Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 13 lojas para comprar discos de vinil em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Carpet & Snares Records
Rúben José

13 lojas para comprar discos de vinil em Lisboa

Títulos clássicos e novidades fresquinhas. Revivalistas do vinil, eis 13 lojas onde comprar, vender e trocar música.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Não é só uma questão de saudosismo. De facto, o som do Spotify e de um computador não tem a mesma magia da música que nos traz o gira-discos. É por isso, e porque as capas dos LPs enchem o olho, que cada vez mais gente está a regressar ao vinil. Lisboa tem lojas até perder de vista e o nosso roteiro é extenso, do rock à electrónica, passando pelas músicas do mundo e indie. Se optar por outras sugestões, está tudo bem. Aliás, uma visita a qualquer uma destas lojas é sempre um motivo para se perder entre discos e, nalguns casos, CDs. Independentemente do que escolher, amigos como dantes. Eis as melhores lojas para comprar discos de vinil em Lisboa.

Recomendado: Roteiro vintage em Lisboa

Lojas de discos em Lisboa

Chasing Rabbits
Chasing Rabbits
Inês Félix

Chasing Rabbits

Coisas para fazer Grande Lisboa

A Chasing Rabbits nasceu como uma loja de discos de vinil de Campo de Ourique, mas com livros e petiscos à mistura. A selecção de discos de vinil – novos e usados – abrange os géneros pós-punk, new wave, indie rock, rock alternativo e electrónica. Das prateleiras em aço corten saltam os clássicos, como Kraftwerk, David Bowie ou Velvet Underground, mas também os mais recentes, como Metronomy, Arcade Fire ou Angel Olsen. O destaque vai para as edições especiais, covers e singles, mais difíceis de se encontrar. Os livros, todos sobre música, são uma continuidade dos discos. A cafetaria tem vários petiscos, ideais para um almoço leve ou um lanche reforçado. Há propostas fixas, como bolos, tostas, sandes e taças de iogurte, além de um menu rotativo com receitas especiais.

Carpet & Snares Records
Carpet & Snares Records
Rúben José

Carpet & Snares

Coisas para fazer Chiado

É uma espécie de casinha de Hansel & Gretel para ouvintes de electrónica, ou uma diurna sala de convívio para DJs e outros aficcionados destes sons. Na Carpet & Snares, de portas abertas desde 2014, dá-se especial enfoque às novidades que vão surgindo dentro do género. São mais de 400 os títulos disponíveis para venda, com uma escala também no funk e no hip-hop, sendo que é difícil levar a melhor ao house e ao techno. A loja também tem sido fundamental no desenvolvimento de novos talentos locais.

Publicidade

Tabatô Records

Compras Música e entretenimento Lisboa

nome da loja é homenagem à aldeia Tabatô, única de linhagem griot/djidiu perto de Bafatá, Guiné-Bissau, onde há séculos se passa, de geração em geração, a tradição da música mandinga. O core é, por isso, música africana e reggae, mas se procurar bem encontra pérolas da música portuguesa ou mesmo de jazz. Sugerimos também ir às matinés, onde diferentes convidados abrem os baús e partilham as suas próprias colecções de música.

cafe Le Bam
cafe Le Bam
Gabriell Vieira

Ladidadi Records

Bares Enotecas Lisboa

Esta importadora e distribuidora de vinhos naturais tem um espaço na Graça onde se pode provar os vinhos oriundos de produtores estrangeiros e nacionais, todos dispostos na parede com cores que podem parecer estranhas aos mais leigos. Além de loja de vinhos, ganhou recentemente um café lá dentro, o Le Bam – o espaço é de Heather Mawhinney e tem café de especialidade, pão da Isco e opções de brunch. Mas o número 59 da Damasceno Monteiro não fica por aqui. O dono da loja de vinhos é apaixonado por música e desde o início que tem um gira-discos no espaço com alguns vinis para venda, mas só agora decidiu oficializar a coisa e dedicar parte da lojas à venda de discos – é a Ladidadi Records. Todas as semanas, no Instagram, dão destaque a uma editora e respectivos discos à venda na loja. 

Publicidade
Carbono, loja de discos
Carbono, loja de discos
©Carbono/Pedro

Carbono

Compras Música e entretenimento Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A Carbono é uma veterana destas lides. Abriu em 1993 e garante ser "a primeira loja de discos usados em Portugal". Passou de uma pequena cave no extinto Centro Comercial Portugália, na Almirante Reis, onde esteve 11 anos, para um espaçoso rés-do-chão na Rua do Telhal. Neste endereço, Censurados dividem assoalhada com Lee Fields, Gilberto Valdes com Lee Perry, e por aí fora. Conclusão: há de tudo e saem todos ilesos. Mesmo quando, em 2008, se gravou dentro da loja um videoclipe do músico francês Christophe Maé.

Flur

Compras Música e entretenimento São Vicente 

A Flur, em Santa Apolónia, é uma referência para muitos melómanos de Lisboa e uma paragem obrigatória para qualquer turista que goste e perceba de música. Aqui tanto encontra o último de Ricardo Villalobos e do mítico conjunto África Negra como clássicos de Bonga ou Chet Baker e reedições dos Telectu. Basicamente, esta loja de discos (muito frequentada por músicos e DJs à procura de novidades ou raridades) tanto tem "aquele disco" que está há anos a tentar encontrar como "aquele disco" que não sabia que precisava.

Publicidade

Groovie Records

Compras Música e entretenimento Cais do Sodré

Já esteve na Rua dos Fanqueiros e perto das Escadinhas do Duque. No Cais do Sodré há uns anos, nasceu em 2009 logo como uma loja de vinil que é também uma editora. A morada mais recente é na Graça, na Rua Angelina Vidal. Casa de bandas espacialmente distantes, edita sobretudo garage e rock'n'roll, mas nas caixas de discos também há música psicadélica, soul, punk e raridades que não costumam ficar lá por muito tempo.

Amor Records
Amor Records
Fotografia: Amor Records

Amor Records

Compras Cais do Sodré

Loja de discos, bar e café, a Amor Records nasceu pelas mãos de três brasileiros que cruzaram o oceano Atlântico “à procura de criar sentimentos analógicos em mentes digitais”. É também para isso que servem as Love Sessions, com a presença de artistas nacionais e internacionais, que estejam de passagem pela cidade. Mas, para quem for só pelos discos, saiba que o catálogo vai do house aos beats africanos, passando pela música brasileira e pelo techno.

Publicidade
A segunda morada da Louie Louie em Lisboa
A segunda morada da Louie Louie em Lisboa
Fotografia: Manuel Manso

Louie Louie

Compras Música e entretenimento Chiado

É aquele sítio onde pode levar a sua avó a tomar café ao mesmo tempo que espreita as novidades (nós pelo menos já fizemos o teste) enquanto se arrisca a escutar coisas "do tempo dela", do "seu tempo", e, enfim, do "tempo de todos nós", para sermos justos. Do ska ao punk, do indie ao funk, do rap ao jazz, encontra um bocadinho de tudo nestas escadinhas do Chiado. E não há só discos de vinil e CDs. Também há uma cave, onde funciona um espaço de compra e venda de instrumentos musicais novos e em segunda mão.

Sound Club Vinyl Store

Coisas para fazer Chiado

A Sound Club nasceu em 2009 e fica sob o tecto do Espaço Chiado. Lá dentro, ouve-se e compra-se bossa nova, fado, northen soul, ié-ié, funk, disco, funk, jazz, rap, blues, música clássica e electrónica. De tudo. O ecletismo é tanto que, nas suas prateleiras, José Afonso, Fausto e Brigada Victor Jara se encontram com Alan Vega, Sonny Rollins e The Clash. Também há umas quantas raridades que fazem sempre a visita valer a pena. 

Publicidade

Discolecção

Coisas para fazer Chiado

É um excelente postal da Calçada do Duque, a celebrar o vinil desde 1998. O cardápio vai do jazz à música popular e, se as décadas de 60 e 70 são as suas preferidas, o local é indicado para perder a tarde, ou ganhá-la tudo depende da forma como encara a vida. Talvez ainda se cruze com Thurston Moore, dos Sonic Youth, que costuma passar por lá e já lá deixou a sua assinatura na parede, acompanhada da frase "Rock n' Roll Consciousness".

Vinil Experience

Coisas para fazer Chiado

Fica entre o Chiado e a Calçada do Combro, num discreto segundo andar. Pequena mas carismática, as suas paredes, forradas com posters, vão recebê-lo com Frank Zappa, Shellac e o que mais se queira. Entrar e subir é logo toda uma experiência, mas o melhor mesmo é vistoriar o material disponível, com destaque para o garage e rock psicadélico, géneros especialmente apreciados pelo proprietário. Esmere-se pois na utilização de abreviaturas como "psych", "prog" e "kraut", em voga por estas bandas. E que, aqui entre nós, dão um baile de salão a "face", "insta" ou "snap".

Publicidade

Magic Bus

Coisas para fazer Chiado

Já percebeu uns passos atrás que há vida além das esplanadas para turistas nas Escadinhas do Duque. Agora, apanhe boleia da Magic Bus, uma pequena loja de discos em vinil e CDs, para amantes de música e coleccionadores. Escondida numa área comercial da Avenida da Liberdade, do lado contrário ao Hard Rock, não é só a pintura na parede que dá as boas vindas à entrada. É também o poster de O Cantor de Jazz, um marco do cinema sonoro, com Al Jolson em blackface. No interior, o recheio vive de Charles Bradley e Velvet Underground, entre outras eleições apuradas. 

Mais lojas em Lisboa

A Outra Face da Lua
Duarte Drago

As lojas vintage em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Compras Antiguidades

Encontrar aquela peça que a mãe deitou fora nos anos 80 ou 90 pode ser difícil e só quem o conseguiu sabe exactamente a sensação. O cheiro, o toque, a torrente nostálgica que nos invade quando, no meio de prateleiras, cabides, arcas e baús voltamos o tempo atrás. O truque é saber exactamente onde e o que procurar – e as opções na capital são vastas. Roupa, brinquedos, mobiliário, raridades, a lista do revivalismo adensa-se. 

maria do mar, warehouse
©Maria do Mar

As melhores lojas para crianças em Lisboa

Compras

Visitar lojas de crianças não é um pesadelo assim tão horrível – a maioria dos pais até gosta e, cada vez mais, há lojas com cantinhos dedicados aos mais pequenos para se manterem entretidos enquanto os papás abrem os cordões à bolsa. Afinal, qual é o coração empedernido que resiste a um vestido cheio de laços e folhos, ao triciclo de madeira ou àquele papel de parede com estrelinhas a fazer pendant com as cortinas?

Publicidade
Isto Embaixada
©Isto

As melhores lojas para homem em Lisboa

Compras Moda

Do fato por medida aos ténis de edição especial, passando pelas marcas atentas à sustentabilidade, os senhores também têm direito a um universo de compras só para eles para poderem encher o armário à vontade.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade