Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Agosto em Lisboa: coisas para fazer antes que o mês acabe

Agosto em Lisboa: coisas para fazer antes que o mês acabe

Juntámos uma lista de coisas incríveis que tem de fazer antes que o mês chegue ao fim

selfies
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Longe vão os tempos em que tínhamos de suar para encontrar coisas para fazer em Agosto em Lisboa. Espremíamos agendas, esmiuçávamos calendários e corríamos listas à procura de algum evento para matar o tédio. Mas Lisboa mudou – já não é a cidade fantasma de Agosto, a única capital europeia dada à hibernação. E por isso deixámos de ser respigadores e passámos a curadores. Prepare-se para ficar arrependido por ter marcado férias para este mês ou contente por já ter gasto os dias todos. Aqui tem mais de uma dezena de coisas para fazer – e que as pessoas pelo Algarve andam a perder.

Recomendado: Coisas grátis para fazer em Lisboa esta semana

Agosto em Lisboa: coisas para fazer antes que o mês acabe

1
Noites de Verão
Sara Rafael
Música

Estenda-se à tarde nestas Noites de Verão

icon-location-pin Museu de Arte Contemporânea do Chiado, Chiado
icon-calendar

Os finais de tarde pedem esplanadas, jardins e convívios, e se houver música à mistura melhor ainda. Nesse sentido, as Noites de Verão da Filho Único são um oásis de concertos numa altura do ano em que a música ao vivo começa a desaparecer da cidade, secada pelas férias e os festivais. Com entrada livre e início todas as sextas pelas 19.30, realizam-se no jardim das esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado (MNAC), em Agosto.

2
out jazz
Cortesia Out Jazz
Coisas para fazer

Embale os domingos com jazz

icon-location-pin Parque da Belavista, Marvila
icon-calendar

O Somersby Out Jazz está de volta e nesta 13.ª edição traz novidades: há dois jardins que entram na corrida ao melhor lugar deitado na relva, o Parque da Bela Vista (Setembro) e a Ribeira das Naus (Agosto). O festival volta a aliar-se ao Movimento Claro para promover comportamentos mais sustentáveis – não haverá palhinhas e os copos são reutilizáveis, podendo ser adquiridos em cada jardim por 1€. Tome nota: todos os domingos até Setembro a partir das 17.00 e sempre de entrada livre.

Publicidade
3
Inês Félix
Noite

Beba um copo nos novos bares

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. A noite lisboeta está bem viva e a prova disso são os novos hóspedes que vão aparecendo – e ainda bem. As novidades são das mais diversas espécies, dos cocktails e seus derivados à cerveja artesanal. Nesta página espere sempre isto: os bares mais frescos da cidade. Por agora, estes são os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer. E se lhe dizemos isto é porque fomos lá, experimentámos e aconselhamos vivamente.

4
Passeio de barco no Tejo
Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Embarque nestes passeios de barco no Tejo

A ideia é mesmo ir para fora de pé sem ter de ir muito longe, . Os passeios de barco tanto podem meter copos e sushi, como podem incluir DJs ou ser mais silenciosos se é isso que procura. Podem ser do género turístico, radical, romântico ou familiar. Podem, no fundo, ser quase tudo o que imaginar. Para que aproveite os dias mais quentes como deve ser, fizemos o sacrifício de andar à procura dos melhores passeios de barcos para fazer aqui no Tejo e reunimos estes sete.

Publicidade
5
lisboa magica
©Paulo Abrantes
Coisas para fazer

Esteja atento a estes truques de magia

icon-location-pin Lisboa, Lisboa
icon-calendar

A iniciativa da EGEAC começou em 2006 e foi acontecendo esporadicamente ao longo dos anos até 2010 – só regressou em 2018 e foi integrado na programação do Lisboa na Rua, à semelhança deste ano. Nesta 7.ª edição, a magia volta a ocupar as ruas de Lisboa com várias iniciativas, de espectáculos a concertos. Luís de Matos é o responsável pela direcção artística do Festival Internacional de Magia de Rua, que traz 15 artistas de seis países com a módica quantia de 168 espectáculos em 12 locais da cidade – isto tudo em meia dúzia de momentos mágicos em cada dia. 

6
Gastrobar Rossio
©Inês Félix
Restaurantes

Sente-se nestas novas esplanadas

Esplanadas frescas no duplo sentido do adjectivo, percebe? São estes nomes que circulam pelos grupos de WhatsApp quando o sol aparece. Como bom “esplanador”, comece já a dinamizar esses chats e a marcar um copo ao final do dia numa destas novas esplanadas em Lisboa. A ideia é aproveitar o sol, mas há uma outra esplanada coberta por onde os raios passam, sem deixar de estar abrigado por eventuais brisas. Há novidades fresquinhas e muitas razões para pôr protector e reclamar o seu lugar ao sol. 

Publicidade
7
brunch eletronik
©Tânia Neves
Noite

Coma este Brunch Eletronik até ao fim

icon-location-pin Tapada da Ajuda, Alcântara
icon-calendar

Esta refeição serve-se tardia e com pratos valentes de música electrónica. O Brunch Electronik está de volta à Tapada da Ajuda. Aos domingos, refresque-se ao som da melhor música electrónica, com nomes como Jeff Mills, Joseph Capriati, Charlotte de Witte, Richie Hawtin ou Amelie Lens. O Brunch Electronik – In The Park é feito em parceria com a Madeofyou, promotora também responsável por festivais como o Neopop. O festival continua a apostar na sua vertente de sustentabilidade com o uso de copos reutilizáveis (1€) e uma equipa de limpeza reforçada. Para as famílias que quiserem levar os mais pequenos ao brunch, entre as 14.00 e as 19.00, os gaiatos até aos 11 anos têm direito a jogos, pinturas faciais, insufláveis e workshops. Para matar o bichinho, há carrinhas de street food onde pode fazer intervalos para forrar o estômago e de copo na mão.

8
CINE SOCIETY
©DR
Filmes

Encoste-se na cadeira e e aproveite o cinema ao ar livre

É Verão, os dias já estão mais quentes e as noites tendem a ficar agradáveis demais para serem passadas em frente à televisão. Vá arejar para um cinema ao ar livre em Lisboa, com vista para as estrelas no ecrã e no céu – é um programa perfeito quer esteja sozinho ou acompanhado, mesmo que às vezes seja aconselhável uma manta. Por isso, não hesite: arranje o melhor lugar e vista um casaco se a noite ficar fresquinha. De clássicos do cinema a filmes acabadinhos de sair dos Óscares, em bares com vista ou nos melhores parques e jardins da cidade, este ano volta a valer a pena trocar o escurinho do cinema pelo céu estrelado para assistir a grandes filmes ao ar livre.

Publicidade
9
lusco fusco
Coisas para fazer

Aprecie a essência do Lusco-fusco

icon-location-pin Polo Cultural Gaivotas|Boavista, Chiado/Cais do Sodré
icon-calendar

Está de volta a programação cultural Lusco-fusco no Polo Cultural Gaivotas. O pátio recebe a quarta edição deste evento que junta música, cinema, performance e gastronomia na mesma equação. Desta vez pode contar com dez sessões de cinema ao ar livre, jantares temáticos, DJ sets e concertos. E ainda uma série de de performances do Colectivo Lost Content e peças de teatro de João Fiadeiro e Maria João Falcão. 

10
ccb de verao, ccb
Coisas para fazer

Viva o CCB de Verão

Quando o Verão cai em Belém, é tempo de cair na relva. Está aí mais uma edição do CCB de Verão e aqui está tudo o que pode ver e ouvir por lá. Um cartaz de concertos, arte e cinema que ocupa os finais de tarde dos finais de semana até quase aos finais do Verão. O princípio é quase sempre o mesmo: cultura ao ar livre e de entrada livre. O Jardim das Oliveiras é palco de  concertos, a Praça Central exibe uma série de filmes – e tudo isto é gratuito. Acresce, no final do mês, o Festival Verão Clássico, com um cartaz feito de concertos diários e masterclasses. Mais uma vez, percebemos que a Oeste há sempre algo de novo. 

Publicidade
11
Praia das Avencas
Manuel Manso
Coisas para fazer

Suje-se de areia nas melhores praias

Estas são as melhores praias de Portugal que pode aproveitar e corrê-las a todos neste mês de férias. De alto a baixo, são 850 quilómetros de areal. Não o corremos todo de uma vez. Fomos correndo. Mas reunimos todos esses quilómetros de areia, sol e sal num guia pensado para o orientar à beira-mar. Pelo meio, descubra ainda os restaurantes e bares de praia para se pôr à sombra a petiscar e a beber um copo. Encontre-nos também nas bancas e guarde-nos no porta-luvas.

12
Okah
Duarte Drago
Coisas para fazer

Seja feliz com as happy hours

A felicidade tem um preço – e a partir de certa hora é mais barata. Happy hour é aquela expressão estrangeira que ninguém vai enrolar a língua para dizer, ou recusar-se a compreender o conceito. Nas horas mais felizes dos lisboetas as imperiais passam a custar uma módica moedinha e os cocktails caem para metade do preço. Escolhendo bem, ainda encontra iguarias com preços reduzidos para acompanhar e esplanadas na cidade que não têm preço. Nada como acabar o dia da melhor maneira: numa esplanada a ver o pôr-do-sol, de preferência de cocktail na mão. Por estes dias, o sol põe-se por volta das 21.00. A melhor hora para beber um copo? A happy-hour. De bares de cerveja artesanal aos quiosques com a imperial mais barata, dos rooftops com cocktails a metade do preço aos novos espaços da cidade, Olhamos para o relógio e dizemos-lhe quais são as horas mais felizes para beber e petiscar. É como diziam os Jogos Santa Casa: há horas felizes. 

Publicidade
13
Piscina praia das maçãs
DR
Coisas para fazer

Dê um mergulho nestas piscinas oceânicas

O Verão chegou tardio, mas chegou. Está na hora de se banhar de creme protector, estender a toalha na espreguiçadeira – ou onde se sentir mais confortável – e deixar que o sol e o calor façam o seu trabalho, com intervalos marcados por mergulhos aquáticos, mas não são uns mergulhos quaisquer. Estas são piscinas de água salgada, é essa, aliás, a maravilha das piscinas oceânicas – um fingimento de que estamos no mar, mas num ambiente controlado, sem areia (que é uma chatice para muitos) e sem a agitação marítima das ondas. 

14
Festas do Mar
©DR
Música, Música ao vivo

Aproveite os concertos grátis das Festas do Mar

icon-location-pin Baía de Cascais, Cascais
icon-calendar

O regresso dos Delfins dez anos depois do fim é o maior destaque das Festas do Mar de 2019. Mas há mais: Virgul, Jorge Palma e Sérgio Godinho, Anselmo Ralph, Paulo Gonzo, Ana Moura, AnaVitória, Fernando Daniel, Amor Electro e The Gift. Tudo acontece, como sempre, na Baía de Cascais, de 16 a 25 de Agosto, e a entrada é livre. Os concertos arrancam sempre às 20.30.  Organizadas pela Câmara desde 1965 em honra de Nossa Senhora dos Navegantes, a protectora dos pescadores, as Festas do Mar são um dos pontos altos do Verão em Cascais. Incluem espectáculos diários, mostras de artesanato e tasquinhas de comida em vários pontos da vila como a zona da Baía, o Jardim Visconde da Luz e o Largo Cidade Vitória. Os miúdos não foram esquecidos e podem contar com espectáculos infantis dos Atchim e das Canções da Maria.

Especial Verão

Okah
Duarte Drago
Coisas para fazer

Os melhores sítios para beber um copo ao fim do dia em Lisboa

Os dias grandes, as filas pequenas, o trânsito mais manso e as principais vias desimpedidas de Agosto transmitem um sinal a todos os lisboetas: não faz qualquer sentido ir directo do trabalho para casa. Se não foi de férias nem anda a aproveitar uma das melhores praias de Portugal, damos-lhe 42 razões para adiar o jantar e aproveitar o Verão na cidade, ao ar livre e sempre com um copo cheio à frente. 

Piscinas oceânicas
Fotografia de Orlando Almeida/GI
Coisas para fazer

Mergulhe na cidade: os melhores sítios para nadar em Lisboa

Diz-se por aí que “dentro de água é que se está bem”, uma velha tirada para aqueles dias de calor mórbido e abrasador, em que por mais roupa que dispa vai sempre parecer o inferno na Terra. Mergulhar nas águas da cidade pode ser uma solução fácil, gratuita (ainda que nem sempre) e refrescante para sobreviver aos dias quentes em Lisboa. E as soluções passam ora por uma piscina de hotel ou por uma que não lhe arrombe a carteira, ora por aquela praia paradisíaca aqui à beira ou uma piscina natural no meio de umas arribas.

Publicidade