0 Gostar
Guardar

O pior filme de sempre passa hoje no Nimas e é imperdível

'The Room', filme que tem como principal qualidade a sua falta de qualidades, é exibido hoje às 21.30

©DR

A revista Entertainment Weekly chamou-lhe "o Citizen Kane dos filmes maus" e a Variety disse que era o tipo de filme que "incentiva os espectadores a pedir o dinheiro de volta passados 30 minutos".

Filipe Melo, realizador, músico e autor de banda desenhada explica-nos o fenómeno à volta do filme que escolheu para a primeira de várias Sessões de Culto no cinema Nimas.

Como é que explica The Room às pessoas que nunca ouviram falar do filme?

É considerado o pior filme do mundo. Acho mesmo que destronou o famoso Plan 9 from Outer Space. Tem uma série de rituais associados, como atirar colheres ao ecrã ou insultar o protagonista, o que transforma cada sessão num acontecimento. E não é preciso saber as regras para ir ver o filme: vamos entregar um guia de visionamento à entrada.

Há algum argumento eficaz para convencer alguém a ir ver um filme que é unanimemente considerado péssimo?

Acho que não é preciso convencer ninguém a ir ver isto! Quem gosta de cinema percebe a importância e o papel deste filme. No entanto, recomendo o visionamento a qualquer estudante de cinema, para saber exactamente o que não fazer.

Por que razão acha que este filme ganhou o estatuto de filme de culto?

É um filme muito honesto de uma forma muito insólita. Sharknado e Birdemic são filmes assumidamente maus. Não gosto desses. Acho que o The Room é um filme que tenta ser bom e que falha redondamente. Quando pensamos que não consegue piorar, o filme arranja sempre maneira de nos surpreender. Além disso é uma experiência muito interactiva e divertida, que foi conquistando uma legião de fãs. 

 

EXCERTO DO GUIA DE VISIONAMENTO

"É permitido, durante todo o visionamento, intervir com qualquer comentário, piada ou insulto às personagens, sem qualquer preocupação com o ruído ou volume."

"Sempre que aparecer uma imagem de uma colher durante o filme, deverá ser assinalada com o grito "colher!" e seguida do lançamento de uma colher ao ecrã."

"Quando o Johnny imita uma galinha – "CHIP CHIP CHIP" - toda a gente deve imitar uma galinha da mesma maneira – "CHIP CHIP CHIP"

"Quem não tiver isqueiro ou preferir uma alternativa, nas cenas de sexo deve bater palmas lentas, ao ritmo da música."

"Quando na festa cantam o Parabéns a Você ao Johnny, toda a gente na sala deve cantar também."

Comentários

0 comments