psicóloga, ficou grávida, no início deste ano, desafiou Joana, designer, para criarem a The World by Them. "Os nossos produtos permitem aos pais congelar os melhores momentos da infância dos filhos. Começámos com os vídeos, depois as tiras de banda desenhada. São maneiras originais de representar a forma como os miúdos vêem o mundo", explica Cláudia. 

O disco infantil e muito verde de Capicua e Pedro Geraldes
Miúdos

O disco infantil e muito verde de Capicua e Pedro Geraldes

O Mão Verde nasceu quando o Teatro São Luiz, em Lisboa, convidou Capicua para fazer um concerto infantil. O tema da consciência ambiental já estava na gaveta de Ana Matos Fernandes, aka Capicua, há uns tempos e foi a altura perfeita para o fazer ver a luz do dia. Convidou Pedro Geraldes, guitarrista dos Linda Martini, para fazer as músicas, escreveu as lengalengas e a adesão foi tão boa que em Setembro de 2016 surgiu a oportunidade de transformar o espectáculo num projecto físico, com a edição do álbum e de um livro. Esta semana foi lançado o vídeo da canção "A Cor da Rosa", que contou com Alice Eça Guimarães para dar vida às ilustrações de Maria Herreros. Ao ouvir o disco dá a sensação que se divertiram muito a fazê-lo. Como foi o processo de construção? Capicua: Ao princípio, como estava numa altura de muito trabalho, fiquei um bocado nervosa. Mas, na verdade, como há muito tempo que tinha várias ideias na cabeça, acabei por estar quase duas semanas fechada em casa a escrever. Foi como uma residência artística imposta pela agenda. Acabei por me divertir muito porque me surpreendeu o desafio. Pedro: Foi uma coisa muito diferente daquilo a que estamos habituados. Procurámos fazer uma coisa simples e divertida mas que ao mesmo tempo não fosse demasiado infantil. Estive dois ou três meses a criar as bases das músicas. Como é que se faz um disco para crianças que não seja demasiado infantil? C: A ideia era desprender-me do meu registo h

No escurinho do cinema

Os desenhos animados que estamos desejosos que cheguem ao cinema
Filmes

Os desenhos animados que estamos desejosos que cheguem ao cinema

Começamos com Smurfs e acabamos com Emojis. Pelo caminho, conhecemos órfãos sonhadores, matamos saudades de carros e Minions e até acompanhamos o mais atribulado pedido de casamento de sempre. Estes são os desenhos animados que estamos desejosos que cheguem ao cinema. 

A Bela e o Monstro
Filmes

A Bela e o Monstro

Aí estão eles outra vez, o jovem príncipe aprisionado no corpo de uma besta que só pode salvar-se do feitiço se encontrar o verdadeiro amor, o que vai aliás acontecer, embora sem facilidade, quando conhece a jovem e esbelta Bela, a única humana a visitar o castelo desde o encantamento. Portanto, agora com actores de carne osso, regressa o clássico da Disney, dirigido por Bill Condon, com Emma Watson e Dan Stevens nos papéis principais.

Emily Blunt é a nova Mary Poppins
Blog

Emily Blunt é a nova Mary Poppins

A ama mais adorável da história do cinema vai voltar, mas só lá para o Natal de 2018. Para a espera não ser tão dolorosa, a Disney divulgou a primeira imagem oficial do filme Mary Poppins Returns e nela podemos ver a actriz inglesa Emily Blunt (protagonista de A Rapariga do Comboio ou Sicário - Infiltrado) vestida a rigor, com a sua mala cheia de magia lá dentro.   O original de 1964 tinha Julie Andrews no papel principal e contava a história da babysitter que chega a casa da família Banks para amolecer o coração de um banqueiro e conquistar os seus filhos mal-criados. O novo filme acontece cerca de 20 anos depois, quando Poppins regressa à mansão dos Banks, em plena Grande Depressão, para encontrar Jane e Michael já crescidinhos. O realizador de Mary Poppins Returns é Rob Marshall (o mesmo que produziu o musical oscarizado Chicago) e Dick Van Dyke, com 91 anos, tem uma participação especial – mas não como Bert, o prestável amigo de Mary Poppins. Estamos in-fan-til-men-te entusiasmados com isto.      

10 filmes de animação que ganharam um Óscar
Filmes

10 filmes de animação que ganharam um Óscar

Tem até ao dia 26 de Fevereiro, data da 89ª cerimónia dos Óscares, para sentar a família toda no sofá e fazer uma maratona pelos filmes de animação que ganharam a estatueta dourada nos últimos dez anos. Comédia, suspense, drama, musical, western – vale tudo, desde que meta desenhos animados.

Lego Batman: O Filme
Filmes

Lego Batman: O Filme

O facto de Chris mcKay, realizador de Lego Batman: O Filme vir da série de televisão Robot Chicken e trazer com ele o humor iconoclasta desta, contribui muito para que esta fita seja melhor e mais divertida do que O Filme Lego. McKay e os seus argumentistas conseguem fazer a quadratura do círculo: promover intensamente duas das mais poderosas marcas mundiais, a Lego e a DC, e virá-las do avesso ao mesmo tempo.  Ao levar-se muito pouco a sério e gozar bem com a figura de Batman, e com os super-heróis e os vilões da DC, bem como os de outras franchises, McKay faz um filme superior aos presunçosos da série O Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan.   Por Eurico de Barros

A Time Out diz
  • 3 /5 estrelas
Os melhores e os piores filmes da Disney
Filmes

Os melhores e os piores filmes da Disney

Será que os filmes da Disney são sensatos, divertidos e visualmente interessantes – perfeitos para toda a família? Ou são uma lamechice que só serve para fazer lavagem cerebral às crianças? Todas a gente tem uma opinião sobre os mais de 50 filmes de animação que foram lançados ao longo dos anos pela empresa de Walt Disney, a começar pela Branca de Neve, em 1937, até à galinha dos ovos de ouro que foi Frozen: O Reino do Gelo. Mas quais são afinal os que merecem um lugar de destaque na prateleira? E quais os que mais valia serem esquecidos? A Time Out Londres fez uma lista com os melhores e os piores filmes da Disney.