A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cafetra Crew
©Afonso MataCafetra

Concertos em Lisboa em Agosto

A oferta não é tão abastada como dantes, mas continua a haver concertos em Lisboa em Agosto. E vale a pena ouvi-los

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Saudades do Agosto quente, servido de música ao ar livre, de campismo e memórias que nos aguentavam a saudade até ao ano seguinte. Este ano a agenda mudou drasticamente e os festivais foram a principal queda, mas já começam a aparecer alguns apontamentos musicais aqui e ali, ideais para abraçar esta nova normalidade e voltar a ouvir música fora de portas. Das actuações de Sérgio Godinho, Salvador Sobral ou João Cabrita, no Teatro Maria Matos, às Noites de Verão da Filho Único no Museu do Chiado e o festival Jazz 2020, estes são os concertos em Lisboa em Agosto a não perder. Não se esqueça da máscara e lave as mãos com frequência. 

Recomendado: As peças de teatro para ver esta semana

Mais concertos

  • Música

Ah, as manhãs. Esse pedaço de discórdia da humanidade, ora pendendo para os que de nós acordam em euforia ora pendendo para os que odeiam tudo no começo do novo dia. Mas não se inquiete porque, ao contrário dos nossos antepassados, temos muitas e boas soluções musicais para superar a pior das manhãs. Dos icónicos Marvin Gaye, Curtis Mayfield e Johnny Mercer, aos contemporâneos A$AP Rocky e Anderson Paak, esta lista é um apanhado de tudo o que nos faz querer sair da cama. Pequenas obsessões, paixões duradouras, coisas de momento. Destape-se com estas músicas para começar bem o dia.

  • Música
  • Clássica e ópera

Na música, o período Romântico cobre quase todo o século XIX e os primeiros anos do século XX. Há quem veja o Beethoven dos últimos anos de vida como o primeiro romântico e Rachmaninov, que continuou a compor música nos moldes oitocentistas muito depois das revoluções operadas por Debussy, Ravel, Stravinsky e a Segunda Escola de Viena, como o último romântico. Nestas contas não costumam entrar os Neo-Românticos da década de 1980, como os Duran Duran e os Human League, cuja contribuição se exerceu menos na área da música do que na do hairstyling & makeup.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade