A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Elevador da Glória
©Inês Félix

Elevador da Glória está encerrado até 17 de Dezembro

O ascensor na Calçada da Glória, que liga os Restauradores a São Pedro de Alcântara, está suspenso para trabalhos de manutenção.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

Nesta segunda-feira de manhã, acumulavam-se turistas a olhar para as duas folhas, em português e inglês, que anunciam o encerramento temporário do elevador da Glória, que liga a Praça dos Restauradores ao miradouro de São Pedro de Alcântara.

"Estávamos a passar por aqui e percebemos que podíamos subir, mas está fechado", lamenta Sila Orhan, que chegou da Áustria no domingo. "É muito inclinado e ontem andámos 15 quilómetros", diz à Time Out, enquanto se prepara para enfrentar a subida. "Temos de o fazer. É Lisboa", ri-se. 

O ascensor da Glória está parado "para trabalhos de manutenção" desde 5 de Novembro e assim continuará até 17 de Dezembro, lê-se na nota exposta na paragem na base da Calçada da Glória. No site da Carris, a empresa de transporte público de Lisboa especifica que se trata de uma "reparação geral programada".

O funicular, popularmente conhecido como elevador da Glória, foi inaugurado a 24 de Outubro de 1885 e só em 1915 foi electrificado. Actualmente, há dois ascensores que fazem a rota Restauradores – São Pedro de Alcântara. Durante seis semanas, se não quiserem optar por rotas alternativas, turistas e população local terão de fazer a pé o trajecto de 276 metros com uma inclinação de 18%. 

+ Heroína da cidade: Marta Silva, a directora artística

+ Bordalo II espalha obras de arte pelos direitos das mulheres por Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade