Sítios onde um adulto pode ser criança em Lisboa

Acabaram-se as desculpas. Nestes sítios pode libertar a criança que há em si sem vergonhas. Ninguém o vai julgar
museu dos doces, the sweet art museum, marvila
Fotografia: Manuel Manso The Sweet Art Museum
Por Renata Lima Lobo e Cláudia Lima Carvalho |
Publicidade

Corridas de carros, saltos até não poder mais, tiros em zombies. Certifique-se de que não gasta toda a sua energia de uma assentada porque também temos paredes de escalada gigantes e bolas de bowling, só para adicionar um pouco mais de adrenalina ao programa. Em Lisboa não faltam sítios onde um adulto pode voltar a ser criança — em alguns casos até pode levar os mais pequenos consigo mas apostamos que vai querer tudo só para si. Reunimos sugestões que são diversão garantida. E se o que precisa mesmo é de descanso, encaminhe-se para o link em baixo.

Recomendado: Coisas para fazer sozinho em Lisboa

Sítios onde um adulto pode ser criança em Lisboa

1
museu dos doces, the sweet art museum, marvila
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

The Sweet Art Museum

icon-location-pin Marvila

Neste espaço, as regras são inversamente proporcionais àquelas a que tem de obedecer nos outros museus. As proibições desaparecem para darem lugar a experiências – pode fotografar, tocar nas obras e, imagine-se, mergulhar nelas. O The Sweet Art Museum instala-se numa transversal da Rua do Açúcar, em Marvila, e, durante três meses, vai deixar a cidade mais doce e os feeds de Instagram mais rosa. O museu tem oito salas, uma delas pensada pela artista portuguesa Maria Imaginário, sendo que algumas contam com degustação de doces. Dos gelados às gomas, passando por uma sala com uma piscina de marshmallows, onde pode mergulhar (isto é a sério). 

2
UPUP
Manuel Manso
Coisas para fazer

UPUP

icon-location-pin Cascais

São mais de 80 trampolins e nove actividades abertas para todas as idades, no novo espaço UPUP em Rio de Mouro, Sintra. Se pensa que se tratam de meros trampolins, engana-se. Aqui, há um espaço para praticar basquetebol e futebol e ainda um recinto dedicado ao dodgeball (o antigo jogo do mata). Há também uma zona de insufláveis e outra chamada de "Saco no Ar", que conta com quatro pistas de aceleração, com um metro e meio de profundidade, permitindo o aperfeiçoamento da técnica do trampolim. Com uma lotação para 90 pessoas, o UPUP vai ter ainda aulas de fitness e de iniciação aos trampolins. Os miúdos, que são habitualmente quem mais gosta destas coisas, têm também a oportunidade de fazer aqui a sua festa de aniversário. Os preços rondam entre os 12€ (preço para uma sessão de 60 minutos), 39,5€ para famílias de dois adultos e duas crianças e 50€ (preço para cinco sessões individuais de 60 minutos).  

Publicidade
3
zero latency
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Zero Latency

icon-location-pin Grande Lisboa

É um jogo mas parece tão real que nos faz esquecer que estamos fechados numa sala com 200 metros quadrados. É uma verdadeira experiência de realidade virtual imersiva. Para já, há dois jogos disponíveis: Zombie Survival e Singularity. O jogo é em equipa, até ao máximo de seis jogadores, o que torna o acontecimento ainda mais divertido.

4
Laser Tag
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Laser Tag

icon-location-pin Lisboa

O Login Laser Tag é para toda a família (mas provavelmente o seu nível de excitação até vai rivalizar com o dos mais novos). Com 1000 m2 de área total, esta é amaior arena de Jogos Laser da Península Ibérica e uma das maiores da Europa. E como não bastasse, se é fã de jogos arcade, também chegou ao sítio certo. É seguir direitinho para Carnaxide (o primeiro jogo custa 8€, os seguintes 6€).

Publicidade
5
Piscina de Bolas
Fotografia: Arlindo Camacho
Hotéis

Hub New Lisbon Hostel

icon-location-pin Bairro Alto

Uma piscina com 70 mil bolas de plástico onde um adulto com alma de criança pode nadar à vontade. Já para não dizer que é à borla. “Basta aparecer. Temos também um bar se quiser tomar uma bebida”, desafiam. Não custa tentar uma perninha nos matraquilhos e na PlayStaytion. E rematar com um cocktail no BUH Bar, com happy hours todos os dias.

6
Vertigo Climbing Center
© Diogo Garcia
Desporto, Alpinismo

Vertigo Climbing Center

icon-location-pin Marvila

Com o primeiro rocódromo de Lisboa nunca foi tão fácil subir paredes. Este espaço dedicado à prática de escalada indoor e tem uma área escalável de 300 m2, conta com um café e uma esplanada com vista para o rio, um ginásio e uma loja com tudo o que é preciso para escalar com segurança. Se ainda assim for preciso uma ajuda extra, pode sempre inscrever-se num dos cursos disponíveis.

Publicidade
7
Jamor
DR
Coisas para fazer

Parque Urbano do Jamor

icon-location-pin Oeiras

Por falar em trepar paredes, confira as aulas de escalada no Parque Urbano do Jamor, todas elas acompanhadas por técnicos credenciados da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. Note que esta é uma mega parede com 135 metros quadrados no total — são 12 metros de altura e 9 de largura. O equipamento conta, ainda, com sete vias de escalada, sendo que duas são próprias para aqueles que nunca praticaram a modalidade. E como não é aconselhável começar a fazer exercício físico sem se estar bem preparado para tal, há ainda um muro com 35 metros quadrados e 3 metros de altura, onde todos os participantes podem fazer o aquecimento antes de embarcarem na escalada desta megaparede.

Por agora, estas aulas só estão disponíveis ao fim-de-semana: aos sábados das 14.30 às 18.00 e aos domingos das 09.45 às 13.00. Mas o melhor ainda está para vir: a utilização da parede é totalmente grátis e livre de inscrições.

8
Spot real- academia de parkour
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Spot Real

icon-location-pin Marvila

Quatro amigos quiseram pôr um bairro meio adormecido aos saltos — na época em que lançaram este Spot, porque hoje Marvila fala por si. Hilário, Ângelo, Nuno e Ricardo transformaram um armazém abandonado no Poço do Bispo na primeira academia de parkour do país. Há espaço para os malabarismos dos habitués, mas também para principiantes, que a partir dos seis anos podem atirar-se de cabeça para uma irresistível piscina de esponja.

+ Roteiro perfeito em Marvila

Publicidade
9
Pop up cereal
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Pop Cereal

icon-location-pin Bairro Alto

O Cereal Killer, em Londres, um café só com cereais, causava inveja a muitos alfacinhas, mesmo os que já têm mais de 18 anos, ansiosos por uma boa tigela de cereais a meio da tarde. Eis senão quando, a Pop Cereal abriu portas em pleno Bairro Alto. A loja vive de cereais e freakshakes, aqueles batidos obscenos que o obrigam a ir para o ginásio logo a seguir.

10
autódromo virtual de lisboa
©DR
Coisas para fazer

Autódromo Virtual de Lisboa

icon-location-pin Oeiras

É adepto da condução desportiva? Os 18 simuladores à disposição são ideais para quem sempre sonhou ser piloto de carros, para quem gosta de fazer manobras perigosas sem arriscar muito ou mesmo para quem precisa de praticar as artes da condução sem ir contra um poste. Os limites de velocidade aqui não entram e pode meter prego a fundo se quiser competir com outros pilotos presentes, sem ter de usar capacete. 

Publicidade
11
Zona de laser tag da Fábrica 22
Fotografia: Ana Luzia
Miúdos

Fábrica 22

icon-location-pin Alvalade

Nós não somos pela violência, mas mandar uns tiros com metralhadoras de laser pode ser muito divertido. O Lasertag é o primo direito do Paintball, mas daqui ninguém sai pintalgado. Toca a apurar a pontaria. 

Publicidade
13
Bounce
©DR
Coisas para fazer

Bounce

icon-location-pin Grande Lisboa

Desde que abriu no fim de 2015, o Bounce tem levado à letra o grito que se costuma ouvir em jogos do Benfica: “Tudo a saltar!” Aqui toda a gente salta nos mais de 100 trampolins e até já se inventou uma espécie de jogo do mata nas alturas, o dodgeball. Quem lá trabalha pode recomendar o melhor trampolim para quem procura voos dignos da águia Vitória, como os do Super Tramp, com cinco por cinco metros, “o preferido dos atletas e ginastas avançados”, dizem-nos. Se a ideia é uma atracção mais à Cirque du Soleil, salte na The Wall: o objectivo é andar pelas paredes e garantem eles que é “mais fácil do que parece”.

14
escape hunt lisboa
©DR
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Escape Hunt Lisboa

icon-location-pin Baixa Pombalina

O Mistério de Pessoa, o Terramoto de 1755 ou a Introdução a uma Sociedade Secreta prometem animar as hostes — e fazê-las suar, se disso for caso. O The Escape Hunt gaba-se de ser a atracção número um no ranking do TripAdvisor em diferentes cidades. Na sucursal alfacinha, apresenta seis salas divididas por aqueles três temas. Estão abertos 365 dias por ano, sete dias por semana, formando grupos de dois a cinco jogadores. 

Publicidade
15
Bowling City
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer, Jogos e passatempos

Bowling City

icon-location-pin Carnide/Colégio Militar

Quer uma pista para diversão garantida? Aqui tem doze por onde escolher. Inaugurada em 2013 no Centro Comercial Colombo, a Bowling City ocupa uma área de mais de 2000 m2 distribuída por dois pisos. E num deles cabem 12 pistas de bowling. Mas até lá chegar, vai ter de resistir (ou não, é consigo) às tentações do primeiro piso desta cidade dentro de portas. Aqui também existem Zona Arcade (para maiores de 16), teatro 5D, matraquilhos e air hockey. Se não souber as regras, também no site tem tudo o que precisa aprender antes de atirar a bola (para a pista do vizinho).

Lisboa para adultos

Incógnito
Fotografia: Ana Luzia
Noite

Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade

Instituições lendárias que já conheceram diferentes encarnações e formatos, em busca de um lugar ao sol (ou ao luar, para sermos mais rigorosos). Quando cai a noite na cidade, e a jornada nocturna se arrasta como manda o figurino, a peregrinação de foliões passa necessariamente por aqui. 

Red Frog Cocktail
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

As melhores happy hours em Lisboa

A felicidade tem um preço – e a partir de certa hora é mais barata. Happy hour é aquela expressão estrangeira que ninguém vai enrolar a língua para dizer, ou recusar-se a compreender o conceito. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com