A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
O Principezinho
Fotografia: Filipe FerreiraO Principezinho

Fim-de-semana perfeito em família

Chegou o fim-de-semana e não sabe o que fazer com as crianças? Temos várias sugestões de coisas para fazer em família.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Vera Moura
e
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Chegou a Primavera: a melhor altura do ano para fins‑de-semana perfeitos em família. Às vezes basta uma visita a um dos melhores parques e jardins da cidade para fazer a festa. Mas se precisa de entreter as crianças até ficarem sem pilha e ser hora de voltar para a cama outra vez, explore outras sugestões para encher o sábado e o domingo. Há teatro, exposições e muitas mais propostas para, arriscamos escrever, todos os gostos e feitios. Só tem de escolher como os entreter. Se tiver dúvidas, não nos pergunte a nós: pergunte-lhes a eles.

Recomendado: As melhores coisas para fazer este fim-de-semana em Lisboa

Fim-de-semana perfeito em família

  • Coisas para fazer
  • Santos

A Junta de Freguesia da Estrela já tinha apostado numa feira popular fora de tempo, quando ofereceu aos lisboetas a Feira de Inverno no início do ano. Agora, a animação está de regresso, com carrinhos de choque e outras atracções bem divertidas, mas com um cartaz musical que é bem capaz de levar multidões aos famosos Santos em Santos. Todos os dias, os visitantes têm acesso a animação, além de estar assegurado o caldo verde, as tradicionais sardinhas assadas e, claro, as farturas, elementos obrigatórios nas festas populares da cidade. 

  • Coisas para fazer

O regresso do Livremente, o encontro literário da Misericórdia, foi anunciado pela Junta de Freguesia no Dia Mundial do Livro, 23 de Abril. A iniciativa, que tem lugar dentro e fora de portas, prolonga-se até 24 de Maio e o programa inclui desde leituras encenadas até feiras, como a Feira dos Editores, até 15 de Maio, no Jardim Roque Gameiro; e a Mbooks, até dia 31, na Praça D. Luís I.

Publicidade
  • Miúdos
  • Eventos cinematográficos
  • Alcântara

Eles andam sem peias, de norte a sul, à boleia da Zero em Comportamento. Este mês andam à solta por vários espaços de Lisboa, em sessões que incluem sete filmes de animação, perfeitas para ver em família. A lista inclui as curtas-metragens Laços de Família, Trapezistas, Mancha e Manchinhas: O Circo, Aprendendo a Andar de Bicicleta, Paulo Contra o Dragão, Os Tumblies e as Pinturas e Eléctrico 28. As reservas devem ser feitas por  telefone (91 981 9597) ou e-mail (servicoeducativo@zeroemcomportamento.org). Este sábado, 21 de Maio, a sessão de cinema é na Biblioteca de Marvila.

  • Teatro
  • Infantil
  • Carnide/Colégio Militar

Não se sabe como nem porquê, mas em palco dar-se-á um encontro inesperado entre algumas personagens extraídas de outras histórias, que foram convidadas para uma festa de aniversário. Com texto de Fernando Gomes e música de Quim Tó, esta peça propõe um tempo de encanto e suspensão do tempo real, para lembrar a importância de valores, como a empatia, a amizade, a esperança e a alegria de viver, que a pandemia está a testar até ao limite.

Publicidade
  • Miúdos
  • Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

A célebre obra de Antoine Saint-Exupéry foi publicada em 1943, durante a guerra, quando o aviador francês, que também escrevia e ilustrava, estava exilado nos Estados Unidos. Descoberta por sucessivas gerações de leitores, tornou-se numa das histórias mais traduzidas e lidas de sempre. Agora, é possível redescobri-la no Teatro Maria Matos, numa adaptação para palco promovida pela Universal Music Portugal. Com encenação de João Duarte, O Principezinho é baseado na versão espanhola de Àngel Llácer, Manu Guix e La Perla 29, encenada pela primeira vez em 2014. Em Portugal, o espectáculo estreou-se em 2018, no Teatro da Trindade – na altura,  a direcção era de Pedro Penim, mas o elenco original mantém-se, com Paulo Vintém a interpretar o piloto perdido no deserto e Joana Brito Silva a dar corpo e voz ao rapazinho de cabelos dourados, que só quer aprender a amar a sua rosa.

  • Miúdos
  • Carnide/Colégio Militar

Depois da morte dos pais, Heidi é entregue ao avô, um homem de poucas palavras, que vive isolado no cimo dos Alpes suíços. Nas montanhas, ela conhece Pedro, um pequeno pastor que se transforma no seu melhor amigo. Eis que o TIL – Teatro Infantil de Lisboa pega numa das histórias infantis mais populares do mundo para, com muita música, transformar o coração dos alfacinhas com a reflexão de temas essenciais, como a igualdade de género, a inclusão, a diferença e a saudade.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Exposições
  • Parque das Nações

O direito humano à água e ao saneamento foi reconhecido pela ONU em 2010. Mas, para cerca de um terço do planeta, um gesto tão banal como abrir uma torneira e ter água potável continua a ser um sonho impossível. É urgente torná-lo realidade: eis o que diz a exposição do Pavilhão do Conhecimento, que convida as famílias a experimentar e a descobrir as múltiplas facetas da disponibilidade e uso deste bem essencial. Do “Ciclo Desequilibrado”, que desafia a rever o impacto da acção humana no ciclo da água, até à “Mercearia da D. Rosalia”, onde a factura, que podemos mesmo imprimir e levar para casa, apresenta o nosso perfil de consumidor hídrico, há muito para descobrir sobre a regalia que é viver num “Presente com acesso a água”.

Coisas para fazer com crianças em casa

  • Miúdos

Ver televisão o dia inteiro está fora de questão – mas também não seja intransigente, um episódio por dia nem sabe o bem que lhes fazia (a eles e aos pais). Entre leituras, pinturas, cozinhados e trabalhos manuais, o que não falta são coisas para fazer com os miúdos dentro de casa. Boa sorte!

  • Miúdos

Num período de incertezas o conforto e a segurança de casa nunca falham. Sobretudo se for capaz de entreter os miúdos sem perder a paciência nem revirar a sala de estar ou a cozinha do avesso. Para o ajudar, fomos à procura de actividades online para miúdos irrequietos, desde aulas de tecnologia para os mais cromos até sessões de yoga para os mais ágeis, sem esquecer histórias para os adormecer a todos, claro.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade