Oito ideias para aproveitar o feriado de 1 de Maio no Porto

Não sabe o que fazer com tantas horas livres? Aqui tem oito ideias para aproveitar o feriado de 1 de Maio no Porto

© Marco DuarteVá ver como ficou A Brasileira depois de recuperada

O Dia do Trabalhador foi celebrado, pela primeira vez no Porto, em 1890. Desde então, muitos assalariados optaram por procrastinar a existência, durante este dia, sentados no sofá. Não seja um deles, não foi para isso que se fizeram revoluções. Saia de casa (vai estar sol) e leve esta lista consigo. Aqui tem oito ideias para aproveitar o feriado de 1 de Maio no Porto, da melhor forma.

Oito ideias para aproveitar o feriado de 1 de Maio no Porto

Coma um brunch e dê um passeio de bicicleta

A Hungry Biker junta o útil ao agradável. Primeiro aluga-lhe uma bicicleta, para que possa dar um passeio pela cidade. Depois, quando já estiver cansado de dar ao pedal e com uma fome de leão, dá-lhe de comer. O Hungry Biker prepara-lhe o Brunch Royal (11,95€), que inclui bebida, ovos mexidos, abacate, bacon crocante, salada com trigo sarraceno, bolo lêvedo dos Açores e iogurte natural com frutas frescas. Apresse-se porque fecham às 14.00.   

Ler mais
Baixa

Beba um café na nova A Brasileira

Em Maio de 1903, A Brasileira abria pela primeira vez as portas à cidade. Reabriu-as em Março deste ano (estavam fechadas desde 2013) com um conceito que junta à cafetaria, um restaurante de autor e um hotel de cinco estrelas do grupo Pestana. O café é uma especialidade, e no restaurante é a comida portuguesa que brilha. Há ervilhas com chouriço e ovo a baixa temperatura, bacalhau à lagareiro com batata a murro, e tripas à moda do Porto, uma homenagem à cidade.

Ler mais
Santa Catarina
Publicidade

Ande de teleférico e tire fotografias a si e à paisagem

Meta os pés ao caminho e atravesse o tabuleiro superior da Ponte Luís I. Do outro lado fica o Jardim do Morro, já em Vila Nova de Gaia, mesmo na base da Serra do Pilar. Construído em 1927, foi completamente reabilitado em Julho do ano passado. Tem passeios largos, bancos em pedra e uma bonita vista sobre o rio que vale a pena admirar. Aqui também pode apanhar o teleférico, que sai do Jardim do Morro e vai até ao Cais de Gaia. O bilhete de ida e volta custa 9€. Mas se preferir ficar onde está, relaxe na Esplanada do Teleférico. O café fica-lhe por 1,50€ e um fino por 2,50€.

Ler mais
Vila Nova de Gaia
Publicidade

Experimente uma cerveja nova na Fábrica da Picaria

Cerveja acabadinha de fazer é o que pode experimentar na Fábrica da Picaria, na rua que lhe dá nome. A viagem directamente da cuba para o copo faz com que quase não se percam propriedades... Está curioso? Então peça a cerveja da casa, a Lager da Fábrica, enquanto petisca uns tremoços e uns amendoins na esplanada das traseiras. Se a fome for negra, não precisa de procurar abrigo noutro sítio. Aqui pode ainda provar o prego do lombo, o hambúrguer em pão, a linguiça e outros petiscos.

Ler mais
Baixa

Mais coisas para fazer no Porto

101 coisas para fazer na Primavera

Chegou, finalmente, a estação mais amena do ano e com ela dias mais longos e cheios de sol (já era tempo). Aqui tem uma lista com 101 coisas para fazer na Primavera, repleta de sugestões. Actividades ao ar livre, refeições em restaurantes com esplanada, sítios para correr, workshops, floristas e gelatarias são algumas das ideias que lhe damos. Aproveite.

Ler mais
Por Margarida Ribeiro

As melhores coisas para fazer sozinho no Porto

Às vezes não há como uma tarde, ou mesmo um dia inteiro, sem ninguém por perto. É para esses dias que esta lista das melhores coisas para fazer sozinho no Porto dá jeito. E acredite: com tanta coisa para ocupar o tempo e a mente não vai sentir falta de companhia nenhuma.

Ler mais
Por Editores da Time Out Porto
Publicidade

15 coisas para fazer no Porto até 5€

A vida está cara, bem sabemos, mas com um pouco de astúcia e curiosidade é fácil contornar os obstáculos monetários e descobrir coisas baratas para fazer no Porto. Aqui tem uma lista com 15 coisas para fazer no Porto até 5€. Algumas nem custam tanto e outras até são de graça. E temos de tudo um pouco, desde sugestões de passeios, museus, sítios para comer, mercados e livrarias. Não diga que vai daqui mal servido.

Ler mais
Por Mariana Morais Pinheiro

Comentários

0 comments