0 Gostar
Guardar

12 coisas que enervam qualquer portuense

Buzinadelas, gestos menos dignos e até asneiras. Vale tudo para reagir às coisas que enervam qualquer portuense

© Cláudia Paiva

Que os portuenses são pessoas expansivas já toda a gente sabe. O que muita gente não sabe são as coisas que nos deixam fora de nós. Até porque se soubessem, não o faziam ou diziam. Estas são (algumas das) coisas que enervam qualquer portuense...

 

1. "Preferias morar em Lisboa?"

Não. A resposta para esta pergunta é não. Pelo menos para a maioria dos portuenses, orgulhosos e convictos de morarem na melhor cidade do mundo. Além disso, temos menos trânsito (por enquanto) do que Lisboa, a praia está mais próxima do centro e a nossa comida é bem melhor. Se nos deixarem ficamos por cá, obrigada.

 

2. Condutores amadores

Somos de buzinadela fácil. Basta uma pessoa pôr o pé na estrada fora da passadeira e logo se ouve protesto vindo do carro. E se um veículo se atravessar à nossa frente sem piscas, o que acontece cada vez mais? Isso dá direito a buzinadela, palavrões e todo um repertório de gestos menos dignos.

 

3. "Olha as asneiras!"

Dizerem-nos para termos cuidados com as asneiras costuma bastar para se fazerem ouvir mais. Ao contrário do que se pensa, os nativos do Porto não dizem muitas asneiras conscientemente. Em rigor, muitas delas fazem parte do nosso vocabulário e já nem são consideradas asneiras. E além disso, de certeza que existem estudos que dizem que uma asneira bem dita na altura certa evita muitas dores de alma. 

 

4. A francesinha é o prato típico do Porto

Não, não e não. A francesinha é, provavelmente, o prato mais conhecido do Porto, mas isso não significa que seja o mais típico. Esse título pertence às tripas à moda do Porto, claro. E este sim, é um prato para campeões. E se discordar, pode-se sempre regressar ao tópico das asneiras.

 

5. Lentidão turística

É habitual ver-se tripeiros a revirar os olhos atrás de um grupo de turistas que decidiu caminhar lado-a-lado no passeio. Os nossos amigos de fora esquecem-se que quem cá anda a bulir nem sempre presta atenção à bela fachada da Capela das Almas. Formem uma fila, senhoras e senhores turistas. Por favor. Merci. Danke schön.

 

6. Gruas muito pouco fotogénicas

"Imagina esta vista sem gruas e vês logo que é linda." Deve ser a frase mais repetida por quem gosta de levar visitas ou potenciais namoradas/os aos vários miradouros da cidade. São tantas as gruas espalhadas pela paisagem que o Turismo do Porto podia começar a distribuir uma folha com o jogo "Descubra a Obra", onde a ideia era adivinhar o negócio que ali vai nascer.

 

7. Semáforos de cinco em cinco metros

É um problema crónico da cidade. Além de existirem semáforos de cinco em cinco metros, estes ainda sofrem de um mal que leva qualquer portuense aos arames: o verde parece durar um décimo do tempo do vermelho. Bracejar, dizer asneiras e meditar são algumas das soluções que se arranjam para lidar com a frustração de só haver tempo para passar um carro enquanto a luz verde está acesa.

 

8. Ar condicionado do Metro

Vamos lá ver se nos entendemos: o ar condicionado dos metros desta cidade não tem um meio termo? Ora está um calor que não se aguenta ora precisamos todos de uma manta para aquecer as pernas. Seja qual for a temperatura escolhida pelos senhores do Metro, infernal ou glaciar, está sempre no máximo.

 

9. Galerias de Paris depois de uma noitada

Não é bonito, nem tem piada, o cenário pós-apocalíptico que se encontra recorrentemente na zona das Galerias de Paris depois de uma noite de copos e diversão. Além de não ser agradável ficar com o calçado colado ao chão, muito menos bonito é verem-se sacos e caixotes de lixo rasgados e espalhados pelo meio da rua.

 

10. Sotaque intocável

Não falem do nosso sotaque a não ser para defender que devia ser património na UNESCO. O que muita gente que tenta imitar o nosso sotaque de forma caricatural não consegue perceber é que ele é-nos natural. Não há nada de falso nem forçado na nossa forma de falar. Por isso mesmo, quando gozam com a nossa pronúncia é como se estivessem a atacar-nos pessoalmente. E o que é que acontece quando um portuense se sente ofendido? Não é bonito (vide, de novo, o tópico dos palavrões).

 

11. Fecha histórica, abre gourmet

Esta é uma tendência que tem inundado a cidade e que tem desagradado muita gente que cá vive. É verdade que estão a fechar muitas lojas e espaços antigos e cheios de história e é verdade que alguma dessa culpa pode ser atribuída à crescente vaga de turismo que procura outras coisas. Mas, caros conterrâneos, a culpa também é nossa, que corremos para um centro comercial por ser mais fácil estacionar e nos esquecemos que existem muitas lojas que bem apreciariam a nossa presença mais assídua.

 

12. Oporto

Vamos lá acabar com o flagelo do O antes de Porto. Porto não é uma palavra difícil de dizer e, na verdade, se não protegermos o nosso nome, então vamos defender o quê? Por isso mesmo, é mais do que normal ouvir-se um portuense corrigir um estrangeiro quando a palavra inundada de ós é utilizada.

O melhor do Porto

As melhores vistas no Porto

A equipa da Time Out aproveitou o céu limpo dos dias de Verão para registar as melhores vistas no Porto, vistas essas de cortar a respiração. Das clássicas e fotogénicas, às secretas e improváveis, venha conhecê-las connosco. 

Ler mais
Por Editores da Time Out Porto

Os melhores hotéis no Porto

O Porto é, pela terceira vez, o melhor destino europeu. Um viva a nós. E se a cidade Invicta já merecia uma visita antes, agora a vontade de fazer as malas e de vir conhecer o que temos por cá é ainda maior. Saber quais são os melhores hotéis do Porto é, por isso, obrigatório.

Ler mais
Por Inês Bastos
Publicidade

Os melhores museus no Porto

Nem todas as cidades podem orgulhar-se da quantidade e da qualidade dos seus museus. Aqui existem em abundância para todos os gostos e épocas, da escultura à imprensa, do futebol à pintura... Por isso, visitar os melhores museus no Porto devia ser instituído como uma disciplina obrigatória nas escolas do país ou como programa não-facultativo aos fins-de-semana.

Ler mais
Por Editores da Time Out Porto

Os melhores parques e jardins no Porto

O Porto está particularmente bem servido neste departamento. Sim, não nos poupamos de elogios à cidade. Do Parque de Serralves ao Jardim das Virtudes, é difícil cansarmo-nos dos espaços verdes espalhados um pouco por todo o lado. Cada um tem a sua história, a sua identidade, e o seu melhor ângulo para a fotografia nas redes sociais. Por isso, é fácil perceber porque é que estes são os melhores parques e jardins no Porto...

Ler mais
Por Editores da Time Out Porto
Publicidade

Comentários

1 comments
Hugo F

Então e o: Não temos SuperBock, pode ser Sagres?