Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Coisas para fazer em Lisboa em Julho

Coisas para fazer em Lisboa em Julho

Quer aproveitar a cidade e não sabe por onde começar? Nós dizemos-lhe as melhores coisas para fazer em Lisboa em Julho

park
©Arlindo Camacho
Por Francisca Dias Real
Publicidade

Chega Julho e já se tenta avistar o Verão na cidade, ainda que não seja o mais quente que já vivemos. A vontade de sair à rua é maior e olhe que a oferta cultural e gastronómica que a cidade lhe dá é bem capaz de responder ao que precisa para este tempo. E, como manda a tradição, estes meses veranis é propício a arruadas sem fim em busca do melhor sunset, da melhor festa de final de dia ou do melhor spot para cinema ao ar livre.

Nós temos a receita secreta para ter sempre alguma coisa para fazer este mês em Lisboa, de concertos a exposições, passando por festas, mercados, teatro, cinema ou festivais. Aproveite e viva a cidade ao máximo.

Recomendado: O melhor dos bairros em Lisboa

Coisas para fazer este mês em Lisboa

Noites de Verão
Sara Rafael
Música

Noites de Verão

icon-location-pin Vários locais
icon-calendar

Os finais de tarde pedem esplanadas, jardins e convívios, e se houver música à mistura melhor ainda. Nesse sentido, as Noites de Verão da Filho Único, durante os meses de Julho e Agosto, são um oásis de concertos numa altura do ano em que a música ao vivo começa a desaparecer da cidade, secada pelas férias e os festivais. Com entrada livre e início todas as sextas pelas 19.30, realizam-se no Jardim dos Coruchéus, em Julho, e no jardim das esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado (MNAC), em Agosto.

out jazz
Cortesia Out Jazz
Coisas para fazer

Somersby Out Jazz

icon-location-pin Vários locais
icon-calendar

O Somersby Out Jazz volta a assentar arraiais e esta 13.ª edição traz novidades: há dois jardins que entram na corrida ao melhor lugar deitado na relva, o Parque da Bela Vista (Setembro) e a Ribeira das Naus (Agosto). Até Setembro é assim que pode aproveitar os domingos, sem ter de pagar nada. Em Julho, será o Jadim da Estrela o palco que acolhe as longas tardes de jazz, soul, funk e hip-hop. O festival volta a aliar-se ao Movimento Claro para promover comportamentos mais sustentáveis – não haverá palhinhas e os copos são reutilizáveis, podendo ser adquiridos em cada jardim por 1€. Tome nota: todos os domingos a partir das 17.00 e sempre de entrada livre.

Publicidade
NOS Alive
©NOS Alive
Música

Concertos em Lisboa em Julho

É difícil falar em concertos em Lisboa durante o mês de Julho e não falar nos festivais de Verão. É lá que tocam os maiores e mais populares artistas: dos Vampire Weekend no NOS Alive, aos Kraftwerk no edpcooljazz, passando pelos históricos Slayer no VOA ou Lana Del Rey no Super Bock Super Rock, entre muitos (tantos) outros. É difícil mas não é impossível, porque há vida e grandes concertos para além dos festivais: dos Muse no Passeio Marítimo de Algés a Rod Stewart e os Tool na Altice Arena. 

Coisas para fazer, Aulas e workshops

Os workshops de cozinha da Academia Time Out

A agenda do Time Out Market Lisboa não abranda. Este mês o "Chef do Mercado" é o Chef Maurício Vale, do Asian Lab, que ensina a receita para um Pad Thai de camarão ou dos famosos rolos de papel de arroz vietnamitas.  Os adultos poderão viajar pelas cozinhas da Indonésia, Grécia, Líbano e Itália, ou participar em mais um curso de vinhos com Manuel Moreira.  Os miúdos, como sempre, não foram esquecidos e para eles também há aulas de volta dos tachos: que tal aprender a fazer tacos ou umas cookies americanas? Toca a vestir o avental.

Publicidade
Move Hiit
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Lisboa Não Pára

icon-location-pin Lisboa, Lisboa
icon-calendar

Não é novidade que Lisboa será a Capital Europeia do Desporto em 2021, mas até lá há uma maratona de preparação. Até 30 de Setembro, exercite-se nos jardins da cidade com aulas de fitness gratuitas, resultado do projecto Lisboa Não Pára, da Câmara Municipal. A premissa é muito simples: aos fins-de-semana há aulas de fitness grátis e abertas a qualquer pessoa que queira participar – não precisa de ser um atleta. As aulas decorrem de manhã, pela fresca, sempre num parque ou jardim da cidade. Aos sábados acontecem no Parque das Nações (10.30-12.30), Quinta das Conchas (10.30-12.30), Jardim Mário Soares (10.00-13.00), Parque Eduardo VII (10.30-12.30) e Jardim da Estrela (11.00-12.30). Já aos domingos pode exercitar-se no Parque Vale do Silêncio (10.30- 12.30), Fonte Nova (10.30-12.30), Jardim da Parada (09.00-12.00) e Torre de Belém (10.00-12.00).

FESTIVAL SUPER BOCK SUPER ROCK 2014
Fotografia: Arlindo Camacho
Música

Guia completo dos festivais de Verão

Os festivais de música estão para o Verão como a chuva está para o Inverno: sabe bem de vez em quando, e mesmo quem não gosta reconhece que faz falta. Ao contrário da chuva, no entanto, há cada vez mais e maiores festivais. E há para todos os gostos. Desde megaproduções, como o NOS Alive, a festivais um pouco mais pequenos mas ainda assim grandes, como o Super Bock Super Rock e o Vodafone Paredes de Coura, e eventos mais especializados como o Jazz em Agosto, o Festival Forte ou o FMM Sines. É só escolher. 

Publicidade
ccb, jardim das oliveiras
©Marta Azevedo/CCB
Coisas para fazer, Centros culturais

CCB de Verão

icon-location-pin Centro Cultural de Belém, Belém
icon-calendar

O CCB, enquanto grande estrutura cultural da cidade, não podia deixar de animar o Verão dos lisboetas. O menu é variado: há concertos e cinema ao ar livre para todos os gostos. O CCB de Verão está de volta para mais uma rodada e estende-se ao Sol (ou no lusco-fusco), sempre de entrada livre. Os concertos acontecem no Jardim das Oliveiras e os filmes vão ser projectados na Praça Central, sempre com muitos clássicos à mistura. 

Largo do ingtendente
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer, Mercados e feiras

Bairro Intendente em Festa

icon-location-pin Largo do Intendente, Intendente
icon-calendar

O Bairro Intendente em Festa está de volta para mais uma edição cheia de música, cinema, teatro, visitas guiadas e feiras. O festival continua a celebrar o Património Cultural Material e Imaterial, alargando-se a novos parceiros, assim como a novas ruas, artérias e espaços. A programação é extensa e sublinha as características de um bairro multicultural, com vida de dia e de noite, cruzando gerações e tendências. A música continua a marcar presença no palco central do Largo do Intendente, com várias propostas a não perder. Estão ainda planeados várias actividades para os miúdos, feiras, passeios e visitas, ateliês e aulas abertas, teatro de rua e sessões de cinema para toda a família.

Publicidade
Coisas para fazer

Ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa

Bem sabemos que a chuva faz falta, mas é um facto que somos abençoados pelo sol. E se assim é, não vale a pena ficar fechado em casa ou sair de casa de gabardine à espera que chova. Eis algumas ideias para aproveitar os 220 dias de sol em Lisboa: terraços para fazer a fotossíntese, jardins para se estender, novos gelados para provar, caracóis para lamber os dedos, cestas recheadas para fazer um piquenique à maneira, petiscos de Verão, mergulhos em água doce e outros em água salgada. Mais ninguém, além de Lisboa, tem aquela relação tu-cá-tu-lá com um astro que ainda por cima é rei. Vamos tentar viver ao máximo a companhia de sua majestade? Aqui tem muitas ideias para aproveitar o Sol em Lisboa.

Coisas para fazer

Lusco-fusco

icon-location-pin Polo Cultural Gaivotas|Boavista, Chiado/Cais do Sodré
icon-calendar

Está de volta a programação cultural Lusco-fusco no Polo Cultural Gaivotas. O pátio recebe a quarta edição deste evento que junta música, cinema, performance e gastronomia na mesma equação. Desta vez pode contar com dez sessões de cinema ao ar livre, jantares temáticos de Moçambique, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe, DJ sets e concertos de Mar & Sol Sound System, Blyk Tchutchi, Jasmim e Sallim. E ainda uma série de de performances do Colectivo Lost Content e peças de teatro de João Fiadeiro e Maria João Falcão. 

Publicidade
banksy
©banksy
Arte

Exposições em Lisboa

Temos mais de duas mãos cheias de exposições para provar que está bem enganado. Queremos ajudar a tornar os próximos dias mais culturais, sozinho ou com a família toda atrelada (sim, há exposições kids friendly). Com tantos museus e galerias na cidade, é impossível não ter o que ver. Não queremos que se perca e por isso dizemos-lhe quais as exposições a que deve prestar atenção em Lisboa. Não há desculpas para não sair de casa. 

CINE SOCIETY
©DR
Filmes

Os melhores ciclos de cinema ao ar livre em Lisboa

É Verão, os dias já estão mais quentes e as noites tendem a ficar agradáveis demais para serem passadas em frente à televisão. Vá arejar para um cinema ao ar livre em Lisboa, com vista para as estrelas no ecrã e no céu – é um programa perfeito quer esteja sozinho ou acompanhado, mesmo que às vezes seja aconselhável uma manta. Por isso, não hesite: arranje o melhor lugar e vista um casaco se a noite ficar fresquinha. De clássicos do cinema a filmes acabadinhos de sair dos Óscares, em bares com vista ou nos melhores parques e jardins da cidade, este ano volta a valer a pena trocar o escurinho do cinema pelo céu estrelado para assistir a grandes filmes ao ar livre. 

Publicidade
Compras, Mercados e feiras

As melhores feiras e mercados de Lisboa

Lisboa tem espaço para todas as bancas e mais algumas. E se há variedade! Em palácios, à sombra de contentores, paredes meias com museus ou em grandes jardins pelos bairros da cidade, tudo com periodicidade fixa, ora no primeiro fim-de-semana, ora no último, só aos sábados ou só às quintas. É bom que seja organizado e que tome nota. Da moda à decoração, dos produtos frescos do dia (muitos deles biológicos) às traquitanas em segunda mão, sem esquecer as novas marcas portuguesas dedicadas ao design – enfim, é um sem-número de coisas que poderá encontrar por lá.  E não se esqueça que além destes mercados com periodicidade fixa, ainda se pode armar em bairrista e visitar os mercados municipais de Lisboa, muitos deles com cara lavada.  

Mais que fazer em Lisboa

Coisas para fazer

O melhor do Verão em Lisboa

Este ano ele armou-se em difícil, mas qualquer dia temos o Verão aí à porta. E, com ele as esplanadas, os caracóis e a sardinha assada, os festivais e o cinema ao ar livre. Não sabe o que vestir, onde ir ou o que fazer? Não se preocupe – nós damos uma ajuda. Renove o guarda-roupa, refresque-se com o que de melhor se faz nos bares e aproveite os espaços verdes para se estender e relaxar. 

 rage room, smash it, sala de raiva
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Saiba quais são as melhores coisas radicais para fazer em Lisboa

Aviso prévio: este artigo é impróprio para cardíacos. Os níveis de adrenalina prometem subir só de ler. É que saltar para o Tejo, entrar num quarto escuro para fazer amigos ou numa sala para partir tudo, fazer coastering, ir a um restaurante clandestino, saltar de asa delta ou passear pela serra de Sintra à noite não é para meninos. 

Publicidade
TOPO Chiado
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

As melhores esplanadas em Lisboa

Passamos o Inverno inteiro a sonhar com elas, ao primeiro raio de sol da Primavera voltamos ansiosos para elas e durante o Verão instalamo-nos confortavelmente, porque não queremos outra coisa: são as melhores esplanadas da cidade. 

Publicidade