José Maçãs de Carvalho - Arquivo e Democracia

Arte, Suporte misto

Entre o vídeo e a fotografia, José Maçãs de Carvalho chega ao MAAT através de uma história que se quer contada. Uma comunidade de mulheres filipinas, empregadas domésticas em Hong Kong, é o foco desta mostra. Durante seis dias trabalham e vivem na casa dos seus patrões, domingo é dia de folga, portanto têm que sair. Desta forma ocupam, sem receios, ruas e praças do Central District, como se aquela zona fosse o seu lar. A esfera pública a debater-se com a privada. A felicidade do dia de descanso a embater no facto de não terem casa própria. Vidas.

Por Miguel Branco

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening