Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As novas lojas em Lisboa que tem mesmo de conhecer

As novas lojas em Lisboa que tem mesmo de conhecer

De plantas a sapatos, passando pela roupa sustentável ou por peças de decoração lá para casa, estas são as novas lojas em Lisboa
Mojo
Duarte Drago
Por Francisca Dias Real |
Publicidade

Reunimos as melhores lojas que abriram nos últimos meses para que não perca o fio à meada na hora de renovar a artilharia toda lá de casa, dos moveis às plantas. Há lojas em grandes palácios e outras que vão buscar inspiração ao outro lado do mundo ou a outras épocas. Mesmo para aqueles que se preocupam com a sustentabilidade há lojas à espera da visita. Ou mesmo aquelas loiças para a casa que nunca parecem ser suficientes. As lojas abriram e nós registámos. Agora é só abrir os cordões à bolsa e decidir que caminho vai tomar.

Recomendado: Os melhores sítios para fazer compras em Lisboa

Novas lojas em Lisboa

1
Bride to Be
Duarte Drago
Compras

Bride to Be

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Ser noiva não é fácil. Entre as inúmeras deslocações, decisões e telefonemas, pode ser na verdade um desastre à espera de acontecer. A Bride to Be instalou-se na Calçada de Santo António como uma concept store que reúne vários serviços do universo dos casamentos. Isto para tratar de tudo para o casório sem sair do mesmo sítio.  Há cinco anos que Ana Coelho Duarte, a wedding planner por detrás da novidade, ajuda noivos a planear o casamento. Na nova loja, Ana recebe os noivos e tem um espaço dedicado aos portefólios dos parceiros do projecto, desde fotógrafos a designers de bolos. Há ainda um showroom, na cave, com vestidos de noiva, que podem ser personalizados. Antes, a escolha do local do casório é a decisão mais importante para os noivos. Para visitar a loja precisa de fazer marcação, não lhe é cobrado qualquer valor por isso e pode, desde logo, ficar a conhecer os serviços: cabelo, maquilhagem, acessórios, flores, cerimónia e lua de mel.

2
Mojo
Duarte Drago
Compras

Mojo

icon-location-pin Grande Lisboa

O ambiente é semelhante ao de uma loja de roupa vintage num bairro londrino, mas é mesmo ao virar da esquina no Bairro Alto. A Mojo Supply Store traz roupa nova ao estilo retro – pró menino e prá menina – numa sinergia entre a música e a estética dos anos 50, 60 e 70. Se, por um lado, a loja vai buscar inspirações vintage, por outro há ali um twitst de modernidade sem parecer roupa tirada do baú, sempre com uma forte simbiose com o universo musical de outras épocas, do punk ao rock. Vestidos, casacos, camisolas, mochilas, gorros, bonés ou t-shirts de bandas (para os maiores groupies), pode encontrar estas espécimes em marcas como a Madcap, a Lambretta, a Rock-Sax, a Chenaski, Difuzed, Grindstore ou a Brandit. Para complementar, há tote bags, pins e canecas com referências da cultura pop para levar para casa ou passear na rua.

Publicidade
3
Couve
Duarte Drago
Compras

Couve

icon-location-pin Lisboa

Bráulio Amado é um ponta de lança do design gráfico nacional: trabalha com o New York Times, a New Yorker e a Vanity Fair. E agora tem um trabalho nos Anjos – o logótipo da Couve, a novidade mais fresca do bairro. É uma loja de vestuário e calçado vegan. Sapatos sem pele; meias, gorros e cachecóis sem lã. Atrás do balcão está Vasco Monteiro, que quer provar que se pode vestir com consciência “mas com pinta”. “Precisamos de abandonar a imagem de que o calçado vegan é chinelo ou Paez, que tem de ser freak. Sempre tive uma preocupação com o estilo”, diz. As botas da Good Guys Don’t Wear Leather, marca francesa  produzida em Portugal, estão nas prateleiras prontas para o Inverno. (Feliz coincidência: na porta ao lado encontra uma mercearia de um casal hindu vegetariano: Kumar e Meeta.)

4
vintage cactus
©vintage cactus/Facebook
Compras

Vintage Cactus

icon-location-pin Cais do Sodré

Há fanáticos para tudo até no que toca às plantas. Este pequeno espaço abriu há pouco tempo e tem cactos e suculentas de todos os tamanhos e feitios, que pode levar para oferecer com vaso ou sem ou ainda pode escolher uns suportes em macramé, se quiser ir mais longe. Peça dicas à dona para não se atrapalhar na hora de cuidar desta espécie.  

Publicidade
5
pikikos
Fotografia: Manuel Manso
Compras

Pikikos

icon-location-pin Campo de Ourique

Um três em um improvável: loja, café e cabeleireiro. O projecto de Natasha Cálem é sustentável e amigo do ambiente, e isso prova-se pelas marcas que escolhe para ter lá: é o caso das garrafas da Dopper, as roupas da Jenest, os brinquedos da Oli&Carol ou as capas da Insane in The Rain – muitas opções para o universo infantil, mas com especial atenção à cosmética bio da The Ohm Collection e da Davines (marca usada no cabeleireiro). Aqui cortam-se cabelos de adultos e crianças, e se se cortarem mais de 17 cm a Pikikos envia o cabelo para a Little Princess Trust, para ser aproveitado para perucas de crianças e adolescentes. Pelo meio, pare para beber um café de especialidade.

Mais em Lisboa

Coyo taco
©Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores novos restaurantes em Lisboa

A restauração floresce a grande velocidade na capital. Aliás, a nossa cidade tem uma diversidade cada vez maior no que à restauração diz respeito. E é mesmo caso para dizer: venham eles.

More to explore

Publicidade