Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Comer, comprar e passear: as melhores coisas para fazer em Cascais

Comer, comprar e passear: as melhores coisas para fazer em Cascais

A Linha não é só praias bonitas e ondas para surfar. Perceba porquê com este roteiro de coisas para fazer em Cascais
Enseada de Santa Marta
Fotografia: Joana Freitas
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Às idílicas praias junta-se uma agenda de eventos preenchidérrima, restaurantes fantásticos, imeeeenso espaço para fazer desporto e, claro, carradas de novidades. Para quem acha que em Cascais não há nada mais do que praias bonitas e ondas para surfar, temos mais de duas mãos cheias de sugestões que provam o contrário e dão matéria para passar um dia completo (e os que mais quiser) na vila. Entre comer, comprar e passear, vai de certeza ficar com vontade de ir dar um mergulho. Se o tempo não estiver para brincadeiras, pode fazer uma pausa para um café e um mimo, doce ou salgado. 

Recomendado: O melhor do Brasil em Cascais

26 coisas para fazer em Cascais

1
House of Wonders
Fotografia:Manuel Manso
Restaurantes, Vegetariano

A House of Wonders Cresceu

icon-location-pin Cascais

Este restaurante de comida vegetariana, com um encantador terraço, já era uma das melhores razões para ir a Cascais. Mesmo que fosse apenas para beber um sumo de frutas ou picar um snack do Médio Oriente. Entretanto, o espaço ganhou um roof garden, no largo em frente, onde pode fumar e levar o cão; descendo
 as escadas em direcção ao centro, restaurante mais a sério, há agora um com um buffet de quentes e frios e esplanada; e, na porta à frente, uma pâtisserie, para tomar um pequeno-almoço reforçado beber um café e atacar uma fatia de bolo vegan.Tudo vegetariano, tudo com sabores do Médio Oriente, tudo muito bom. Não admira que a House of Wonders esteja entre os melhores restaurantes saudáveis em Lisboa, com uma lista que não é fixa: varia consoante a sazonalidade dos alimentos e conta com pratos de raw food (comida crua e vegan) da chef Fionna Lynne Harrower.

2
Mercado da Vila
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

O Mercado vende mais do que frescos

icon-location-pin Cascais

O mercado de Cascais, baptizado em 2014 como Mercado da Vila, nasceu em 1952. Há uns anos foi 100% reformulado e transformou-se num pólo de restaurantes, bares e mercados temporários, que lhe apresentamos em cinco pontos essenciais:

OS FRESCOS Há peixe, fruta, legumes e flores todos os dias, mas o verdadeiro mercado, cheio de comerciantes, acontece às quartas e sábados. A feira às quartas de manhã, 
a acompanhar o mercado de
 frescos, instala-se no parque de estacionamento ao ar livre uma feira à portuguesa. Vende desde sapatos para pés de todos os tamanhos a loiças para a cozinha. E até pode regatear.

OS RESIDENTES O Cantinho da Luísa, conhecido pelos queijos e enchidos, tem também serviço de sandes, bolos e pães; no HM Caneira pode abastecer-se de leitão assado; o Lugar dos Frutos Secos vende todos os frutos secos possíveis e imagináveis para fazer granola. Há também um bar de vinhos e um de cerveja artesanal. O Bar do Guincho tem aqui o seu irmão mais novo, com sumos e tostas.


OS RESTAURANTES Se quiser pizzas e massas, sente-se à mesa do Gulli, um italiano com ingredientes de qualidade; para petiscos ibéricos e boas carnes, tem o Rubro; para uma mariscada a sério, nada como o Marisco na Praça; as opções mais saudáveis estão no Local - Your Healthy Kitchen; e os snacks à portuguesa, para dividir pela mesa toda, são no Páteo do Petisco. Todos têm esplanada.


Esplanadas e lojas: Seg-Qui e Dom 09.00- 00.00, Sex e Sáb 09.00-02.00; Peixaria e Talho: Ter-Qui e Dom 08.00-14.00, Qua e Sab 06.30-15.00; Flores, fruta e legumes: Ter e Qui-Dom 08.00-16.00, Qua e Sáb 06.30-15.00, Mercado Saloio: Qua e Sáb 06.30-14.00.

Publicidade
3
Rua - Juicy Mixology
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Existe um bar de sumos que também é restaurante saudável e bar de copos

icon-location-pin Cascais

De dia, o Rua ganha um sobrenome, Juicy Mixology, e funciona como espaço de comida saudável e bar de sumos. Durante a semana tem um menu all day breakfast, além de sanduíches para take-away, tudo assinado por Sarah Maraval, do projecto da Green Chef; aos sábados, o brunch inclui iogurte grego, fruta, granola, pão artesanal, ovos quentes e outras opções, quase todas biológicas e de produtores locais; às sextas e sábados à noite, as liquidificadoras, os superalimentos e as frutas dão lugar a um leque de garrafas, a cabine de DJ é ocupada e a festa faz-se tanto no interior, como cá fora.

4
Cura
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Boutiques

Há Cura para quase todos os males

icon-location-pin Cascais

O tamanho da CURA STYLE Essentials, no Monte Estoril, é inversamente proporcional à pinta do que vende. Marcas de roupa e acessórios na linha do minimalista, onde se encontram desde as marcas portuguesas +351, com t-shirts e fatos de banho de homem, Komono, de óculos de sol e relógios, e Le Mot, de t-shirts com frases francesas, a outras vindas do estrangeiro. Há ainda carteiras, perfumes e peças de roupa com o selo CURA.

Publicidade
5
Bijou de Cascais
©DR
Restaurantes, Pastelarias

Vale a pena provar a doçaria tradicional

icon-location-pin Cascais

As areias, clássicos bolinhos secos que, uma vez esmagados, parecem o balde de areia de uma criança, têm os primeiros registos em Cascais no século XIX; as nozes de Cascais, bolos mais húmidos, terão nascido no Convento de Nossa Senhora da Piedade, construído no século XVI (onde hoje existe o Centro Cultural de Cascais). Têm uma cobertura de açúcar vidrado, mais estaladiça, e meia noz em cima. Estão à venda na Bijou de Cascais, uma pastelaria clássica, a caminho dos 90 anos.

6
Stand Up Padle
Fotografia: Joana Freitas
Atracções, Praias

Pode remar sobre uma prancha

icon-location-pin Cascais

Os mares calmos das primeiras praias do Paredão, a da Conceição e a da Duquesa, podem ser um aborrecimento para quem gosta de furar ondas e fazer carreirinhas, mas são um deleite para quem descobriu as maravilhas do stand up paddle (SUP). A técnica aprende-se em menos de nada e só tem de alugar uma prancha, vestir o colete, agarrar a pagaia, subir a bordo da prancha? Dimitar, dono da empresa Sup-paddle board Ocean Activities, com lugar cativo na Praia da Conceição há uns bons anos, trata de tudo.

965 583 155. Preço: 10€ (30 minutos), 15€ (1 hora).

Publicidade
7
Fitness Park da Guia
Fotografia: Joana Freitas
Desporto, Ginásios e centros de fitness

É um ginásio a céu aberto

icon-location-pin Cascais

Se andar em Cascais é provável que se cruze com pessoas vestidas de desporto. O Paredão e a Ciclovia convidam a puxar pelos músculos e o ginásio inaugurado em 2017, na Avenida Diana Spenser, perto da Casa da Guia, com oito estações de treino, veio ajudar à festa. Há postos informativos para usar os aparelhos sem fazer lesões e o melhor de tudo ficou para o fim: O Fitness Park da Guia tem uma bela vista para o mar.

8
Festas do Mar
©DR

Dá-lhe música o ano inteiro

Nos próximos meses, poderá ouvir, por exemplo, Madlib, Moullinex, Arca, Nigga Fox, Progressivu, Xinobi, Shaka Lion e Dino d’Santiago, alguns dos nomes confirmados no ID_nolimits, um novo festival que acontece entre 29 e 30 de Março no Centro de Congressos do Estoril e uma espécie de sucessor do Lisbon Dance Festival. Em Julho, será altura do EDPCOOLJAZZ, com nomes como The Roots, Snarky Puppy e Jacob Collier, Jamie Cullum e Diana Krall

Publicidade
9
Taberna Clandestina
Restaurantes, Petiscos

Castiça para copos e petiscos

icon-location-pin Cascais

Chama-se Taberna Clandestina, mas de secreta tem pouco até porque tem uma esplanada e há uma janela virada para a rua onde se pode empoleirar para pedir bebidas. Na zona interior, há cantos e recantos feitos para refeições para dividir. Funciona como um restaurante de petiscos às horas de luz solar - sobretudo à  base de tábuas de queijos e enchidos - e à noite vira bar. Como não é fácil arranjar mesa e só aceitam reservas até 19.00, o que muito boa gente faz é passar na Clandestina, como é conhecida, para beber um gin tónico, um copo de vinho português ou italiano, uma cerveja ou um cocktail da casa, com sumo de limão, manjericão, ginger beer e gin.

10
cabinet of curiosities
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras, Decoração

Também vale matar a curiosidade

icon-location-pin Cascais

Prepare-se para entrar na casa mais excêntrica do Estoril. O Cabinet of Curiosities é um conjunto de pequenas salas que formam um mundo encantado onde se encontram peças de decoração diferentes de tudo o que conhece, escolhidas a dedo por Gracinha Viterbo, a dona do pedaço. Há móveis, almofadas, candeeiros, quadros, tapetes, acessórios de moda e até flores frescas.

Publicidade
11
Fortaleza do Guincho - Esplanda
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

É premiado pelo guia Michelin há anos

icon-location-pin Cascais

A morada é sempre a mesma: o restaurante Fortaleza do Guincho, primeiro nas mãos do austríaco, agora nas de Miguel Rocha Vieira, um cascaense apaixonado pelo mar. É de lá que vem boa parte da matéria-prima usada nos pratos, sempre com grande preocupação sazonal. Por isso, se não apanhar um pargo com cevadinha e funcho ou o carabineiro do Algarve com cenouras e citrinos, a culpa não é nossa.

12
Arte Urbana Cascais - Add Fuel
©DR

É um centro de arte urbana

Cascais acolhe desde 2014 o festival muraliza, responsável por encher várias paredes da vila com cores e desenhos de street artists portugueses como Gonçalo Mar, Kruella d'Enfer ou Mário Belém. Boa parte dos trabalhos fica no bairro da Torre, que em 2018 acolheu pela primeira vez o Festival Infinito, aumentando de 13 para 21 as paredes pintadas. Descubra ainda a peça de Vhils e Pedro Pires "Terra Mar", um trabalho que representa um pescador de Cascais; e a peça de Bordalo II, "One Strange Rock", encomendado pela National Geographic, ambas no Museu do Mar Rei D. Carlos.

Publicidade
13
Déjà Lu
Fotografia: Joana Freitas
Compras, Livrarias

Livros já lidos? É para já

icon-location-pin Cascais

Chama-se Déjà Lu, fica no primeiro andar do restaurante Taberna da Praça e é uma livraria especial, com livros já lidos vendidos por uma causa solidária: 100% das receitas revertem a favor de associações ligadas à trissomia 21. Em vez das clássicas divisões por secções, estão organizados de forma original como livros que metem meeeedo ou literatura marota.

14
Tataki de atum – Confraria
©DR
Restaurantes, Japonês

A Confraria continua a ser uma das nossas paixões

icon-location-pin Cascais

Um dos mais antigos japoneses de Cascais sopra este ano 10 velas. São 10 anos a encantar quem o visita através de uma cozinha com toques de fusão, mas onde também há espaço para pratos tradicionais e para comer umas das melhores saladas da vila (herança de um antigo café francês que ali existiu). Serve sushi dos bons às refeições e saladas a qualquer hora do dia. Em dias de sol, é de aproveitar a esplanada.

Publicidade
15
Casa das Histórias - Paula Rego
Coisas para fazer

Paragens obrigatórias no Bairro dos Museus em Cascais

Cascais criou um verdadeiro microclima cultural com a implementação daquilo a que chamou Bairro dos Museus. O conceito é simples e só requer que dê umas voltinhas pelo perímetro que concentra um conjunto de equipamentos dedicados à cultura na vila. Concebido pela Câmara Municipal de Cascais e pela Fundação D. Luís I, o Bairro dos Museus em Cascais distingue-se pela forte componente de inovação e coerência cultural. Para entrar nos edifícios pode optar (vá por nós, que compensa) por comprar o bilhete único. Custa 8€ e dá acesso a todos os equipamentos do Bairro dos Museus. Preparado para a maratona? O Centro Cultural de Cascais, a Casa Sommer, o Museu Conde Castro Guimarães, a Casa das Histórias de Paula Rego e a Casa de Santa Maria são alguns dos pontos de paragem obrigatória neste roteiro cultural. Prometida (não se sabe para quando) está a abertura do Museu de Arte Urbana, a próxima grande atracção da zona.

16
La Contessa
Fotografia: Ana Luzia

Há uma rua que se transforma num Hub gastronómico

O fenómeno não tem data marcada, mas acontece, regra geral, nos meses de verão, nas noites de sexta e sábado e véspera de feriados. Trata-se de um conjunto de restaurantes que saem, literalmente, à rua e atendem os clientes nas mesas montadas no meio da estrada, propositadamente fechada para o evento. Pode contar com as fusões peruano-japonesa do Waka, com os tártaros, carpaccios e piadinas do La Contessa, com os petiscos do Dom Diniz e da Dona Francisca, com as bebidas do Rua e com os hambúrgueres da Hamburgaria do Bairro, além dos mexilhões do Moules & Gin, na rua perpendicular. Rua Nova da Alfarrobeira.

Saiba mais em www.facebook.com/RuaCascais.

Publicidade
17
Drogaria Costa
Fotografia: Joana Freitas
Compras

Pode conhecer uma das drogarias mais antigas do país...

icon-location-pin Cascais

Resta acrescentar: ainda em funcionamento. A Drogaria Costa 
fica mesmo no centro e é dos poucos exemplares do género que resiste. Tem 127 anos e é um negócio de família, com esfregonas e detergentes, vassouras e regadores, tomadas eléctricas e trinchas. Tem de tudo: até a receita caseira de um óleo, vendido a granel, para limpar móveis.

18
Cajoar
Fotografia: Ana Luzia
Compras, Mercearias

...E outra que vende as melhores loiças

icon-location-pin Cascais

A Cajoar é para muitos locais a melhor drogaria da Linha (e do mundo), capaz de resistir à era das grandes suprefícies e ter tudo o que uma família precisa. E isto vale não só para as borrachas protectoras das janelas do carro ou as lâmpadas para todos os casquilhos, mas também para as colecções de duas das melhores marcas de cerâmicas de Portugal: a Bordallo Pinheiro e a Vista Alegre.

Publicidade
19
Mexilhoeiro
Fotografia: Arlindo Camacho

Tem um solário natural onde nunca está vento

Chama-se Mexilhoeiro, fica na Avenida Rei Humberto II de Itália e é o segredo mais mal guardado dos cascaenses. O acesso não é para meninos, aliás, o aviso de arribas instáveis está lá para advertir o perigo (proibição?) da descida, mas há sempre alguém que se arrisca pelas escadas de pedra e se estende nas rochas, ao sol, naquele que é dos únicos sítios onde não faz vento, nem nos dias em que a vila está virada do avesso. Estacione junto à carrinha amarela dos cachorros quentes, desça as escadas e instale-se numa rocha lisa. Daí é só atirar-se para o mar. Com cautela, claro está.

20
Hífen - Ovo Escocês
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Dá para jantar e sair à noite sem mexer no carro

icon-location-pin Cascais

Ao contrário do sinal de pontuação, dificilmente este Hífen, restaurante à beira da praia em Cascais, será confundido e apelidado de traço ou tracinho. Neste duplex, onde em tempos funcionou o Foral da Vila, há um bar no rés-do-chão que se quer bem ligado à cozinha. Há mesas comunitárias (duas com mais de dez lugares), pratos para dividir e uma bela carta de cocktails, incluindo uma caipirinha de aipo. Destacam-se ainda os pregos dentro de um bolo do caco feito com cerveja (uma colaboração com a Central de Cervejas), as lapas à madeirense (8,90€) e, nas sobremesas, uma mousse que é um statement: “odiamos mousse de chocolate líquida” (4,50€) é o nome a procurar no menu. Ao fim-de-semana, há música até às duas.

Publicidade
21
OHficina
©DR
Miúdos, Eventos activos

Há uma oficina encantada para entreter os miúdos

icon-location-pin Cascais

O apelido da OHficina é Laboratório de Materiais Improváveis e é com eles que se trabalha nesta antiga estufa do Parque Marechal Carmona, transformada numa sala de brincadeiras para miúdos de todas as idades. Mas brincadeiras a sério, já que o projecto assenta na educação, sustentabilidade ambiental e arte. Na OHficina, aposta-se no processo e não só no produto e acredita-se que as matérias convidam a olhar para a beleza onde não estamos habituados a vê-la. Há coisas que são desperdício para uns e matéria-prima para nós. A ideia é dar uma nova vida aos materiais que as pessoas acham que é lixo, explica Maria Peres, uma das fundadoras. 

22
Pateo do Petisco
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Petiscos

Desculpe, caro leitor, mas não há sítio igual ao Páteo do Petisco

icon-location-pin Cascais

Se o que procura é um restaurante para celebrar a moda de petiscar, voilá. Um corrupio de empregados anda entre as salas interiores e a esplanada, carregados de travessas com cascas de batatas, pimentos Padrón, ovos com espargos, croquetes de alheira, pregos ou bifes. Sabores mais portugueses não há. Preços mais em conta, não encontra.

Publicidade
23
Moa Sushi & Bar
©DR
Restaurantes, Japonês

E ali mesmo ao lado, o Moa Sushi

icon-location-pin Cascais

Este japonês de Cascais é tudo menos aquele restaurantezinho de sushi tradicional preto e encarnado a que estamos habituados. É uma lufada de ar fresco, com uma esplanada simpática, bossa nova a sair das colunas e uma ementa feita pelo sushiman/surfista Nuande Pekel, do Sushi Design Hotel. Trabalhei com o Nuande Pekel no hotel e quando surgiu a ideia de criar um restaurante, quis que fosse ele, conta Madalena Sousa Coutinho, a dona. Além dos pratos do Japão, há outras aventuras com peixe cru, como tacos ou pokes.

24
parque das geraçoes
Coisas para fazer

Há um skate park para todas as idades

icon-location-pin Cascais

Chama-se Parque das Gerações e o nome não é à toa, já que está sempre cheio de pessoas de todas as idades. Foi inaugurado em 2013 depois de vencer o concurso do Orçamento Participativo, que põe os munícipes a opinar e lançar ideias de novos projectos. São cerca de dez mil metros quadrados de rampas e desníveis, divididos em várias zonas, perfeitos para andar de skate, bicicleta ou outros desportos radicais. E não interessa se não tem experiência, porque neste skate parque tanto andam os grandes atletas sobre rodas como os mais novinhos, que ainda mal se equilibram em cima da tábua. Cereja no topo do bolo, tudo tem vista para o mar.

Publicidade
25
Lambrettazzurra - Baronissi
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Pizza

A melhor pizzaria tem uma história insólita

icon-location-pin Cascais

Humberto, um brasileiro que ficou famoso em Cascais graças a uma marca de biquínis nos anos 90, em boa hora decidiu estudar a cozinha de Itália, tornar-se pizzaiolo e trazer para a vila
 a vera pizza napolitana, com bordas grossas e centro húmido, feita com as tradicionais farinhas dos antigos moinhos da cidade de Nápoles, que enriquecem o paladar da famosa pizza. Para se sentar à mesa da Lambrettazzurra, convém marcar com antecedência. E antes de atacar as pizzas, não se esqueça dos deliciosos, queijos, salames e presuntos de Itália, da burrata da Campânia ou dos famosos tomates San Marzano, cultivados à volta do Vesúvio.

 

Há mais na Linha

Sushi Design
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os melhores restaurantes em Cascais

A meia hora de Lisboa, Cascais não é só um paraíso de praias. Os melhores restaurantes têm os olhos colados ao mar e o estômago preso ao peixe. Mas há mais: alta cozinha chinesa, caça e estrelas Michelin.

Piscina do Hotel Intercontinental Estoril
Fotografia: Manuel Manso
Hotéis

Os melhores hotéis em Cascais

Fica a apenas meia hora de Lisboa, mas pode ser um destino interessante para uma escapadinha de fim-de-semana. Troque o trânsito na marginal por um destes hotéis em Cascais e passe umas noites especiais embalado pelas ondas.  

Publicidade
praia da conceição
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

As melhores praias da linha de Cascais

Próxima paragem: praias da Linha. A menos de uma hora de Lisboa – e à distância de um comboio – não faltam escolhas para estender a toalha na areia e dar um mergulho. Agora que já abriu a época balnear, explore as melhores praias da linha de Cascais.  Se estiver com tempo para passear ainda mais para fora da cidade, visite então as praias da Arrábida – são 13, e todas com ar de postal – ou passe por um dos paraísos aqui por perto. E quando a fome começar a apertar não se fique pela bola da praia: escolha entre estes 17 restaurantes em Cascais. 

More to explore

Publicidade