Amanhã não há arte

Arte
carla filipe
Bruno Lopes

A Time Out diz

Esta exposição dá continuidade à pesquisa de Carla Filipe e inaugura a programação de 2019 da Project Room, uma sala dedicada à apresentação de artistas portugueses. O projeto apresenta um conjunto de símbolos e grafismos oriundos do discurso político pós-25 de abril de 1974, mas retirando-lhe toda o texto – são bandeiras gráficas cujas narrativas continuam a ser um statement político. Carla Filipe recorre a estas imagens para se questionar sobre o estatuto que o artista ocupa na configuração sociopolítica actual, ameaçando – tal e qual como chama à exposição – de que “Amanhã não há arte”. Esta é só mais uma forma de chamar à atenção para a dificuldade dos artistas e da falta de apoio ao seu trabalho.

Detalhes

Também poderá gostar