A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Ofereça um bilhete a quem não pode pagá-lo

Por Maria Ramos Silva
Publicidade

Um ano depois de ser introduzido, o Bilhete Suspenso já levou à sala do Teatro São Luiz cerca de 100 pessoas. E o que é este Bilhete Suspenso? É um conceito semelhante ao do café suspenso, introduzido em Nápoles na II Guerra Mundial — fica pago à espera que alguém o beba — e que recentemente chegou a Lisboa (a pastelaria Mordido, em Odivelas, ou a Renovar a Mouraria, são dois dos sítios que se associaram à causa). Em Setembro de 2015, o São Luiz ajustou a ideia aos espectadores de teatro: oferecer a possibilidade de assistir a um espectáculo a quem não pode pagar pelo seu bilhete, sendo que quem oferece e quem recebe não se conhece. Para alinhar na iniciativa, é simples. O bilhete custa 7€, é adquirido presencialmente, e fica suspenso na bilheteira para usufruto de pessoas apoiadas pelas entidades a que o teatro está associado: Albergues Nocturnos de Lisboa, Associação Coração Amarelo, Associação Gulliver, Lar Jorbalán, Fundação Luís António de Oliveira, Casa de Abrigo da APAV ou CMPL — Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa. 


Últimas notícias

    Publicidade