Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Fim-de-semana perfeito em família
Alice no País das Maravilhas
Ilustração de Beatriz Bagulho a partir das originais de Sir John Tenniel

Fim-de-semana perfeito em família

Chegou o fim-de-semana e não sabe o que fazer com as crianças? Temos várias sugestões de coisas para fazer em família.

Por Vera Moura e Raquel Dias da Silva
Publicidade

Ainda não se pode voltar ao teatro, nem levar os miúdos às oficinas criativas de que eles tanto gostam, mas está em curso um plano de desconfinamento e encontram-se cada vez mais pessoas nas ruas e nos jardins. Por isso – e porque não faltam boas ideias para entreter os miúdos dentro de casa – não há razão para desistir de ter um fim-de-semana perfeito em família. Explore estas sugestões para encher o seu sábado e domingo, até as crianças ficarem sem pilha e ser hora de voltar para a cama outra vez.

Recomendado: As melhores coisas para fazer este fim-de-semana em Lisboa

Fim-de-semana perfeito em família

jardim da estrela
jardim da estrela
David Clifford

1. Fazer um piquenique

Coisas para fazer Eventos alimentares

Sabe onde piquenicar em Lisboa? É a forma ideal de fugir da cidade sem chegar a sair dela. Mas mais do que isso: a oportunidade perfeita para desconfinar as crianças durante um bocadinho. É pegar, meter na cesta e estender a toalha nesses hectares relvados jardins fora. Há verdadeiros tesourinhos que vai querer conhecer, sobretudo agora que está oficialmente aberta a época do bom tempo, os raios de sol já queimam e a vontade de sair de casa é mais que muita, ainda que cada saída deva ser feita com a devida prudência e com as devidas distâncias. Só não deixe os miúdos brincar nos parques infantis. Nestes tempos, opte pelos espaços verdes e atire-se a um lanchinho arejado.

instalação imersiva
instalação imersiva
Do Outro Lado da Toca

2. Descobrir o que há Do Outro Lado da Toca

Coisas para fazer Exposições Centro Cultural de Belém, Belém

A história é universal. Uma menina com resposta sempre pronta vê-se de repente, por culpa da sua insaciável curiosidade, rodeada de maravilhas que nunca viu, com um rol de novas perguntas por fazer. Quantos relógios tem o tempo? É possível jogar às cartas com o futuro? E, o grande quebra-cabeças, quem somos de pernas para o ar? A partir das célebres obras de Lewis Carroll, As Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Alice do Outro Lado do Espelho, a nova instalação imersiva da Fábrica das Artes convida-nos a viver o absurdo conto de fadas, onde tudo se transforma à mercê da nossa imaginação. Do Outro Lado da Toca, no Centro Cultural de Belém, é possível espreitar por gavetas, sentar-se à mesa com o Chapeleiro e até conviver com flores gigantes.

Publicidade
exposição LEGO
exposição LEGO
exposição LEGO

3. Ir à maior exposição europeia de modelos de peças LEGO

Arte Cordoaria Nacional, Belém

Qualquer exposição que vá parar à Cordoaria Nacional promete dimensões consideráveis – é o caso. Esta galeria recebe a maior exposição europeia de modelos feitos com peças LEGO. Para se perceber a dimensão de uma exposição deste tipo é bom ter números em cima da mesa: são dois mil metros quadrados de zona expositiva, que dão palco a mais de uma centena de maquetas feitas a partir de mais de cinco milhões de peças LEGO. A exposição está dividida em vários núcleos, sendo o mais inacreditável o que contém o modelo do Titanic construído com meio milhão de peças. Mas há também uma zona com um mapa da Europa, um núcleo dedicado ao corpo humano e até uma área com mais de 100 peças de Star Wars.

Jardim Zoológico de Lisboa
Jardim Zoológico de Lisboa
© Arlindo Camacho

4. Visitar os animais do Zoo

Atracções Zoológicos e aquários Sete Rios/Praça de Espanha

A Primavera está aí e não há melhor forma de aproveitar a estação do que com um passeio ao ar livre e em família. É exactamente essa a proposta do Jardim Zoológico de Lisboa, que já está novamente de portas abertas e oferece 15% de desconto até 30 de Abril, em todos os bilhetes comprados no seu site com antecedência. Além da vegetação exuberante, que com a mudança de estação se deverá apresentar ainda mais extraordinária, as crianças (e os adultos) vão poder matar saudades dos residentes da morada mais selvagem da cidade. Das girafas aos recém-chegados cangurus-vermelhos, há cerca de 300 espécies à espera da sua visita.

Publicidade
Pavilhão do Conhecimento
Pavilhão do Conhecimento
Pavilhão do Conhecimento

5. Aprender o que é ser Viral

Miúdos Pavilhão do Conhecimento, Parque das Nações

Criada de raiz pelo Pavilhão do Conhecimento, em colaboração com outros dois centros de ciência europeus, esta premiada exposição itinerante e interactiva já foi vista por mais de dois milhões de pessoas e está de volta ao Pavilhão do Conhecimento – agora com novos conteúdos relacionados com a Covid-19. Talvez se lembre do Túnel Virulento, talvez o vá percorrer pela primeira vez. Mas se ouvir um “atchim”, tenha cuidado: há micróbios e vírus invisíveis por todo o lado. Pronto para aprender a proteger-se ou, quem sabe, a ser “Viral”?

exposições
exposições
Fotografia: DR

6. Explorar o universo de Vincent Van Gogh

Arte Terreiro das Missas, Grande Lisboa

A pandemia obrigou a que muitos eventos culturais da cidade fossem sujeitos a trocas e baldrocas de horários, a prolongamentos de exposições e a outro sem-fim de mudanças. A exposição imersiva dedicado a Van Gogh é um desses eventos que voltou agora a abrir portas, tendo estadia em Belém até ao Verão. Máquina do tempo multissensorial, convida os pequenos e grandes visitantes a entrar e a remexer nos sentimentos, angústias, amores e pensamentos do artista. Aos fins-de-semana, abre das 09.00 às 13.00.

Publicidade
Reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras
Reservatório da Mãe d'Água das Amoreiras
The Ugly Duckling Agency

7. Deslumbrar-se com Monet & Brilliant Klimt

Arte Reservatório da Mãe d'Água, Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A exibição Impressive Monet & Brilliant Klimt convida a um mergulho no universo do pintor francês impressionista Claude Monet e do pintor simbolista austríaco Gustav Klimt. Este novo projecto do atelier OCUBO mistura hologramas com projecções imersivas a 360º. Está estruturada de forma a dar a conhecer as obras-primas de Monet e Klimt, experienciando "uma nova fórmula lúdico-pedagógica", por via tecnológica. Os miúdos se calhar ainda não se interessam muito por arte, mas de certeza que se vão deslumbrar com a magia do espaço.

Viaduto ciclopedonal da Cruz das Oliveiras
Viaduto ciclopedonal da Cruz das Oliveiras
Fotografia: Nuno Alexandre Correia/CML

8. Pedalar no Viaduto da Cruz das Oliveiras

Coisas para fazer Benfica/Monsanto

Convém não ir para a rua disparatar, mas continua a poder ir dar passeios ao ar livre, para desanuviar as ideias. E o novo Viaduto Ciclopedonal da Cruz das Oliveiras, que liga duas áreas de trilhos do Parque Florestal de Monsanto, já foi inaugurado. No total, são mais 46 hectares para circular livremente, a pé ou de bicicleta. Vale a pena a visita. E é capaz de ser a solução perfeita para gastar as pilhas aos miúdos.

Publicidade
Monstro Marinho
Monstro Marinho
Câmara Municipal de Lisboa

9. Conhecer o Monstro Marinho do Parque das Nações

Atracções Parques e jardins Parque das Nações

Ainda numa onda de ir esticar as pernas e ver as vistas, somos capazes de apostar que os miúdos estão mortinhos para ir ver o novo residente do Parque das Nações. É uma espécie de serpente marinha feita com cerca de 12 toneladas de plástico – mais ou menos 300 mil garrafas descartáveis –, que resultam de uma recolha por todo o país e alertam para o impacto de maus hábitos de consumo.

Jardim Botânico Tropical
Jardim Botânico Tropical
Fotografia: Inês Félix

10. Passear nos Jardins Botânicos

Notícias Vida urbana

O Museu Nacional de História Natural e da Ciência já reabriu o Jardim Botânico de Lisboa e o Jardim Botânico Tropical. O acesso aos espaços deixou de ser gratuito, para evitar aglomeração de pessoas, e os horários também se alteraram (agora funcionam das 10.00 às 17.00). Ainda assim, é uma boa opção para desconfinar um bocadinho. Só não se esqueça das máscaras.

Publicidade
coisas para fazer com crianças
coisas para fazer com crianças
Fotografia: Rock'n Roll Monkey

11. Aprender como “se tivesse cinco anos”

Quinzenalmente, nas manhãs de sábado, cientistas do Técnico respondem a perguntas de crianças e outras pessoas curiosas sobre as suas áreas científicas. E se eu quiser construir um robot? O zero é um número par ou ímpar? De que é que é feito o ar? As partículas são migalhas no Espaço?, são algumas das perguntas às quais os miúdos vão poder ter resposta, de forma muito simples e acessível. E, se não quiser esperar pelo próximo episódio, já há uma data deles disponíveis no site do projecto.

coisas para fazer com crianças
coisas para fazer com crianças
Câmara Municipal de Odivelas

12. Ler em Família

Com o apoio da Câmara Municipal de Odivelas, a Biblioteca Municipal D. Dinis está a promover sessões de histórias com ateliê de expressão plástica, em ambiente virtual, para crianças dos três aos seis anos. A ideia é entretê-las enquanto elas trabalham a leitura e a ilustração. A história e o tutorial do ateliê são enviados em formato vídeo aos participantes de cada sessão. Já para a realização do ateliê, que se reveste de carácter facultativo, são disponibilizados kits, com o material necessário, para levantamento no Pólo de Caneças. Para participar, basta inscrever-se por e-mail (bmdd@cm-odivelas.pt).

Publicidade
teatrinho de silhuetas
teatrinho de silhuetas
Cinemateca Júnior

13. Criar um Teatrinho de Silhuetas

Desde há séculos que as pessoas contam histórias com sombras num ecrã, num teatro de sombras. Eram simplesmente “silhuetas”, mas os espectadores ficavam fascinados com os efeitos e as histórias. Havia teatros grandes onde se pagava bilhete para assistir e também teatrinhos mais pequenos que eram vendidos como brinquedos ou feitos em casa. Agora os miúdos podem tentar construir os seus, com a ajuda das instruções da Cinemateca Júnior.

VOMA
VOMA
VOMA

14. Visitar o VOMA

O primeiro museu virtual do mundo, que na verdade não existe em lado nenhum, reúne obras de arte de algumas das instituições mais queridas do planeta, do Museu d’Orsay ao Instituto de Arte de Chicago. Idealizado pelo artista plástico inglês Stuart Semple ainda nos anos 1990, o VOMA – Virtual Online Museum of Art, que só agora pôde ganhar vida graças a tecnologias mais recentes, permite não só aos visitantes caminhar pelos diferentes espaços expositivos como ver as várias peças ao pormenor. Destacam-se ainda os espaços de apoio que, como num museu real, se colocam à disposição do visitante – desde áreas ao ar livre, que vão estar à mercê das intempéries do clima, até uma cafetaria, que funciona como uma sala de chat online. Aproveite para o descobrir com os miúdos.

Publicidade
Projecto Darte
Projecto Darte
Projecto Darte

15. Fazer um Projecto Darte

A criatividade, ao contrário do que alguns adultos possam pensar, não está reservada aos seres mais talentosos. Talvez seja por isso que, livres da maior parte das amarras sociais, quase todos os miúdos gostam de pôr as mãos na massa, quer seja a desenhar ou a construir um foguetão de cartolina. É que a arte como auto-expressão, além de não ter idade, permite-nos comunicar com os outros e com o mundo de uma forma mais natural e afectiva. São vários os especialistas a defendê-lo – e Margarida Seruya Santos aplica-o no terreno, como facilitadora do projecto psico-educativo Darte, que agora funciona à distância, com workshops online (10€/criança) e festas de aniversário personalizadas.

Teatro Nacional D. Maria II
Teatro Nacional D. Maria II
Fotografia: Teatro Nacional D. Maria II

16. Juntar-se ao D. Maria II em Casa

Nem só de espectáculos para adultos é feito o D. Maria II em Casa. A pensar nos mais pequenos, voltam a exibir-se, na Salinha Online, mais de 20 histórias pensadas para a infância e realizadas por diversos artistas, a partir das suas próprias casas. Mas também Onde é a Guerra? e Juro que é mentira, dois espectáculos integrados no projecto Boca Aberta, com audiodescrição e interpretação em Língua Gestual Portuguesa. O acesso é gratuito.

Coisas para fazer com crianças em casa

Hora do conto com a actriz Sofia Correia
DR

Coisas para fazer com os miúdos dentro de casa

Miúdos

Ver televisão o dia inteiro está fora de questão – mas também não seja intransigente, um episódio por dia nem sabe o bem que lhes fazia (a eles e aos pais). Entre leituras, pinturas, cozinhados e trabalhos manuais, o que não falta são coisas para fazer com os miúdos dentro de casa. Boa sorte!

crianças
Fotografia: Alexander Dummer/ Unsplash

Actividades online para entreter as crianças

Miúdos

Num período de incertezas o conforto e a segurança de casa nunca falham. Sobretudo se for capaz de entreter os miúdos sem perder a paciência nem revirar a sala de estar ou a cozinha do avesso. Para o ajudar, fomos à procura de actividades online para miúdos irrequietos, desde aulas de tecnologia para os mais cromos até sessões de yoga para os mais ágeis, sem esquecer histórias para os adormecer a todos, claro.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade