1 Gostar
Guardar

As melhores lojas para homem em Lisboa

Porque eles estão cada vez mais vaidosos, fazemos um roteiro pelas melhores lojas de moda masculina de Lisboa

Fotografia: Ana Luzia

Nem todas as lojas lisboetas pensam só nelas. Os homens pensam cada vez mais no guarda-roupa e, na cidade, cresce o número de marcas e espaços dedicados exclusivamente à moda masculina. Dos fatos por medida à streetwear, estas são as melhores lojas de Lisboa para homens com pinta.

As melhores lojas para homem em Lisboa

Maison Nuno Gama

Esta casa, tal como o seu dono, dispensa apresentações. Aliás, não foi à toa que ganhou dois Prémios Time Out. Entrar na loja de Nuno Gama é ter uma vista completa sobre cada colecção do criador e, muito provavelmente, a experiência de conhecê-lo pessoalmente. Por estes dias, os blazers de veludo, os retalhos e os fatos com padrão fazem desta uma época um pouco menos cinzenta. Uma dica: aproveite a visita para experimentar a barbearia e saia como novo.

Ler mais
Princípe Real

Armando Cabral

A primeira loja da marca do modelo português abriu, imagine-se, no Príncipe Real. E daqui, só pode mesmo levar uma coisa: sapatos. Não a subestime pelo tamanho, porque a colecção de Armando Cabral consegue ser verdadeiramente ecléctica, dos sapatos mais clássicos aos ténis mais cool da estação.

Ler mais
Princípe Real

Linkstore

Antes de qualquer outra sensação, esta sala da Embaixada cheira a pele. A Linkstore faz parte do palacete desde o primeiro dia e nunca se encheu de outra coisa que não fossem acessórios de moda masculinos. Malas, mochilas, gravatas, cintos e lenços – o selo de produção nacional está em praticamente tudo. A roupa também está a chegar em força – assim, não há desculpa para não sair daqui aprumado da cabeça aos pés.

Ler mais
Princípe Real

UOY

A alfaiataria dos tempos modernos é assim: convidativa, rápida a tirar as medidas e sem receio de ceder aos pedidos mais arrojados. A UOY veio para fazer da Embaixada um sítio mais amigo do homem e trouxe com ela um catálogo quase infindável de tecidos. O resto, fica ao gosto do freguês. Os acessórios estão lá para completar o visual e se o que quer é um fato cor de laranja, vai mesmo sair de lá com um.

Ler mais
Princípe Real

Fashion Clinic (Homem)

O luxo mora aqui e nas suas facetas mais extravagantes. A Fashion Clinic tem uma loja só para eles, os que só se sentem confortáveis num fato azul-cinzento de corte perfeito, mas também os que gostam de arriscar em peças que dão nas vistas. Para isso, contam com marcas como Valentino, Gucci, Givenchy e Balenciaga. Não é para todos, é certo, mas passar pela montra e trazer uma boa dose de inspiração é grátis.

Ler mais
Avenida da Liberdade

Joker Vintage Store

É a única loja de segunda mão vintage, em Lisboa, exclusivamente para homem. Além disso, é uma verdadeira caixa de surpresas. Dos donos da famosa Ás de Espadas, a Joker exige tempo e paciência para vasculhar cada expositor. Os maiores achados estão onde menos se espera, dos casacos desportivos de outros tempos aos intemporais blusões de cabedal.

Ler mais
Chiado

Slou

Se acha que Lisboa não tem peças especiais para homens, então é porque ainda não conhece a Slou, onde a selecção de marcas internacionais é do mais cool que há. Comme des Garçons, A.P.C. e os ténis de Raf Simons para a Adidas são só uma amostra do que ainda lhe pode soar familiar. Mas há outros campeonatos. Marcas menos conhecidas como a Très Bien e a Gosha Rubchinskiy já chegaram à loja, só para os gostos mais entendidos.

Ler mais
Chiado

Sky Walker

Sempre foi e continua a ser um daqueles destinos de romaria para quem vai às compras ao Bairro Alto. E estilo mais urbano que este, não há. Edwin, Komono, Herschel, Penfield, Arkk e Puma são algumas das marcas já a postos para o Natal. O difícil vai ser escolher entre roupa e acessórios.

Ler mais
Bairro Alto

Mr. Mood

Até há bem pouco tempo, só a avistávamos ao longe. A marca portuense veio, este ano, para o Príncipe Real e, na loja, já se vêem os clássicos da estação. São as famosas camisas de xadrez que nenhum homem dispensa quando o frio começa a apertar. E porque Mr. Mood é atenta aos pormenores, mesmo quando as peças parecem simples, há sempre uma costura ou um forro a marcar a diferença.

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré

Alphaiate

É verdade, parece que o velho hábito de ir ao alfaiate está de volta, mas com muito sangue novo à mistura. Para os lados da Rua de São Bento, respira-se desta tradição. A Alphaiate foi criada por gente nova, mas o mestre, o senhor Alfredo, já soma mais de 50 anos de experiência. Tudo começa com uma visita ao site, onde escolhe cores, padrões, cortes e outros pormenores da futura fatiota. Depois, é só marcar uma hora com o grande alfaiate e tirar as medidas.

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré

Comentários

0 comments