Os melhores concertos em Lisboa esta semana

Não vai faltar música esta semana com as nossas sugestões dos melhores concertos em Lisboa
Os Pontos Negros
©DR Os Pontos Negros
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Por toda a cidade há concertos. Há bandas de rock e suas derivações, artistas populares de diferentes proveniências, metais leves e pesados, música portuguesa e estrangeira, inevitavelmente americana mas não só. Há concertos para todos os gostos e carteiras, é o que queremos dizer.

Só que nem todos são iguais. Alguns valem mais a pena do que o resto, uns são potenciais surpresas enquanto outros são valores mais ou menos seguros, e por isso toda a informação ajuda. Siga as nossas sugestões dos melhores concertos em Lisboa esta semana.

Recomendado: Os melhores concertos de jazz e clássica em Lisboa esta semana

Os melhores concertos em Lisboa esta semana

Glockenwise
©João Garcia
Música, Rock e indie

Glockenwise

icon-location-pin Musicbox, Cais do Sodré
icon-calendar

A banda de rock com mais ginga de Barcelos apresenta o primeiro disco em português, Plástico.

Moon Preachers
©Laura Garcia
Música, Rock e indie

Moon Preachers

icon-location-pin Lounge, Cais do Sodré
icon-calendar

Mário Valente convida os Moon Preachers para o seu Salón Fuzz. E o duo português, que se estreou este ano com o disco A Free Spirit Death, faz garage rock selvagem. Com vigor adolescente.

Publicidade
The Trip Takers
©DR
Música, Rock e indie

The Trip Takers

icon-location-pin Sabotage Club, Cais do Sodré
icon-calendar

A música dos italianos The Trip Takers é um bom reflexo das suas influências: The Creation, The Seeds, The 13th Floor Elevators
e outros bárbaros bons que, na década de 60, deambularam entre o garage rock e o psicadelismo.


Musica, Electro Pop, Sequin
©DR
Música

Sequin/ Madrepaz

icon-location-pin Musicbox, Cais do Sodré
icon-calendar

Ana Miró, vulgo Sequin (na foto), fez anos a 9 de Dezembro, mas só faz a festa agora. Entre os convidados estão Surma, Óscar Silva (Jibóia) e Janeiro. Os Madrepaz, que recentemente editaram o álbum Bonanza, fazem o aquecimento.

Publicidade
The Oscillator
©DR
Música, Rock e indie

The Oscillation

icon-location-pin Sabotage Club, Cais do Sodré
icon-calendar

O grupo de rock exploratório e psicadélico britânico The Oscillation toca no concerto de Natal das Cartaxo Sessions. Com Dreamweapon na primeira parte.

Os Pontos Negros
©DR
Música, Rock e indie

Os Pontos Negros

icon-location-pin Musicbox, Cais do Sodré
icon-calendar

Primeiro, Tiago Guillul celebrou os dez anos do IV. E agora é a vez de Os Pontos Negros, outros membros da família FlorCaveira, se reunirem para assinalarem os dez anos do álbum Magnífico Material Inútil, produzido por Tiago Guillul e reeditado recentemente em vinil pela Universal.

Publicidade
Gisela João
©Estelle Valente
Música, Fado

Gisela João

icon-location-pin Teatro Municipal Joaquim Benite, Grande Lisboa
icon-calendar

Gisela João é, hoje, uma das melhores fadistas portuguesas. Capaz mesmo de cativar
gente desligada do fado e com o condão de se superar a si própria, de disco para disco e de concerto para concerto. Esta é a última oportunidade para ouvir as canções de Nua, antes dos concertos de Natal no CCB.

The Devil & The Universe
©DR
Música

The Devil & The Universe

icon-location-pin Sabotage Club, Cais do Sodré
icon-calendar

Os austríacos The Devil & The Universe movem-se entre a synthwave e um dark ambient ritualístico, sob a influência 
de Aleister Crowley. E o mais recente álbum, Folk Horror, data do ano passado. Na primeira parte tocam os portugueses She Pleasures Herself.

Publicidade
Sun Blossoms
©Vera Marmelo
Música, Rock e indie

Spring Toast BONENKAI

icon-location-pin Zé dos Bois, Bairro Alto
icon-calendar

A editora independente portuguesa Spring Toast Records está de volta à ZDB. A festa começa no sábado, com concertos de Perna Longa, SunKing, Granjo, Beez, NOOJ
 e Sun Blossoms (na foto). Continua no domingo, pelas mãos de Calcutá, Ohmaas, Hércules e The Gondors. Pelo meio, será servido um jantar e exibido o filme Cruzeiro Seixas – As Cartas do Rei Artur, de Cláudia Rita Oliveira. A noite termina com um DJ set de Hypnosis Room.

pedro Abrunhosa
Fotografia: Arlindo Camacho
Música

Pedro Abrunhosa

icon-location-pin Cineteatro Capitólio, Avenida da Liberdade
icon-calendar

O cantor e compositor português apresenta o novo álbum, Espiritual.

Há sempre música entre nós

Música

Concertos em Lisboa em Dezembro

Dezembro é um mês complicado. As depressões, diz-se, aumentam sempre nesta altura; as compras e os jantares de Natal dilapidam a paciência e o orçamento familiar. Mas pelo menos há sempre um ou outro concerto em Lisboa para nos animar. E não nos referimos apenas aos incontornáveis concertos natalinos, em igrejas e não só. Há todo o tipo de música para ver e ouvir ao vivo e este ano não será excepção. Do psicadelismo japonês dos Kikagaku Moyo  à música extrema dos mexicanos Brujeria, passando por Tiago Bettencourt no Coliseu ou Gisela João a interpretar o Songbook americano no CCB.

aldina duarte
©Rita Carmo
Música

Concertos em Lisboa em Janeiro

Ano novo, vida nova. Pelo menos é o que se diz. Janeiro é altura de balanços, de mudanças e promessas de melhoramento pessoal que não tardam muito a ser quebradas. Talvez por isso, ou por causa do frio que se costuma sentir, os concertos não abundam – a agenda vai encher-se um pouco mais quando estivermos quase lá, mas não muito. O que não quer dizer que não haja quem se esforce para nos fazer sair de casa. E é gente boa. De Steven Wilson (dos Porcupine Tree) à fadista Aldina Duarte, passando por Rokia Traoré, entre outros. 

Publicidade
Yo La Tengo
Photograph: Courtesy Godlis
Música

Concertos em Lisboa em Fevereiro

Recordem-se as sábias palavras da avó: "Fevereiro é o mês mais curto e menos cortês". Que avó? Qualquer uma, não interessa. Porque a única pergunta que vale a pena fazer, quando confrontado com este dizer popular, é o que é isto quer dizer? É o tipo de resposta que só uma avó pode dar, portanto o melhor é mesmo falar com ela. Se quiser saber de concertos, porém, estamos aqui para si. Da histórica Joan Baez aos populares Snow Patrol, passando pelos Yo La Tengo, nome venerável do indie rock ianque. É isto que nos espera.

Publicidade