Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Sítios para adoptar cães no Porto e arredores

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Cão
© Jamie Street

Sítios para adoptar cães no Porto e arredores

Dê uma nova casa e faça um novo amigo para a vida num destes sítios para adoptar cães no Porto e arredores.

Por Margarida Ribeiro
Publicidade

Está a começar a ceder aos pedidos do pessoal lá de casa por um animal de estimação? Ou simplesmente está a precisar de um amigo de quatro patas para animar os seus dias? Então procure o próximo membro da sua família, num destes sítios para adoptar cães no Porto e arredores. São organizações que trabalham, arduamente, para dar uma vida melhor a animais abandonados. Caso precise de ponderar bem a decisão (é que ter um animal é uma grande responsabilidade), vá dar uma corrida pela cidade ou andar de bicicleta para apanhar ar. 

Recomendado: Como ajudar associações de animais em tempo de pandemia

Sítios para adoptar cães no Porto e arredores:

Cães
Cães
© Camilo Fierro

Centro de Recolha Oficial de Animais

Existem várias associações no Porto que ajudam animais, mas a própria Câmara Municipal do Porto tem um equipamento dedicado aos bichinhos de quatro patas. O CROA - Centro de Recolha Oficial de Animais, em Campanhã, está a funcionar desde Abril de 2020, e serve para o acolhimento e a promoção da adopção de animais de companhia. O centro já existia antes, mas no ano passado mudou de localização, aumentando a sua capacidade para receber patudos e assim conseguir separar o serviço de recolha e o de adopção. Todas as condições para adoptar um cão ou um gato estão disponíveis online

Centro de Recolha de Animais de Matosinhos
Centro de Recolha de Animais de Matosinhos
© DR

Centro de Recolha de Animais de Matosinhos

Também a Câmara Municipal de Matosinhos tem um projecto que se foca no bem-estar animal e resgata animais em situações de perigo. O CROAM - Centro de Recolha de Animais de Matosinhos tem uma página de Facebook muito activa onde pode ficar a conhecer melhor o trabalho que fazem. É também lá que são partilhadas, diariamente, fotografias dos animais que precisam de novas casas e ainda retratos de famílias felizes que acolheram um cão ou um gato. 

Publicidade
cao fofinho
cao fofinho
©Erda Estremera

Centro de Reabilitação Animal

É em parceria com organizações não-governamentais e com outras entidades que o Centro de Reabilitação Animal trabalha para ajudar animais abandonados a encontrarem uma nova família. Está a cargo da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e tem como princípio uma política de não abate. Para visitar o centro, é necessário fazer marcação prévia por telefone (22 374 24 09) ou email. Se quiser saber mais, visite o site do município. Se quiser ter um dia mais feliz e ficar inspirado, explore o separador de histórias felizes, onde são partilhadas experiências de famílias que adoptaram animais. 

Patinhas sem Lar
Patinhas sem Lar
© DR

Patinhas sem Lar

Esta organização sem fins lucrativos nasceu em Setembro de 2013, em Espinho, e conta apenas com a ajuda dos sócios, dos padrinhos e de donativos feitos por pessoas sensíveis à causa. A Patinhas sem Lar tem um abrigo canino com capacidade para albergar 110 cães e um gatil para 80 gatos. A equipa tem cerca de 35 voluntários e os animais que resgatam estão disponíveis para adopção. O processo é rigoroso – todos os adoptantes têm que assinar um termo de responsabilidade e os animais são acompanhados mesmo depois de serem adoptados. 

Publicidade
Parque canino
Parque canino
© Angel Luciano / Unsplash

Miacis

É uma associação completamente voluntária, sem instalações de acolhimento, cuja missão principal é controlar a reprodução de animais em risco. Além disso, entre as prioridades da Miacis também está o socorro e tratamento de cães e gatos e a integração de animais silvestres (através da esterilização e de medidas de gestão diária das colónias e matilhas) e animais dóceis, que vão para adopção. Esta organização trabalha, principalmente, na Área Metropolitana do Porto, mas também chega a Esposende e à Póvoa de Varzim. 

Animais Como Nós
Animais Como Nós
© DR

Animais Como Nós

É em Vila do Conde que fica a sede da Animais Como Nós, uma associação criada em 2010, mas apenas formalizada em 2014. Todo o trabalho que desenvolvem é feito à base de uma equipa de voluntários, já que todos os recursos financeiros são utilizados para despesas com cuidados veterinários, alojamento e alimentação dos animais resgatados. Aceitam apadrinhamentos, voluntários, famílias de acolhimento temporário e, claro, donativos. Além disso, todos os animais a cargo da ACN estão disponíveis para adopção responsável.

Publicidade
4 por 1
4 por 1
© DR

Associação 4 por 1

Esta associação, fundada há cerca de sete anos, em Vila do Conde, trabalha exclusivamente com cães. Ao longo da sua existência, já conseguiram encontrar lares para centenas de animais. Todos os cães que estão a cargo da 4 por 1 são entregues com microchip, vacinação em dia, desparasitação interna e externa e esterilização. Estes procedimentos não têm qualquer custo para quem adopta, mas é exigido ao candidato que quer levar o cão para sua casa que tenha todas as condições necessárias para o seu bem-estar. Além disso, qualquer pessoa pode tornar-se sócia da 4 por 1 e ajudar a causa por 5€ por mês. 

Mais formas de ajudar animais:

animais
Fotografia: Eric Ward/ Unsplash

Como ajudar animais em tempo de pandemia

Coisas para fazer

Durante a actual situação de pandemia, quem tem animais em casa esforça-se por lhes dar o melhor. Mas as associações zoófilas, dedicadas a acolher e a cuidar de animais de rua, estão a sofrer os efeitos do dever de recolhimento obrigatório, do isolamento e distanciamento social e da crise financeira que já se faz sentir. Felizmente há muitas formas de ajudar animais, em casa ou fora dela, como voluntário. É possível fazer donativos, doações ou compras solidárias, adoptar ou apadrinhar, passear os animais de pessoas em grupos de risco. Basta decidir como quer e pode contribuir.

Recomendado: Coronavírus. Como ajudar durante o estado de emergência

Jóia solidária para animais da mel Jewel
© Mel Jewel

Marca portuense lança jóia solidária para animais

Notícias Compras e estilo de vida

Em tempo de pandemia e confinamento, os animais de estimação são uma companhia especial para os seus humanos. Com eles partilham mimos e festas, abraços e beijos, pensamentos e passeios. É também neles que muitos encontram o alento e a energia para continuar com esperança no futuro. 

A pensar neles, a Mel Jewel desenhou uma nova peça solidária que pode ajudar muitos animais. Por cada venda, 10€ reverterão a favor da SOS Animaluma associação sem fins lucrativos de protecção animal, que conta com voluntários em todo o país.

 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade