Global icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os melhores sítios para correr no Porto

Os melhores sítios para correr no Porto

Calce as sapatilhas e ponha-se a mexer. Fique a conhecer os melhores sítios para correr no Porto

Correr no Parque
© DR Dê corda às sapatilhas
Por Inês Bastos e Bárbara Baltarejo |
Publicidade

Numa cidade tão bonita como esta é impossível ficar em casa sem fazer nada, principalmente quando o sol brilha. Se nenhuma das nossas sugestões de coisas para fazer sozinho na Invicta lhe agradarem, calce as sapatilhas e conheça os melhores sítios para correr no Porto. Há opções para todos os graus de dificuldade, ora em estrada plana, ora em terreno desnivelado com direito a subidas para acelerar o ritmo cardíaco, e muitas delas com vistas que ajudam a esquecer o cansaço. No final, não se esqueça de alongar e de passar por um dos melhores restaurantes saudáveis no Porto para restabelecer energias. 

Recomendado: As melhores actividades para grupos no Porto

Os melhores sítios para correr no Porto

Avenida Brasil
© Cláudia Paiva

Avenida Brasil

A Avenida Brasil é óptima para quem quer mexer as pernas. Esta zona fozeira acompanha o mar, mas é provável que tenha de se afastar de miúdos em patins ou de atletas domingueiros. De qualquer forma, aproveite a vista e se tiver coragem molhe os pés na água. Vá preparado para a baixa temperatura. Nada que um sprint não aqueça.

Marginal de Matosinhos
© Marco Duarte

Marginal de Matosinhos

Fazer exercício à beira da praia tem o melhor de dois mundos: o fresquinho da brisa marítima e uma distância considerável para correr sem subidas nem descidas abruptas. Além disso, ainda pode dar um mergulho no mar quando der a corrida por terminada.

Publicidade
Avenida da Boavista
© DR

Avenida da Boavista

São cerca de cinco quilómetros para fazer exercício sempre que quiser. E pode decidir o grau de dificuldade, optando por fazer o percurso a subir ou a descer. A avenida é particularmente bonita de manhã e ao fim do dia, principalmente se for em direcção à Foz, com o pôr-do-sol como pano de fundo.

Parque da Cidade
© Marco Duarte
Atracções, Parques e jardins

Parque da Cidade

icon-location-pin Foz

Para os apaixonados da corrida, o Parque da Cidade é perfeito para treinar as subidas, que é como quem diz, os glúteos. E ao fim da tarde, torna-se num sítio bem concorrido com crianças a dar comida aos patos. Se não gosta de correr sozinho este é o sítio ideal, já que há sempre corredores a começar ou a acabar o treino diário.

Publicidade
Quinta do Covelo
© Cláudia Paiva
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Quinta do Covelo

icon-location-pin Constituição

A Quinta do Covelo tem diversos trilhos de corrida, num espaço com aproximadamente 90 hectares. Apesar de ser um dos destinos mais concorridos por quem gosta de dar uso às pernas, este circuito não é dos mais fáceis. Vá preparado física e mentalmente.

jardim palácio de cristal
© Ana Matos
Atracções, Parques e jardins

Jardins do Palácio de Cristal

icon-location-pin Massarelos

Além de ser um local emblemático da Invicta, é também um óptimo espaço para a prática de desporto. Os percursos são relativamente curtos e pode sempre apreciar a beleza dos jardins e da vista para o Douro. A melhor parte é que há muitas sombras para recuperar o fôlego.

Publicidade
marginal
© Cláudia Paiva

Marginal – Ribeira

Os 12,5 quilómetros entre a Ponte do Freixo e o Castelo do Queijo permitem aos desportistas uma corrida numa ciclovia com uma vista para o rio Douro de tirar o fôlego. Além disso, é plana, o que ajuda quem está a começar, e tem vários pontos de água pelo caminho para se hidratar convenientemente.

Marginal Gaia
© Cláudia Paiva

Marginal de Gaia

Para quem gosta de correr junto ao mar, a marginal de Gaia é um dos percursos ideais. É o paredão mais extenso do norte do país. Conta com um passadiço de madeira que liga Gaia a Espinho, num total de 15 quilómetros, e ainda tem algumas das melhores vistas da cidade – principalmente quando o sol de põe.

Publicidade
Parque Oriental da Cidade
© Claudia Paiva
Atracções, Parques e jardins

Parque Oriental da Cidade

icon-location-pin Campanhã

É o segundo maior parque da cidade do Porto e reúne todas as condições para uma corrida. Estende-se ao longo de nove hectares, tem espaços verdes, cruza-se com o Rio Tinto e é calmo quanto baste para dar uma corrida em paz antes ou depois de enfrentar um dia em cheio.

Parque da Pasteleira
© DR
Miúdos, Parques infantis

Parque da Pasteleira

icon-location-pin Foz

Um parque com sete hectares de espaço verde, uma ciclovia, um lago, animais ao ar livre e um parque infantil? Parece pedir muito? Parece. Existe? Existe. Fica na Rua de Diogo Botelho e foi remodelado em 2017. Teve um investimento de 33 mil euros e substituíram-se os equipamentos infantis, os pavimentos de segurança e foi ainda instalada uma vedação. Dê lá uma corrida para ver como ficou.

Mais actividades para ocupar o tempo no Porto

Skate
© DR
Coisas para fazer

Três sítios para andar de skate no Porto

Se acha que andar de skate pelas ruas da cidade é uma tarefa impossível, desengane-se. Hoje é Dia Mundial do Skate, vai daí, fomos para a rua à procura de três sítios para andar de skate no Porto. Não precisa de agradecer.

Exit Games
DR
Coisas para fazer

Seis escape rooms no Porto para conhecer

Quer sair com amigos mas não sabe o que fazer com eles? Nada tema, este é um problema mais comum do que imagina e que afecta relações com muitos e bons anos. Posto isto, os escape rooms vieram, de certa forma, ajudar a resolver esse tipo impasse relacional. Tudo o que tem de fazer é convencer o seu grupo a fechar-se numa sala consigo durante 60 minutos. Solucionar enigmas, responder a questões difíceis e estar atento aos pormenores são alguns dos requisitos para quem quiser sair vencedor destes jogos, que geralmente exigem rapidez de raciocínio e alguma criatividade. Aqui tem seis escape rooms no Porto para conhecer. Não tem de quê. Recomendado: As melhores actividades para grupos no Porto

Publicidade
Junte os amigos para uma noitada de quizz
© DR
Coisas para fazer

Três sítios com noites de quiz no Porto

Impulsionar a sua cultura geral é uma actividade que vale sempre a pena. E se a puder realizar em boa companhia, enquanto bebe uns copos, melhor ainda, não? Então, que tal na próxima saída de grupo aproveitar as noites de quiz que alguns espaços da Invicta organizam? Tudo o que terá de fazer é preparar-se para ficar estupefacto com as coisas que os seus amigos sabem e rir das que não sabem. Aqui tem três sítios com noites de quiz no Porto, onde se pode divertir à grande e aprender alguma coisa. Recomendado: Três sítios para jogar matraquilhos no Porto

Bilhar
© CMDR Shane / Unsplash
Coisas para fazer

Três sítios para jogar bilhar no Porto

Suspeita-se que as primeiras mesas de bilhar apareceram em França no ano de 1469, segundo o site da Federação Portuguesa de Bilhar, que nasceu em Lisboa, uns séculos mais tarde, em 1936. Isto só aconteceu por causa do bilharista Alfredo Ferraz, que disputava as competições internacionais inscrito pela Federação de Espanha, antes ainda de existirem provas oficiais em Portugal. Ferraz, um autodidacta, foi na verdade o primeiro desportista português a conquistar um título mundial nesta modalidade. Portanto, reúna os seus amigos num destes três sítios para jogar bilhar no Porto e, quem sabe, se um deles não se torna um campeão. Recomendado: Quatro sítios com noites de quiz no Porto

Publicidade
Singer
© João Saramago
Coisas para fazer

Três sítios para aprender a costurar no Porto

A arte da costura parece uma prática distante, do tempo das nossas avós, mas a verdade é que nunca esteve tão na moda fazer a roupa que trazemos no corpinho. Agarre no dedal e na agulha, e inscreva-se num destes três sítios para aprender a costurar no Porto. Deixe a sua avó orgulhosa.

More to explore

Publicidade