Os melhores sítios para correr no Porto

Calce as sapatilhas e ponha-se a mexer. Fique a conhecer os melhores sítios para correr no Porto

©DRA edição de 2016 contou com a participação de 860 pessoas

Numa cidade tão bonita como esta é impossível ficar em casa sem fazer nada. Se nenhuma das nossas sugestões de coisas para fazer sozinho na Invicta lhe agradarem, calce as sapatilhas e conheça os melhores sítios para correr no Porto. Há opções para todos os graus de dificuldade e ainda por cima a vista ajuda a esquecer o cansaço. No fim, não se esqueça de alongar.

Os melhores sítios para correr no Porto

Avenida Brasil

Avenida Brasil

A Avenida Brasil é óptima para quem quer mexer as pernas. Esta zona fozeira acompanha o mar, mas é provável que tenha de se afastar de miúdos em patins ou de atletas domingueiros. De qualquer forma, aproveite a vista e se tiver coragem molhe os pés na água. Vá preparado para a baixa temperatura. Nada que um sprint não aqueça.

Marginal de Matosinhos

Marginal de Matosinhos

Fazer exercício à beira da praia tem o melhor de dois mundos: o fresquinho da brisa marítima e uma distância considerável para correr sem subidas nem descidas abruptas. Além disso, ainda pode dar um mergulho no mar quando der a corrida por terminada.

Publicidade
Avenida da Boavista

Avenida da Boavista

São cerca de cinco quilómetros para fazer exercício sempre que quiser. E pode decidir o grau de dificuldade, optando por fazer o percurso a subir ou a descer. A avenida é particularmente bonita de manhã e ao fim do dia, principalmente se for em direcção à Foz, com o pôr-do-sol como pano de fundo.

Parque da Cidade

Para os apaixonados da corrida, o Parque da Cidade é perfeito para treinar as subidas, que é como quem diz, os glúteos. E ao fim da tarde, torna-se num sítio bem concorrido com crianças a dar comida aos patos. Se não gosta de correr sozinho este é o sítio ideal, já que há sempre corredores a começar ou a acabar o treino diário.

Ler mais
Foz
Publicidade

Quinta do Covelo

A Quinta do Covelo tem diversos trilhos de corrida, num espaço com aproximadamente 90 hectares. Apesar de ser um dos destinos mais concorridos por quem gosta de dar uso às pernas, este circuito não é dos mais fáceis. Vá preparado física e mentalmente.

Ler mais
Constituição

Jardins do Palácio de Cristal

Além de ser um local emblemático da Invicta, é também um óptimo espaço para a prática de desporto. Os percursos são relativamente curtos e pode sempre apreciar a beleza dos jardins e da vista para o Douro. A melhor parte é que há muitas sombras para recuperar o fôlego.

Ler mais
Massarelos
Publicidade
Marginal de Gaia

Marginal de Gaia

Para quem gosta de correr junto ao mar, a marginal de Gaia é um dos percursos ideais. É o paredão mais extenso do norte do país. Conta com um passadiço de madeira que liga Gaia a Espinho, num total de 15 quilómetros, e ainda tem algumas das melhores vistas da cidade – principalmente quando o sol de põe.

Marginal – Ribeira

Marginal – Ribeira

Os 12,5 quilómetros entre a Ponte do Freixo e o Castelo do Queijo permitem aos desportistas uma corrida numa ciclovia com uma vista para o rio Douro de tirar o fôlego. Além disso, é plana, o que ajuda quem está a começar, e tem vários pontos de água pelo caminho para se hidratar convenientemente.

Publicidade

Comentários

0 comments