Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As novas lojas em Lisboa que tem mesmo de conhecer

As novas lojas em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Se esteve fora da cidade e perdeu uma série de novas moradas, fizemos-lhe uma lista das novas lojas em Lisboa para o pôr a par de tudo.

Por Francisca Dias Real |
Publicidade
benamor lx factory
Inês Félix

Reunimos as melhores lojas que abriram nos últimos meses para que não perca o fio à meada na hora de renovar a artilharia toda lá de casa, dos moveis às plantas. Há lojas em grandes palácios e outras que vão buscar inspiração ao outro lado do mundo ou a outras épocas. Mesmo para aqueles que se preocupam com a sustentabilidade há lojas à espera da visita. Ou mesmo aquelas loiças para a casa que nunca parecem ser suficientes. As lojas abriram e nós registámos. Agora é só abrir os cordões à bolsa e decidir que caminho vai tomar.

Recomendado: Os melhores sítios para fazer compras em Lisboa

Novas lojas em Lisboa

1
Maison Christian Dior
Inês Félix
Compras

Maison Christian Dior

São Sebastião

Abriu no El Corte Inglés a primeira Maison Christian Dior do país – é uma autêntica boutique de perfumaria que recria o universo Dior e todo o seu savoir-faire de perfumaria. Aqui encontra dispostas num balcão marmoreado as 22 fragrâncias e uma colecção para a casa com velas e sabonetes, tudo com assinatura do perfumista François Demachy. A loja é um autêntico consultório de aromas, onde todos podem ter uma consulta personalizada para descobrir qual das fragrâncias é a mais adequada à sua personalidade. Que cor gosta de vestir? Que mensagem gostava de passar se o seu perfume falasse? São algumas das perguntas que os especialistas Dior lhe farão antes de sugerirem dois ou três perfumes para perceber com qual se identifica mais. Esta loja tem também uma colecção especial de lenços Dior, um exclusivo das lojas na Península Ibérica. 

2
Flamingos Vintage Kilo
Manuel Manso
Compras

Flamingos Vintage Kilo

Baixa Pombalina

Na Flamingos Vintage Kilo, quem dita os preços é a balança. A marca espanhola de roupa em segunda mão ao quilo abriu agora a primeira loja em Lisboa. Como funciona este sistema? É simples: os preços variam entre os 13€, os 24€ e os 39€, conforme o tipo de peça. A balança trata do resto, tal como numa mercearia a granel ou num supermercado. A loja é uma autêntica viagem no tempo, totalmente recheada de relíquias de outras décadas – aqui será difícil encontrar um espaço vazio. Roupa desportiva, camisolas e vestidos coloridos, casacos com cortes clássicos e uma grande selecção de gangas: a ideia é que consiga criar um guarda-roupa só com peças da loja. A juntar, há também uma grande colecção de calçado e vestidos de pedraria e de noiva que abrangem várias décadas do século passado.  

Publicidade
3
benamor
Inês Félix
Compras

Benamôr - Lx Factory

Alcântara

A Benamôr continua a fazer os encantos de quem passa ora no Campo das Cebolas, onde abriu em 2017, ora no Príncipe Real, a loja que homenageia o famoso creme de rosto toda em rosa millennial. E como não há duas sem três, o terceiro espaço da marca nasceu no outro lado da cidade, em Alcântara. A Benamôr abriu na Lx Factory uma loja especial, bem ao estilo industrial como o espaço pede que seja, com estruturas de ferro a lembrar as antigas fábricas – mas a grande novidade está no serviço de refill. Há grandes garrafões de vidro com torneiras cheios de de gel de banho e de loção corporal de gamas como Alantoíne, Gordíssimo, Jacarandá e Rose Amélie. Os recarregamentos são feitos em frascos de alumínio de 500ml, basta escolher o produto e gama que deseja – quando voltar lá para encher novamente leve o frasco antigo que será depois trocado por um novo higienizado. Além disso, a loja dispõe de todos os produtos Benamôr, dos óleos secos aos cremes de mãos.   

4
Happy Socks
©Inês Félix
Compras

Happy Socks

Chiado

A Happy Socks, uma das marcas de meias mais conhecidas, abriu a sua primeira loja em Portugal e escolheu o Chiado como casa. Confiança no andar e pés felizes é o suficiente para palmilhar a cidade de cima a baixo e receber uns olhares de quem passa e questiona a coragem da escolha arriscada nos padrões e cores. A Happy Socks ganhou morada fixa no número 41 da Rua Garrett. O espaço tem perto de 20 m2 e divide-se entre as suas colecções mais emblemáticas como a Pink Pattern, Beatles e Rolling Stones, e as colecções especiais que vão mudando consoante a época.

Publicidade
5
Levis Restauradores
©Inês Félix
Compras

Levi's - Print Bar

Santa Maria Maior

Não precisa de muitos minutos até ter nas mãos uma camisolinha personalizada – o serviço de print bar da Levi’s chegou finalmente a Lisboa e veio à boleia da nova loja da marca, na Praça dos Restauradores. Este serviço, que até agora era exclusivo da loja Levi’s Norteshopping, chega pela primeira vez a Lisboa e permite criar t-shirts, sweats e hoodies personalizados em minutos. Basta chegar e começar a mexer no ecrã touch para fazer a sua escolha de personalização. Há dois prints fixos: um com a palavra Lisboa estampada no símbolo da Levi’s, cujo padrão de fundo pode ser alterado, e outro com o mesmo símbolo mas onde pode escrever por cima o seu nome. A ideia é que sempre que haja uma colaboração especial da Levi’s com outras personagens e sagas, esta vá direitinha para um edição especial do print bar. Além do print bar, a tailor shop da Levi’s sai do Colombo e muda-se para esta loja. Todas as peças podem ser submetidas a este serviço: pode escolher fazer uma aplicação em tecido (5€), um emblema (entre os 3,50€ e os 8€), acrescentar um ou outro pin (2,50€) ou, se for mais radical, uns rasgões (entre os 2,50€ e os 10€).

6
Cecile Mestelan
Inês Félix
Compras

Cécile Mestelan

Chiado/Cais do Sodré

As montras criadas nas antigas janelas do prédio e um letreiro que grita “cerâmica” dão uma amostra óbvia sobre o que se passa para lá da porta. Cécile Mestelan abriu na Calçada da Estrela loja própria onde vende as suas criações. Pintou as paredes interiores de azul-noite, ajustou a iluminação e deixou que os armários da relojoaria servissem de mostruário das suas peças, de onde saltam à vista as cores suaves e a textura que Cécile lhes dá quando mistura no barro areia da praia. Pratos, taças, chávenas de café, copos, caixas e bules decoram as prateleiras – tudo feito cuidadosamente à mão. Mas Cécile não está sozinha neste espaço e isso faz-se anunciar logo pelo letreiro exterior onde se lê “Tarot”. Numa sala interior, também com montra interactiva para a rua, está o 3str3la3, um espaço para quem acredita no poder das estrelas e da astrologia, com leituras de aura e tarot (marcações: 3str3la3@gmail.com). Todas as luas cheias há um evento conjunto

Publicidade
7
Homies Local Joint
Inês Félix
Compras

Homies Local Joint

São Vicente 

O Homies abriu no bairro de São Vicente e é um espaço que alia o convívio à prática de estilos de vida sustentáveis. Aqui vai encontrar uma loja ecológica, com roupa, artigos para a casa e de higiene de origem natural, assim como um menu vegetariano, feito com produtos biológicos. O destaque vai para a zona de jogos, junto à cozinha, e que ressalta logo à vista pela sua decoração Pop. Não há desculpas para pegar no telemóvel: o espaço está repleto de jogos de tabuleiro, cartas e puzzles, prontos a serem partilhados entre amigos ou até mesmo com desconhecidos.    

8
Parlamento
Manuel Manso
Compras

Parlamento

Chiado/Cais do Sodré

O nome é como o algodão, não engana nem o leva por outros caminhos que não sejam aqueles que vão dar a São Bento. A Parlamento joga com a democracia de marcas de streetwear como a Carhartt, Stussy, Deus, Brixton, New Balance ou Comme des Garçons, muitas delas difíceis de encontrar em Lisboa e fora do universo online. Os donos, Alexandra e João Figueiredo, já tinham apanhado o comboio da streetwear ainda nos anos 90, com a Big Punch, uma loja que marcou uma geração. Quando esta fechou ficaram apenas com a Carhartt da Baixa, que ainda mantêm. Na Parlamento voltaram às origens, com uma mão cheia de marcas que continuam a apostar nesse estilo, mais clássico do que nas cadeias de fast fashion, criando aquilo a que Alexandra gosta de chamar de “uma assembleia de diálogo de marcas”. 

Mais em Lisboa

Visconti
©Inês Félix
Restaurantes

Os melhores novos restaurantes em Lisboa

A restauração floresce a grande velocidade na capital. Aliás, a nossa cidade tem uma diversidade cada vez maior no que à restauração diz respeito. E é mesmo caso para dizer: venham eles.

Tem-plate
Fotografia: Manuel Manso
Compras

As melhores concept stores em Lisboa

Não se assuste com o estrangeirismo, nós explicamos tudo direitinho. As concept stores são lojas com universos próprios, com espaço para moda, decoração, livros, acessórios e até comida. E ninguém se chateia, nem as marcas, nem os designers, nem os artistas, nem os donos das lojas – que só agradecem.

Publicidade