Boccherini et al.

Música, Clássica e ópera
Pablo Barragán
©DR Pablo Barragán

O programa é balizado cronologicamente pela Sonata para viola e piano, de Luigi Boccherini (1743-1805), e pela Rapsódia para clarinete solo, de Giacomo Miluccio (1928-99), mas o seu cerne está no Romantismo, com a transcrição para clarinete do Capricho para violino solo n.º 24 de Paganini, a versão das miniaturas I Crisantemi (1890), para quarteto de cordas, uma das raríssimas peças de câmara de Puccini, e, sobretudo no arrebatador Sexteto de cordas Souvenir de Florence (1890), de Tchaikovsky.

O programa tem Itália como fio condutor: Boccherini, embora tenha feita carreira em Paris e, sobretudo, em Espanha, era natural de Lucca, tal como Puccini. Italianos era também o celebérrimo virtuoso do violino Niccolò Paganini (natural de Génova) e o obscuríssimo Giacomo Miluccio. Tchaikovsky, sendo russo, começou a esboçar o seu sexteto de cordas durante uma estadia em Florença.

Por Maria-Elisabeth Lott e Natalia Pripishenko (violinos), Diemut Poppen e Lyudmila Krasnyuk (violas), Pavel Gomziakov e Hayk Katchatyran (violoncelos), Pablo Barragán (na foto) (clarinete) e Paolo Giacometti (piano). Festival Cantabile.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening