Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Modernismo, surrealismo, arte clássica ou urbana: aqui encontra 19 exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana.

Acha que não se passa nada em Lisboa este fim-de-semana? Temos mais de duas mãos cheias de exposições para provar que está bem enganado. Queremos ajudar a tornar os próximos dias mais culturais, sozinho ou com a família toda atrelada (sim, há exposições kids friendly).

Com tantos museus e galerias na cidade, não há como não ter o que ver. Não queremos que se perca e por isso dizemos-lhe quais as exposições a que deve prestar atenção em Lisboa, ainda por cima o bom tempo está aí, não há desculpas para não sair de casa. 

Recomendado: Fim-de-semana perfeito em Lisboa 

Exposições para visitar este fim-de-semana

The Kennedy Years
1/19

The Kennedy Years

Mais de dois anos e 160 fotografias depois, Frédéric Lecomte-Dieu apresenta em Lisboa, no Hotel Le Consulat, a exposição “The Kennedy Years”, uma mostra de imagens da família Kennedy do acervo do Museu JFK em Boston acompanhadas de histórias inéditas. Além das fotografias, fazem parte da exposição a única cópia do vestido de casamento de Jacqueline Kennedy, cuja confeção exigiu mais de seis meses e quatro quilómetros de linhas, e a cadeira de baloiço do Presidente John F. Kennedy. Das mais de cem imagens, muitas delas são momentos de John F. Kennedy com os seus filhos, que ocupam uma generosa fatia da história, assim como aquelas em que partilha a vida social com a mulher Jackie Kennedy. Tudo culmina numa série de imagens dos momentos antes de morrer e os meses seguintes, incluindo o último dia de Jackie na Casa Branca. Durante os sábados de Junho e Julho, das 15.00 às 17.00, Frédéric vai conduzir visitas guiadas à exposição para quem quer guardar todos os detalhes e curiosidades das imagens.

Ler mais
Le Consulat , Chiado Até Domingo 9 Setembro 2018
Roy Lichtenstein e a Pop Art
2/19

Roy Lichtenstein e a Pop Art

Obras do movimento Pop Art são fáceis de encontrar no Museu Berardo, mas lavar as vistas com novidades nunca é demais. Em mais uma edição da “A Arte chegou ao Colombo” o foco está na Pop Art com várias obras de um dos artistas mais influentes nesta corrente, Roy Lichtenstein (1923 -1997). A exposição "Roy Lichtenstein e a Pop Art" percorre as várias fases criativas de Lichtenstein, desde a sua primeira exposição na década de 60 à data da sua morte, em 1997. A mostra está dividida em quatro secções: Pop, Paisagens, Homenagens e Cartazes.  

Ler mais
Centro Comercial Colombo , Carnide/Colégio Militar Até Domingo 23 Setembro 2018
O Outro Casal
3/19

O Outro Casal

A Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva inaugura a exposição “O Outro Casal. Helena Almeida e Artur Rosa”, uma mostra com a curadoria de Isabel Carlos patente até 9 de Setembro. A exposição centra-se em fotografias e vídeos de Helena Almeida tiradas no seu ateliê – onde sempre desenvolveu o seu trabalho e que considera o seu mundo – pelo arquitecto Artur Rosa, que em alguns casos faz também parte do cenário. O título “O Outro Casal” remete em diferido para o casal que dá nome ao museu, Arpad Szenes e Vieira da Silva, mostrando assim a obra de outro par emblemático.

Ler mais
Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva , Avenida da Liberdade/Príncipe Real Até Domingo 9 Setembro 2018
Você Não Está Aqui
4/19

Você Não Está Aqui

Vinte anos passados, não há como passar ao lado das marcas que a Expo 98 deixou na zona oriental de Lisboa, sendo que foi uma das maiores transformações urbanas. Tudo isto foi registado pelo fotógrafo Bruno Portela que agora apresenta 78 fotografias a grande escala, em tom documental, em sete núcleos expositivos no Parque das Nações:  na Torre Galp, no Oceanário, no Pavilhão de Portugal, no Centro Comercial Vasco da Gama, no antigo Pavilhão Atlântico, na Torre Vasco da Gama e na Ponte Vasco da Gama. Quem vê o presente e recorda os tempos da Expo vai certamente embarcar numa viagem ao passado e notar o enorme desenvolvimento desta zona. As imagens vão estar visíveis a todos até 30 de Setembro. No primeiro domingo de cada mês, às 10.30, pode acompanhar a visita guiada com os comentários do fotógrafo e de um convidado especial em cada sessão.

+ O melhor do Parque das Nações

Ler mais
Parque das Nações , Parque das Nações Até Domingo 30 Setembro 2018
Salvem a Sardinha!
5/19

Salvem a Sardinha!

As melhores de entre 3726 sardinhas de todo o mundo foram parar às redes da galeria Millenium, que ao longo de todo o mês mostra ao público os desenhos vencedores deste ano. Porque, enfim, queremo-las a pingar no pão mas também já não sabemos viver sem as ver a brilhar no papel. Vamos dizer todos juntos: "Salvem a Sardinha!"

+ Guia para os Santos Populares em Lisboa

Ler mais
Galeria Millennium , Baixa Pombalina Até Sábado 30 Junho 2018
Contos Tradicionais e Contos de Fadas
6/19

Contos Tradicionais e Contos de Fadas

Criações dos anos 60 e até um trabalho inédito produzido em 2017, que será revelado pela primeira vez, tendo como referência literária a Condessa de Ségur. No total, mais de uma centena de desenhos e pinturas de Paula Rego compõem estes "Contos Tradicionais e Contos de Fadas", inspirados nestes enredos intemporais. A mostra está patente na Casa das Histórias, em Cascais, e pode ser vista até 30 de Setembro.

Comprar bilhetes Ler mais
Casa das Histórias Paula Rego , Cascais Até Domingo 30 Setembro 2018
Half-a-Dozen
©Nick Hannes
7/19

Half-a-Dozen

Seis fotógrafos estrangeiros passaram por Lisboa em 2016 numa residência artística a convite da J. Barbado – Art investments and advisory. E agora chegaram os resultados ao espaço Collectors. Até ao final de Julho pode ver portfolios que criaram com Lisboa como pano de fundo.

Ler mais
Collectors Marvila , Marvila Até Terça-feira 31 Julho 2018
Escher
8/19

Escher

Uma ode à ilusão óptica no Museu de Arte Popular. A exposição “Escher” traz mais mais de 200 obras do artista holandês com o mesmo nome, M.C. Escher (1898-1972). A mostra chega pelas mãos da produtora Arthemisia. Além das duas centenas de obras, acrescem equipamentos didácticos de forma a tornar a exposição numa experiência mais completa. Ao longo da exposição os visitantes vão ter oportunidade de estimular a atenção, a imaginação e a intuição, através da arte matemática e dos mundos impossíveis criados pelo holandês. A sua obra representa normalmente metamorfoses – padrões geométricos que se transformam em formas completamente diferentes. 

Ler mais
Museu de Arte Popular , Belém Até Domingo 16 Setembro 2018
Vida e Trabalho: Não como antes mas de novo
9/19

Vida e Trabalho: Não como antes mas de novo

Esta exposição da portuguesa Susana Mendes Silva traz à salao Cinzeiro 8 uma exposição documental sobre o registo e a documentação das performances — como podem ser pensadas, mostradas e restituídas ao público enquanto objetos, leituras ou som. O livro-objeto possibilita também a ativação de diferentes momentos ao longo da exposição, que a artista apelidou de Páginas, nos quais serão apresentados novos trabalhos, instalações performativas e conversas.

Comprar bilhetes Ler mais
MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia , Belém Até Segunda-feira 17 Setembro 2018
Linguistic Spill In The Boiler Hall
10/19

Linguistic Spill In The Boiler Hall

Gary Hill, artista norte-americano, apresenta um novo trabalho concebido especificamente para a Sala das Caldeiras, na Central Tejo, um projecto que o artista começou no final dos anos 70 e que estabelece relações entre som, linguagem e imagem eletrónica. Nesta exposição, as imagens extrapolam os limites dos monitores e começam a ser espectrais ao longo da sala. Enquanto “Linguistic Spill In The Boiler Hall” estiver patente, o Percurso Secreto da Central Tejo vai acontecer todos os finsde-semana.

Ler mais
MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia , Belém Até Segunda-feira 17 Setembro 2018
Arte Portuguesa. Razões e Emoções
11/19

Arte Portuguesa. Razões e Emoções

A exposição “Arte Portuguesa. Razões e Emoções” reúne 211 obras de 97 artistas no Museu do Chiado, em Lisboa, com uma viagem por 150 anos da História da Arte em Portugal. O périplo tem o seu ponto de partida em meados do século XIX e prolonga-se até à década de 80 do século XX, ocupando as galerias da ala da Rua Serpa Pinto. Se aprecia retrato, uma temática oitocentista raramente abordada, não falhe a mostra, que inclui obras desconhecidas de Miguel Lupi, Luciano Freire, Veloso Salgado, Duarte Faria e Maia e Constantino Fernandes.

Ler mais
Museu de Arte Contemporânea do Chiado , Chiado Até Domingo 31 Março 2019
Pós-pop. Fora do lugar-comum
@Carlos Azevedo
12/19

Pós-pop. Fora do lugar-comum

Até 10 de Setembro, a Galeria Principal da Gulbenkian despe-se dos clássicos para receber “Pós-pop. Fora do lugar-comum”, uma exposição com curadoria de Ana Vasconcelos e Patrícia Rosas, dedicada aos desvios do movimento Pop Art em Portugal e Inglaterra. Uma exposição que lança um olhar renovado sobre os anos 1965 a 1975 e nos revela como a Pop Art foi espelho de uma época culturalmente fervilhante. São mais de duas centenas de obras de artistas como Teresa Magalhães, Ruy Leitão, João Cutileiro, José de Guimarães, Bernard Cohen, Allen Jones ou Jeremy Moon. Gente que, além de ter saído do tal lugar comum, impregnou cada obra sua de um pensamento interventivo, remetendo para os primeiros ensaios da arte conceptual sem abandonar a vontade de comunicação que está na origem da pop.  

Ler mais
Fundação Calouste Gulbenkian , São Sebastião Até Segunda-feira 10 Setembro 2018
Lisboa, Cidade Triste e Alegre: Arquitectura de Um Livro
13/19

Lisboa, Cidade Triste e Alegre: Arquitectura de Um Livro

"Lisboa, Cidade Triste e Alegre" é um objecto de culto, considerado o melhor foto-livro português. Agora, o Museu de Lisboa dedica uma exposição a este poema gráfico criado pelos arquitectos Victor Palla e Costa Martins ao longo de três anos no final da década de 50. Ao longo de várias salas é apresentado um olhar mais aprofundado da obra numa exposição comissariada por Rita Palla Aragão.

Ler mais
Museu de Lisboa - Palácio Pimenta , Campo Grande/Entrecampos/Alvalade Até Domingo 16 Setembro 2018
New Works
14/19

New Works

É a quarta exposição de Adam Pendleton na Galeria Pedro Cera, que já teve as suas obras expostas no Tate Modern (London), Museum of Modern Art (MoMA) e no Guggenheim. Quase sempre dentro das temáticas de abstracção, linguagem política e identidade, o artista volta a trazer as suas pinturas rebeldes cobertas por um emaranhado de formas, palavras, linhas e figuras geométricas. Galeria Pedro Cera. Rua do Patrocínio, 67 (Campo de Ourique). Ter-Sex 10.00-19.00 e Sáb 14.30-19.00. Até 24 de Julho

Ler mais
Galeria Pedro Cera , Lisboa Até Terça-feira 24 Julho 2018
Chão do Pinhal
15/19

Chão do Pinhal

A galeria de arte contemporânea Ibirapi abriu este ano no Beato e desde então são sucessivas as exposições. A mais recente é “Chão do Pinhal” do artista Fernando Travassos, que desenvolve um trabalho em torno do desenho e da pintura, em papel e tela. O gesto que se encontra nos trabalhos de Travassos chega de diversas fontes, seja o tag numa parede, uma banda desenhada ou cartoon, imagens mentais, memórias e, por norma, as imagens contam as histórias por si.  Ibirapi. Calçada Duque de Lafões, 74 (Beato). Qua-Sex 13.00-19.00. Até 27 de Julho. Entrada livre.

Ler mais
Ibirapi , Xabregas Quarta-feira 27 Junho 2018 - Sexta-feira 27 Julho 2018
Linha, Forma e Cor
16/19

Linha, Forma e Cor

A Colecção Berardo parece não ter fim. Em “Linha, Forma e Cor”, que inaugura esta quarta-feira, os artistas utilizam deliberada e criativamente a linha, a forma e a cor, elementos que todos os dias estão ligados à nossa vida. A partir de propostas de Malevich, Mondrian, Josef Albers e Ad Reinhardt, analisamos a arte abstrata e as suas inúmeras possibilidades expressivas, através do jogo de conceitos, intuições e sentimentos que os artistas exploram, que nos provocam diferentes emoções e interpretações, e que refutam tudo aquilo que é restritivo na sociedade e as condições que são socialmente impostas ao ser humano. 

Ler mais
Museu Colecção Berardo , Belém Até Domingo 16 Setembro 2018
Angry Birds - a Exposição
©DR
17/19

Angry Birds - a Exposição

As aves mais conhecidas dos miúdos bateram as asas furiosamente e aterraram em Lisboa. Chegou ao Pavilhão do Conhecimento a exposição Angry Birds, sendo Portugal o primeiro país da Europa a recebê-la.  Inspirada no aclamado jogo que pôs pessoas dos 8 aos 80 anos a proteger ovos de pássaros dos malditos Porcos Verdes. “Esta exposição é uma grande aposta. São 1200 m2 de exposição em duas salas”, explica Sofia Lourenço, responsável pelo departamento expositivo do Pavilhão. “Os Angry Birds vão ser aliados poderosos das crianças, por abordar temas difíceis junto delas, uma vez que se faz de um modo muito intuitivo.”

Ler mais
Pavilhão do Conhecimento , Parque das Nações Até Domingo 30 Setembro 2018
Eco-visionários
@Paulo Alexandre Coelho
18/19

Eco-visionários

É a segunda exposição-manifesto do MAAT e pretende lançar o debate sobre questões associadas ao Antropoceno – a designação recente de um novo período geológico definido pelo impacto das ações humanas. “Eco-Visionários: Arte, Arquitetura após o Antropoceno” reúne 35 artistas e arquitectos que se debruçam sobre as alterações climáticas e o impacto da acção humana no mundo, muitas vezes procurando sensibilizar-nos para os seus aspectos menos visíveis. Tudo com um optimismo visionário.  

Comprar bilhetes Ler mais
MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia , Belém Até Segunda-feira 8 Outubro 2018
Um Imaginário Termodinâmico
Luís Silva Campos
19/19

Um Imaginário Termodinâmico

Gusmão fez subir um globo de papel a quatro metros de altura, aquecendo o ar no seu interior. Seria este o primeiro balão de ar quente alguma vez feito. Agora, Tomás Saraceno traz para o MAAT, para a Galeria Oval, esculturas que desafiam a gravidade, que flutuam no ar por via da incidência solar, sem hélio nem combustível. “Um Imaginário Termodinâmico” é a exposição que convida a viajar pelo Aerocene, mostrando como criou o projecto, o que tem desenvolvido e como, e o que o futuro pode ser. A exposição pretende ser não apenas documental, mas uma experiência imersiva na qual o espectador é confrontado com a realidade em que vivemos e com a necessidade urgente de mudança numa intervenção site-specific.  

Ler mais
MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia , Belém Até Terça-feira 21 Agosto 2018

Roteiro de arte em Lisboa

Exposições que tem de ver até ao fim do ano em Lisboa

No que depender destes museus, está sempre bom tempo, pelo menos artisticamente falando. À procura de programa para as próximas semanas e meses? Há exposições que valem mesmo a pena, das que estão quase a chegar ao fim às que ainda nem inauguraram. O importante é não perder o fio à meada, para que não lhe falte ocupação ao longo dos fins-de-semana dos próximos meses. É aqui que entramos nós, com um roteiro de exposições que tem que ver até ao fim do ano em Lisboa, e que tem tudo para ir crescendo. 

Ler mais
Por Maria Ramos Silva
Publicidade

Galerias de arte em Lisboa: um roteiro alternativo

Museus e centros de difusão de arte contemporânea são o pão nosso de cada dia no habitual roteiro cultural dos lisboetas. Mas, onde andam os artistas emergentes? Esses que não correm as bocas do mundo e que têm potencial para mover montes e vales no panorama artístico? Nas galerias, está claro. 

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa

Comentários

0 comments