Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 30 coisas grátis para fazer em Lisboa esta semana

30 coisas grátis para fazer em Lisboa esta semana

As melhores coisas para fazer em Lisboa, sem gastar um tostão

noites de verão no museu do chiado
©Sara Rafael
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Grátis é a palavra mágica que todos gostamos de ouvir. Quando tem uma cidade a rebentar pelas costuras de coisas grátis para fazer, a solução certamente não é ficar fechado em casa à espera que lhe chovam ideias no colo. Trazemos-lhe sugestões para aproveitar, à borla, tudo o que Lisboa tem para oferecer esta semana, seja visitar exposições ou mercados, picar o ponto numa festa ou ir a um concerto. Isto tudo e mais um pouco sem ter de abrir os cordões à bolsa. Vai ficar surpreendido com a quantidade de coisas grátis que há para fazer na cidade.

Recomendado: Coisas para fazer em Lisboa em Agosto

Grátis em Lisboa esta semana

1
spaki funpark
Greyson Joralemon
Miúdos

Spaki FunPark

icon-location-pin Spacio Shopping, Encarnação
icon-calendar

Este mês há diversão a dobrar no Spacio Shopping. Entre 1 e 31 de Agosto, o Spacio Shopping, nos Olivais, abre as portas ao Spaki FunPark. O programa de festas, que contempla um espaço repleto de actividades grátis para os miúdos, inclui um escorrega gigante para mergulhos numa piscina de bolas. Para participar, as crianças devem ter entre três e 12 anos e estar acompanhados pelos pais.

2
The Wife
©DR
Coisas para fazer

Cinema ao ar livre no Areeiro

icon-location-pin Jardim Fernando Pessa, Areeiro/Alameda
icon-calendar

Com a aproximação do Verão é certo e sabido que terá de guardar espaço na agenda para os ciclos de cinema ao ar livre. O Areeiro não é excepção e recebe no Jardim Fernando Pessoa, na Avenida de Roma, sessões de cinema ao ar livre, sempre de entrada gratuita. Para sábado, o filme escolhido é A Mulher, um drama com Glenn Close que interpreta a esposa de Jonathan Pryce, ex-professor universitário que é laureado com o Prémio Nobel de Literatura.

Publicidade
3
A Casa e os Cães
©DR
Filmes

Cinema no Aquário

icon-location-pin Zé dos Bois, Bairro Alto
icon-calendar

Até 26 de Agosto, as segundas-feiras são dedicadas à sétima arte no Aquário da Zé dos Bois, num total de oito filmes que, segundo a organização, conspiram entre o documento e a ficção:"Imagens que se tornam presente através das formas que inspiram, quando a ficção inunda o real e vice-versa". Para ver sentado à mesa ou enterrado num sofá. Segunda, 19 de Agosto, são projectados os filmes Em Caso de Fogo e Papagaio e na sessão seguinte, a 24 de Agosto, é a vez de Tu.Tu.Tu. e A Casa e os Cães.

4
Festas do Mar
©DR
Música, Música ao vivo

Festas do Mar

icon-location-pin Baía de Cascais, Cascais
icon-calendar

O regresso dos Delfins dez anos depois do fim é o maior destaque das Festas do Mar de 2019. Mas há mais: Virgul, Jorge Palma e Sérgio Godinho, Anselmo Ralph, Paulo Gonzo, Ana Moura, AnaVitória, Fernando Daniel, Amor Electro e The Gift. Tudo acontece, como sempre, na Baía de Cascais, de 16 a 25 de Agosto, e a entrada é livre. Os concertos arrancam sempre às 20.30. Organizadas pela Câmara desde 1965 em honra de Nossa Senhora dos Navegantes, a protectora dos pescadores, as Festas do Mar são um dos pontos altos do Verão em Cascais. Esta semana a música está a cargo de artistas como Ana Moura (21 de Agosto), Amor Electro (23 de Agosto), The Gift (24 de Agosto) ou a Sinfónica de Cascais com os Delfins e convidados muito especiais.

Publicidade
5
A Lancheira de Stanley
©DR
Filmes

Filmes de Bollywood

icon-location-pin Museu do Oriente, Estrela/Lapa/Santos
icon-calendar

O cinema indiano contemporâneo invade o Museu do Oriente durante o mês de Agosto, num ciclo co-organizado pela Fundação Oriente e a Embaixada da Índia, sendo que todos os filmes são legendados em português. Não precisa de pagar bilhete, apenas de os levantar no próprio dia – as sessões acontecem aos domingos, sempre às 18.00. A última sessão acontece domingo, 25 de Agosto com A Lancheira de Stanley (2011), sobre um professor comilão que obriga os alunos a partilhar comida com ele. Até que proíbe o pequeno Stanley de entrar na escola a menos que leve a sua própria lancheira.

6
1936_Structure, étude
Arte

Vieira da Silva. Exposição imersiva à obra da artista

icon-location-pin Centro Comercial Colombo, Carnide/Colégio Militar
icon-calendar

O Centro Comercial Colombo não serve só para perder a cabeça de loja em loja. Em mais uma iniciativa de A Arte chegou ao Colombo, encontra na praça central a mostra “Vieira da Silva. Exposição imersiva à obra da artista”. São 35 obras da artista dispostas de forma inédita, numa experiência imersiva de digital e media art, que concilia as peças no seu sentido mais clássico com a disrupção digital da dupla Oskar & Gaspar. O colectivo de artes visuais será responsável pelas animações, efeitos e desconstruções das obras de Maria Helena Vieira da Silva. As obras não estarão fisicamente na praça, mas sim em formato digital, um novo modelo expositivo que se estreia nesta iniciativa do centro comercial. Para entrar ainda mais a fundo nesta experiência, a mostra será acompanhada de uma banda sonora feita pelo músico e compositor Rodrigo Leão. 

Publicidade
7
treblinka
Coisas para fazer

Espaços que não têm lugar

icon-location-pin Casa da Achada - Centro Mário Dionísio, Castelo de São Jorge
icon-calendar

O habitual ciclo de cinema ao ar livre da Casa da Achada está de regresso e prolonga-se até ao final de Agosto. Espaços Que Não Têm Lugar convida à reflexão sobre os conceitos de espaço e lugar a partir dos filmes apresentados. Ao todo, são nove películas, incluindo Treblinka (16 de Agosto) e Laços Eternos (26 de Agosto). A programação completa pode ser consultada no site da Casa da Achada.

8
Hot Clube de Portugal
© Joaquim Mendes
Música, Jazz

Jam sessions com João Lopes Pereira

icon-location-pin Hot Clube de Portugal, Avenida da Liberdade/Príncipe Real
icon-calendar

O Hot Clube de Portugal está a promover jam sessions com um baterista nascido em Lisboa em 1994 e que tem colaborado com Filipe Melo, Sara Serpa, André Matos e André Santos. A entrada é livre e a sessão começa às 22.30, com um set do grupo residente, passando depois para uma jam aberta aos músicos que queiram participar.

Publicidade
9
BRO099AI
©The Kobal Collection
Coisas para fazer

Cine Pátio

icon-location-pin Casa Independente, Intendente
icon-calendar

O pátio da Casa Independente serve de cenário a muitas noites bem passadas, de copo na mão e um ou outro passinho de dança. Mas em Agosto a coisa muda, pelo menos durante as noites de quarta-feira que recebem mais uma edição do Cine Pátio com filmes como Y Tu Mama También (2002), de Alfonso Cuarón, a 21 de Agosto e Broken Flowers (2005), de Jim Jarmusch, a 28 de Agosto. A entrada é livre. 

10
fernando namora
©DR
Coisas para fazer, Exposições

O escritor não tem poder nenhum

icon-location-pin Biblioteca Nacional, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade
icon-calendar

Fernando Namora nasceu há precisamente 100 anos e a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) desenhou uma exposição evocativa de tão especial centenário. Em exposição vai encontrar primeiras edições de algumas obras, como Retalhos da Vida de um Médico (1949), ilustrações feitas pelo próprio, fotografias do escritor neo-realista nas várias fases da sua vida ou mesmo um dos dois únicos exemplares existentes de Cadernos da Juventude (1937).

Publicidade
11
cinema no verão
Filmes

Cinema no Verão

icon-location-pin Jardim do Torel, Avenida da Liberdade/Príncipe Real
icon-calendar

A iniciativa Cinema no Verão continua a levar clássicos do cinema ao Jardim do Torel. Esta semana vai poder vibrar com o inesquecível Quem Tramou Roger Rabbit (1988), uma comédia que mistura animação com imagem real. A acção desenrola-se na Hollywood dos anos 40, quando o coelho Roger Rabbit é acusado de um crime que não cometeu. Para se safar conta com a ajuda do detective Eddie Valiant.

12
Assim Nasce uma Estrela
©2018 Warner Bros
Coisas para fazer

Cinema ao ar livre - Oeiras

icon-location-pin Fábrica da Pólvora de Barcarena, Oeiras
icon-calendar

Finalmente uma boa desculpa para ir a Barcarena – a Fábrica da Pólvora acolhe mais um ciclo de cinema ao ar livre até ao final de Agosto. Aos sábados à noite (22.00) são os filmes para crescidos, aos domingos de manhã (10.30) é a vez dos garotos. A entrada é livre mas limitada aos lugares existentes e esta semana pode escolher entre O Quebra-Corações, de Laurent Tirard (24 de Agosto), Astérix: o segredo da poção mágica, de Alexandre Astier e Louis Clichy (25 de Agosto) e Assim Nasce uma Estrela, de Bradley Cooper (31 de Agosto).

Publicidade
13
blondie rueffa
©DR
Arte, Arte pop

Welcome

icon-location-pin Igreja de São Mamede, Princípe Real
icon-calendar

A artista plástica Rueffa preparou uma exposição improvável. No primeiro piso da Igreja de São Mamede espalhou um universo de personagens icónicas da cultura mundial como Lucio Fontana, Maria Callas, Marilyn Monroe, Blondie, Beethoven, Mozart, Ray Charles ou Michael Jackson, sempre com o estilo que caracteriza como “neo pop art”.

14
hortas biológicas
Markus Spiske/ Unsplash
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Workshops de horticultura

icon-location-pin Alegro Alfragide, Grande Lisboa
icon-calendar

É fã de uma alimentação mais saudável e biológica? Mãos à horta! O centro comercial Alegro, em Alfragide, está a promover o conceito de horta biológica com workshops grátis para toda a família, que vão decorrer aos fins-de-semana, entre 10 de Agosto e 1 de Setembro, das 11.00 às 19.00, na Praça Principal. A participação é gratuita e poderá aprender, por exemplo, como criar jardins verticais e reutilizar materiais.

Publicidade
15
dia d exposicao
©Paula Rosa
Arte

Dia D

icon-location-pin Espaço Exibicionista, Lisboa
icon-calendar

Duas dezenas de artistas desembarcam na galeria de arte Espaço Exibicionista para apresentar um conjunto de obras baseadas em expressões idiomáticas. Nesta exposição colectiva encontra trabalhos do ilustrador e pintor Pedro Zamith, da dupla de escultores espanhóis Coderch & Malavia, vencedores do Prémio Rainha Sofia de Pintura e Escultura de Espanha em 2017 ou da artista Paula Rosa, na categoria fotografia/pintura digital (na imagem). 

16
exposicao instantes de lisboa
©Joshua Benoliel/ Arquivo Municipal de Lisboa
Coisas para fazer, Exposições

Instantes de Lisboa

icon-location-pin Biblioteca/ Espaço Cultural do Cinema Europa, Campo de Ourique
icon-calendar

A memória da cidade de Lisboa deve muito a Joshua Benoliel (1873-1932), um dos maiores fotógrafos portugueses. Pioneiro na reportagem fotográfica em Portugal, trabalhou em publicações de destaque como O Século e agora pode ver o seu trabalho bem de perto. Numa exposição patente até 7 de Setembro no Espaço Cultural Cinema Europa desenhada em conjunto com o Arquivo Municipal de Lisboa.

Publicidade
17
Arte

Sara Mealha : às nove caminho a caminho

icon-location-pin Balcony, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade
icon-calendar

Sara Mealha toma a Balcony Contemporary Art Gallery de “assalto” com a apresentação de 50 obras, um conjunto de trabalhos que tem desenvolvido nos últimos seis meses recorrendo à pintura, escultura, instalação, fotografia e ao desenho. A exposição não tem nenhum curador, mas a partir da data da inauguração irão ser divulgados 8 textos de artistas, curadores e amigos da artista que lhe serviram de inspiração.

18
Faroleiro com modelo de farol
©Rodney Graham
Coisas para fazer, Exposições

(Euro)políticas: fotografia contemporânea depois de 1999

icon-location-pin Museu do Dinheiro, Baixa Pombalina
icon-calendar

A moeda única na Europa foi responsável por uma série de transformações sociais desde que foi introduzida em 1999. Passados 20 anos, o Museu do Dinheiro apresenta esta exposição a partir da “Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco” e à volta de três temas centrais: actos de hospitalidade, actos de participação e actos de utopia. Através da lente da fotografia contemporânea internacional está convidado a viajar por uma série de perspectivas sobre a Europa em que vivemos. 

Publicidade
19
In at the Deep End
Casino de Lisboa
Arte

In at the Deep End “ORCA”

icon-location-pin Casino Lisboa, Parque das Nações
icon-calendar

Ricardo Ramos, ex-pescador e marisqueiro, começou a criar esculturas de temática marítima feitas com o lixo que recolhe praias da nossa costa. Como artista chama-se Xico Gaivota e no Casino de Lisboa encontra uma grande escultura chamada “Orca”, construída com chinelos, redes, plásticos, madeira, alcatruzes, esponjas, esferovite, bidons, bóias, cordas e parafusos em inox. Um alerta para os perigos do aquecimento global. Já que aqui está, aproveite a oferta cultural regular do casino, entre música ao vivo e novo circo.

20
lusco fusco
Coisas para fazer

Lusco-fusco

icon-location-pin Polo Cultural Gaivotas|Boavista, Chiado/Cais do Sodré
icon-calendar

Está de volta a programação cultural Lusco-fusco no Polo Cultural Gaivotas. O pátio recebe a quarta edição deste evento que junta música, cinema, performance e gastronomia na mesma equação. Desta vez pode contar com dez sessões de cinema ao ar livre, jantares temáticos de Moçambique, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe, DJ sets, muitos concertos, performances e peças de teatro. Espreite aqui a programação completa.

Publicidade
21
cinema ao ar livre em Oeiras
Marinas.com
Coisas para fazer, Eventos cinematográficos

Cine NOS

icon-location-pin Marina de Oeiras, Oeiras
icon-calendar

As sessões de cinema ao ar livre da NOS regressam este Verão a Oeiras e Tróia. O programa das festas inclui música, um copo ao pôr-do-sol e muitos filmes. Todas as quintas e sextas-feiras na Marina de Oeiras; e sextas e sábados, no Jardim da Alameda Pinheiro Manso, em Tróia. A animação começa às 20.00 e os filmes rolam na tela a partir das 21.30. Esta semana pode contar com Tomb Raider (22 de Agosto) e Johnny English Volta a Atacar (23 de Agosto).

22
jardins de pedra
©Tiago Casanova
Arte, Arquitectura

Jardins de Pedra

icon-location-pin Centro Cultural de Belém, Belém
icon-calendar

Até 15 de Setembro pode ver esta instalação em cortiça do atelier Barbas Lopes, desenhada pela arquitecta Patrícia Barbas e instalada entre a Praça CCB e o Jardim das Oliveiras. Um projecto que reconfigura o espaço do edifício e o modo como o habitamos, abrindo ao público lugares desconhecidos. Um desafio da Garagem Sul, que em todas as edições do CCB de Verão convida – em parceria com a Amorim Isolamentos – um ateliê de arquitectura a explorar a textura, cheiro, densidade e cor do aglomerado negro de cortiça. Neste caso, Patrícia Barbas (autora do projecto para a nova Torre de Picoas) usa o conforto e o calor dos materiais para construir vários jardins em diálogo com o lugar, num espaço lúdico de recreio entre as formas geométricas.

Publicidade
23
ccb, jardim das oliveiras
©Marta Azevedo/CCB
Coisas para fazer, Centros culturais

CCB de Verão

icon-location-pin Centro Cultural de Belém, Belém
icon-calendar

O CCB, enquanto grande estrutura cultural da cidade, não podia deixar de animar o Verão dos lisboetas. O menu é variado: há concertos e cinema ao ar livre para todos os gostos. O CCB de Verão está de volta para mais uma rodada e estende-se ao Sol (ou no lusco-fusco), sempre de entrada livre. Os concertos acontecem no Jardim das Oliveiras e os filmes vão ser projectados na Praça Central, sempre com muitos clássicos à mistura. 

24
exposição fotográfica
Pedro Medeiros
Coisas para fazer

Hikari Luz, Light

icon-location-pin Arquivo Municipal de Lisboa|Fotográfico, Intendente
icon-calendar

O fotógrafo Pedro Medeiros viveu em Quioto, Japão, entre 2015 e 2017. Nesse intervalo, mais do que enriquecer o seu arquivo de imagens, procurou registar um quotidiano mais escondido da esfera pública, que agora revela em 50 imagens no Arquivo Municipal de Lisboa – Fotográfico.

Publicidade
25
Move Hiit
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Lisboa Não Pára

icon-location-pin Lisboa, Lisboa
icon-calendar

Não é novidade que Lisboa será a Capital Europeia do Desporto em 2021, mas até lá há uma maratona de preparação. Até 30 de Setembro, exercite-se nos jardins da cidade com aulas de fitness gratuitas, resultado do projecto Lisboa Não Pára, da Câmara Municipal. A premissa é muito simples: aos fins-de-semana há aulas de fitness grátis e abertas a qualquer pessoa que queira participar – não precisa de ser um atleta. As aulas decorrem de manhã, pela fresca, sempre num parque ou jardim da cidade. Aos sábados acontecem no Parque das Nações (10.30-12.30), Quinta das Conchas (10.30-12.30), Jardim Mário Soares (10.00-13.00), Parque Eduardo VII (10.30-12.30) e Jardim da Estrela (11.00-12.30). Já aos domingos pode exercitar-se no Parque Vale do Silêncio (10.30- 12.30), Fonte Nova (10.30-12.30), Jardim da Parada (09.00-12.00) e Torre de Belém (10.00-12.00).

26
Biblioteca Nacional no Convento de Sao Francisco
©Augusto Bobone/Arquivo Municipal de Lisboa
Coisas para fazer, Exposições

Do Convento ao Campo Grande

icon-location-pin Biblioteca Nacional, Campo Grande/Entrecampos/Alvalade
icon-calendar

A Biblioteca Nacional nasceu em 1837 no antigo Convento de São Francisco (hoje Belas Artes), mas a falta de condições ditou a mudança, apenas em 1969, para o edifício do Campo Grande, um projecto iniciado pelo arquitecto Porfírio Pardal Monteiro. 50 anos depois serão mostrados, pela primeira vez, desenhos de projeto, fotografias, relatos, entre muitos outros materiais.

Publicidade
27
Capa do folheto promocional do pavilhão brasileiro na Tokyo Trade Fair. Fernando Lemos, 1963
©Fernando Lemos
Arte, Design

Fernando Lemos Designer

icon-location-pin Cordoaria Nacional, Belém
icon-calendar

O MUDE continua fora de portas, desta vez a partir de quinta-feira na Cordoaria Nacional com a primeira exposição retrospectiva do trabalho de Fernando Lemos como artista gráfico. O fotógrafo, designer e pintor Fernando Lemos, hoje com 93 anos, tem ainda direito a duas mostras, associadas à exposição, promovidas pela Galeria Ratton que expõe o seu trabalho em azulejo e pela Galeria 111, onde encontra os últimos desenhos, aguarelas e fotografias da sua fase surrealista.

28
Yoga no Parque
©DR
Coisas para fazer

Yoga ao ar livre na Quinta das Conchas

icon-location-pin Quinta das Conchas, Lumiar
icon-calendar

A ideia é juntar duas coisas boas: o desporto e os espaços verdes. Dito isto, vista qualquer coisa confortável e vá experimentar as poses de yoga nos relvados da Quinta das Conchas. Não precisa de ter toda a flexibilidade do mundo, porque João Genial, o professor, dá a aula para todos os níveis. Acontecem durante todo o ano (a não ser que chova) às 10.30, mas nos meses de Julho, Agosto e Setembro antecipa-se o exercício para as 10.00. Aguente-se estoicamente no tapete e no fim relaxe.

Lisboa low cost

estufa fria
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

15 coisas para fazer em Lisboa até 5€

É verdade que é cada vez menos fácil respeitar a fasquia da nota de cinco, mas se puxar pela cabeça ainda descobre muito para fazer na cidade sem ultrapassar este valor. Se já estiver a pensar no próximo nível, espreite a leitura aqui em baixo.  

Publicidade
Projector final Planetário
©Bruno Neves/Planetário
Miúdos

Entreter os miúdos sem gastar um tostão

Ficar em casa com os miúdos pode não custar dinheiro, mas dá cabo dos nervos a muitos crescidos. Problema: nem sempre a conta bancária está para programas culturais e actividades ao ar livre pagas. Solução: museus com entrada gratuita, actividades que não custam um cêntimo ou até um piquenique no parque enquanto a chuva não volta.    

Publicidade