Beaumarchais

Teatro
Beaumarchais
© Filipe Ferreira

Como explicar isto? Pois, Beaumarchais é uma parceria da companhia Mala Voadora com o compositor e maestro Pedro Amaral e com a Orquestra Gulbenkian. É, tecnicamente, uma ópera, a partir de três textos de Pierre Beaumarchais (O Barbeiro de Sevilha, As Bodas de Fígaro e A Mãe Culpada), cujas novas versões “vão ser gravadas em estúdio, sendo esse estúdio montado no palco do D. Maria II.” Com encenação e texto original de Jorge Andrade é certo que além de microfones e mesas de mistura e instrumentos “haverá verdadeiros trabalhadores”, pessoal que “cumprindo a sua vocação política e social, reivindicará os seus direitos, lutará, fará revoluções, linchará os opressores.” Por isso os títulos alternativos podiam muito bem ser, como sugerido pela produção, Tumultos Revolucionários na Deutsche Grammophon, ou Luta de Classes na Decca.

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening