Castro

Teatro
teatro
Fotografia: TNSJ

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

Escrita na segunda metade do séc. XVI pelo poeta António Ferreira (1528-1569), Castro inaugura definitivamente a tragédia clássica em Portugal. Mas Castro não é memorável apenas por ser a primeira: é também a mais terrífica das tragédias, agora encenada por Nuno Cardoso, actual director artístico do Teatro Nacional São João, que arrisca nesta criação inexcedivelmente iconoclasta um comentário ácido aos nossos dias trágicos, também eles muito complicados.

Detalhes

Também poderá gostar
    Últimas notícias