Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista dos novos bares que abriram em Lisboa
Canil
Duarte Drago
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. A noite lisboeta está bem viva e a prova disso são os novos hóspedes que vão aparecendo – e ainda bem. As novidades são das mais diversas espécies, dos cocktails e seus derivados à cerveja artesanal. Nesta página espere sempre isto: os bares mais frescos da cidade. Por agora, estes são os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer. E se lhe dizemos isto é porque fomos lá, experimentámos e aconselhamos vivamente. Já decidiu onde é que vai beber um copo?

Recomendado: Os melhores bares de Lisboa

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Covil
Manuel Manso
Bares

O Covil

icon-location-pin Lisboa

Inspirado na cultura celtibera e lusitana, este bar em Arroios, um espaço ideal para um bom início de noite, é provavelmente o único sítio em Lisboa onde vai encontrar hidromel à pressão – e fique a saber que é uma boa alternativa para quem já está enjoado de sidra. Tanto Margarida Malheiros como Rui Bajouca, os fundadores, gostavam da bebida ancestral, especialmente deste hidromel que agora servem em garrafa ou à pressão, da marca Apiagro, empresa de apicultores de Torres Vedras, e que já é uma espécie de bebida oficial do bar. Outra das preocupações é respeitar a cultura celtibera e a dos antigos povos nórdicos e germânicos e por isso mesmo existe uma pequena biblioteca (ainda em crescimento) sobre o tema, comida e festas temáticas.

cocktail
Inês Félix
Bares

86 Cocktail Bar

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Nos últimos tempos, a Rua do Telhal tem vindo a ganhar novos bares, novos negócios que se tornaram populares e uma nova movida com os hotéis das redondezas. Perto da Avenida da Liberdade, parecia o sítio certo para montar um bar. O 86 abriu portas em Fevereiro na Rua do Telhal e traz novos ingredientes para o mundo dos cocktails da cidade, como pêra rocha e algodão doce. “Não é só agarrar no copo e beber, e nós temos uma taça com guarnições comestíveis”, avisa um dos donos.

Publicidade
Canil
Duarte Drago
Bares

Canil

icon-location-pin Baixa Pombalina

Há uma nova cerveja à solta na cidade. Chama-se Canil e vende-se no bar com o mesmo nome, que abriu há menos de um mês na Baixa. Das 32 torneiras disponíveis, seis são dedicadas à cerveja de Leandro Claro, com a receita que começou no Brasil, com a mulher, Ariane Monteiro, e que foram aperfeiçoando até chegarem ao resultado final, produzido numa fábrica em Setúbal e noutra em Queluz. As seis cervejas Canil (Weiss, IPA, Belgian Blonde Ale, Red Ale, New England IPA e Russian Imperial Stout) começam nos 2 euros (20 cl) e acabam nos 5 euros (47 cl). Outra das apostas da casa são os petiscos, pequenos devaneios culinários, chamemos-lhe assim, com interpretações da cozinha portuguesa como os pastéis de nata brandade de bacalhau (3€), pastéis de nata recheados de bacalhau e béchamel. Ou o fish ‘n’ chip à lisboeta (9€), carapaus panados com batatas fritas.

DeBru
Duarte Drago
Bares

DeBru

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

DeBru pode não ser o nome mais fácil de perceber, mas vai ficar no ouvido e promete entranhar-se na vida dos alfacinhas, do primeiro café do dia até à última cerveja da noite. O novo café/bar da Rua Luciano Cordeiro é um híbrido entre as duas coisas – “e ainda um espaço de cowork”, diz o dono, o brasileiro Henrique Melo. Há seis torneiras de cerveja artesanal local, da Musa à Nortada, passando pela vizinha AMO ou pela Dois Corvos, tudo a preços bem convidativos, a partir de 1,70€ (20 cl). Nos próximos tempos vão começar também os eventos “take over”, em que várias cervejeiras tomam conta das seis torneiras do bar para mostrarem a sua oferta. Por enquanto o take over tem acontecido nos pratos, com o “DeBru Decks Take Over”, com DJs a tomarem conta do lounge. Também há bruschettas para petiscar, saladas, sumos naturais e queijos e produtos de charcutaria de pequenos produtores independentes.

Publicidade
A Sala
Duarte Drago
Restaurantes

A Sala

icon-location-pin Grande Lisboa

Daniela, Vasco, Selma e Joseph, quatro amigos, queriam um sítio onde pudessem receber as pessoas e que estas ficassem a fazer sala sem o sentido pejorativo da palavra. Fazer sala com gosto. Por isso abriram A Sala, em São Bento, que não é um restaurante, é mais “uma petiscaria”, define Daniela Siragusa, mas também pode ser galeria de arte, sítio para workshops, sala para ficar a jogar jogos de tabuleiro toda a noite.

Bar Herança
©Inês Félix
Restaurantes

Herança Vintage Bar

icon-location-pin São Vicente 

Abriu no início de Dezembro em Santa Apolónia e serve petiscos e bebidas como licor de canábis. Um gin tónico ronda entre os 4 e os 6 euros e além de marcas portuguesas também encontra gin de Angola, o Kianda. Há vodkas de várias marcas, licor de pastel de nata, outros licores caseiros e tudo o que se espera de um bar a funcionar desde o pequeno-almoço até às duas da manhã – sem esquecer, claro, as populares tábuas de queijo com um copo de tinto. Se acha que isto é só mais um espaço para atrair turistas, desengane-se.

Publicidade
Zénite
Manuel Manso
Bares

Zénite

icon-location-pin Lisboa

Se está à procura de um sítio para mostrar os seus dotes no ukulele, para declamar os poemas que anda a escrever nos intervalos do trabalho ou para finalmente expor as pinturas que nunca teve coragem de mostrar a ninguém, o Zénite pode ser o sítio certo. O novo bar/galeria de Lisboa fica perto do Jardim Constantino e tem cocktails, exposições, noites de leitura, quiz e stand-up comedy.

Mais bares em Lisboa

Donna Taça
Duarte Drago
Bares

Os melhores bares de vinho em Lisboa

Lisboa foi eleita um dos melhores destinos vínicos do ano no último número da Wine Enthusiast, revista de referência internacional no sector vitivinícola. Entre elogios à intersecção entre a “preservação do património” e a “bem-vinda mudança”, destaca-se “a posição de Lisboa ao longo do Atlântico” e as vinhas de Colares, com castas como Ramisco para “tintos saborosos” e Malvasia para “brancos salinos”. 

musa
Fotografia: Francisco Santos
Bares

Os melhores bares de cerveja em Lisboa

Os alfacinhas estão a assistir ao milagre da multiplicação de marcas, estilos e sítios para beber cerveja artesanal, em garrafa ou à pressão, com tira-gostos clássicos a acompanhar ou o melhor da gastronomia internacional. Entre bares, garrafeira, fábricas e "brewpubs" há cada vez mais e mais variados projectos ligados à cerveja em Lisboa. E ainda há espaço para mais.

Publicidade
Damas
Fotografia: Inês Calado Rosa
Bares, Cafés/bares

Os melhores bares com música ao vivo em Lisboa

Se há música, e sobretudo se há música ao vivo, a conversa é acessória. Ou, por outro lado, proibida, pelo menos a nosso ver. Isto para não se entrar naquela onda da falta de respeito perante os profissionais em palco. Portanto se veio a esta página à procura de bares com música ambiente bateu à porta errada. Até porque isso, mal ou bem, têm todos. Os sítios que abaixo lhe sugerimos têm o nosso selo de garantia, digamos assim. Ou seja, é certo que vai encontrar uma acentuada programação musical (quase sempre de qualidade). 

More to explore

Publicidade