Parque Marechal Carmona
Joana FreitasParque Marechal Carmona

Actividades ao ar livre para crianças em Lisboa (e arredores)

A família está á beira de um ataque de nervos fechada entre quatro paredes? Saia de casa e experimente estas actividades ao ar livre para crianças em Lisboa.

Raquel Dias da Silva
Publicidade

Está com vontade de explorar a cidade, mas anda com os miúdos de atrelado? Não precisa de desesperar, muito menos se o tempo estiver de feição. Há propostas de coisas para fazer ao ar livre para si e para eles. Com o bónus, atenção, de o ajudar a tirar-lhes a energia sem dar cabo do orçamento (sim, zelamos pela sua carteira como se fosse a nossa). Desde jardins e parques para jogos e piqueniques em família até miradouros e roteiros de arte urbana para ver as vistas, estas sãos as melhores actividades ao ar livre para crianças em Lisboa e arredores.

Recomendados:
🤩 As melhores coisas para fazer em família este fim-de-semana em Lisboa
🖼️ Museus para crianças em Lisboa? São mais que as mães e bem divertidos

Actividades ao ar livre para crianças em Lisboa

  • Miúdos

Entre os enormes arranha-céus e a poucos quilómetros das avenidas cheias de carros e motas, há espaços verdes com animais do campo, hortas biológicas, pomares e actividades rurais que os miúdos nunca pensaram experimentar, como a lavoura, fazer pão em forno de lenha ou dar banho à bicharada. Se os seus filhos pensam que o leite nasce no pacote e que a fruta vem do supermercado, está na hora de clicar em "Ler mais" e descobrir s quintas pedagógicas em Lisboa e arredores. No fim, o mais difícil vai ser regressar à cidade.

  • Atracções
  • Parques e jardins

Tem miúdos aventureiros e sem medo de esfolar os joelhos? Há vários parques na Grande Lisboa onde os pode levar para andarem nas suas pranchas com rodas.O Parque das Gerações, em São João, é um ponto de encontro para famílias – não interessa se não tem experiência, neste skate park tanto podem andar os grandes atletas como os mais novinhos, que ainda mal se equilibram em cima da tábua.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Belém

Lisboa e o Tejo são eternos namorados e a zona ribeirinha de Belém é, por unir tão bem a cidade ao rio, um dos primeiros sítios a fazer “pop” quando nos lembramos de corridas ao ar livre. A partir do Cais do Sodré, o Google Maps fala-nos em sete quilómetros, mais um pouco para se desviar de todos os veraneantes. A pé é um passeio com piada, mas a acelerar em duas ou mais rodas é ainda mais divertido. Só tem de convencer os miúdos a dar uso à bicicleta ou aos patins.

  • Atracções
  • Parques e jardins
  • Sintra

No Parque da Pena, de terça a quinta-feira, às 10.00, 10.30, 11.00, 11.30, 13.00 e 13.30, há passeios de pónei (7€ + bilhete de entrada no parque), com duração de 15 minutos, para crianças entre os três e os 12 anos. O percurso começa na arena de volteio da antiga Abegoaria do Parque da Pena e inclui passagem pelos caminhos envolventes. Os mais novos podem assim ter uma primeira experiência num pónei, treinado especialmente para o efeito, sempre acompanhados pelo tratador.

Já a Quinta do Pisão tem passeios de burro regularmente. 

Publicidade
  • Atracções
  • Parques e jardins
  • Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

É impossível não reparar nos barcos a remos no lago do Jardim do Campo Grande, o antigo Campo de Alvalade do século XIX construído em estilo de Passeio Romântico. Cada exemplar tem capacidade para seis pessoas e o aluguer custa entre 5€ e 8€. Depois de um passeio em família podem aproveitar para dar umas raquetadas no campo de padel ou esperar que as crianças esgotem todas as energias no parque infantil.

  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

A construção do equipamento, que liga a Rua dos Lagares ao Miradouro Sophia de Mello Breyner Andresen, começou em 2016, mas tornou-se uma espécie de obra de Santa Engrácia, primeiro devido aos achados arqueológicos que obrigaram ao redesenho do projecto e, mais recentemente, a atrasos na entrega de materiais. Os trabalhos terminaram no Verão passado, mas entre testes, licenciamentos, certificações, inspecções e formações, a inauguração só aconteceu em 2024, em Março. E vale a pena o passeio. Pegue nos miúdos e faça-se ao funicular.

Publicidade
  • Desporto
  • Basquetebol
  • Lisboa

O polidesportivo do Campo Mártires da Pátria, usado sobretudo por fãs de basquetebol, é uma galeria a céu aberto. Intervencionado pelo artista urbano Akacorleone, chama-se “Balance” e apresenta tabelas de basket e pavimento colorido, com uma pessoa de cada lado do recinto, mas também balizas de futsal. A obra tem as dimensões de 14 por 25 metros e foi realizada com recurso a tinta de esmalte antiderrapante e endurecedor. Perfeito para os miúdos andarem a pular e a correr, até porque está aberto todos os dias entre as 07.00 e as 22.00.

  • Coisas para fazer

Quando era criança, Ana Pêgo brincava quase sempre no areal das Avencas, na Parede. Fazia passeios, observava as poças de maré e coleccionava tesouros naturais, que as correntes marítimas tinham transportado até à linha de costa. Desde vidro-do-mar, fosco e colorido, até vestígios curiosos de animais, como búzios, conchas e fósseis. Ainda sem saber, praticava beachcombing ou, em bom português, a arte de “pentear a praia”. A actividade naturalista ainda não tem grande tradição em Portugal, mas entusiasma cada vez mais veraneantes, que a vão abraçando em família durante todo o ano. O Verão ainda não chegou, mas tem estado tanto calor que um passeio na praia não nos parece nada mal. Se preferir, também temos sugestões de piscinas naturais em Portugal – mas aí vai ter que praticar outro desporto.

Publicidade
  • Coisas para fazer

São para os cães, claro, mas os donos (até os mais pequenos) podem fazer exercício. Como? Dê a responsabilidade aos miúdos de treinarem o seu melhor amigo nos obstáculos de agilidade, ora nas rampas para percorrer, ora nas barras para saltar, sem esquecer o desafio dos postes para contornar. A isto junte uma bola e, no fim, uma caminhada acelerada de meia hora. Não tem de quê.

Clique em "Ler mais" para explorar os parques caninos em Lisboa. 

  • Arte
  • Arte urbana

Vhils, Bordalo II, Akacorleone, ±MaisMenos± e Tamara Alves são apenas cinco dos muitos artistas responsáveis por tornar Lisboa mais colorida ou irreverente. Por isso, se estava a pensar levar os miúdos a ver uma exposição de arte, aproveite o bom tempo e facto de a cidade ser cada vez mais um museu a céu aberto e parta à descoberta das mais belíssimas obras de arte urbana, desde um lince ibérico de dimensões titânicas na Gare do Oriente até um mural de azulejos no Jardim Botto Machado.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Eventos alimentares

Piquenicar em Lisboa é a forma ideal de fugir da cidade sem chegar a sair dela. É pegar, meter na cesta e estender a toalha nesses hectares relvados jardins fora. Para as crianças, uma boa opção é o Jardim da Cerca da Graça, um segredo mal guardado à vista de todos. O maior espaço verde de acesso público da zona histórica de Lisboa tem um pomar, três miradouros, uma zona com parque de merendas – se quiser sentar-se à mesa – e um parque infantil. Se preferirem, também dá para andarem à solta, a correr, a dar toques na bola ou a jogar ao lencinho com a família – é só uma ideia.

Mais coisas para fazer ao ar livre

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade