Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Tudo o que está aberto e o que vai reabrir no Porto
Câmara Municipal do Porto
© João Saramago

Tudo o que está aberto e o que vai reabrir no Porto

O Porto já começou a regressar à (nova) normalidade. Descubra o que já reabriu na cidade durante esta fase de desconfinamento.

Por Editores da Time Out Porto
Publicidade

O Porto, que no início da pandemia em Portugal foi o município que primeiro identificou infectados, foi também a primeira cidade a tomar medidas restritivas, a encerrar serviços e a pedir que fosse decretado o estado de emergência. Agora, na transição para o estado de calamidade, o Porto está a adaptar-se ao "novo" normal. Praticamente todos os sectores de actividade municipal e comercial estão a funcionar, embora de forma faseada e com as devidas restrições. Álcool gel, máscaras, marcas no chão, lotação limitada e avisos nas portas são a regra. 

Recomendado: Os restaurantes que já reabriram no Porto

 

Mercado Porto Belo
Mercado Porto Belo
© DR

Feiras e Mercados

A partir de 1 de Junho, vão poder retomar actividade as feiras e mercados do ramo alimentar. A realização de todas as outras feiras, mercados e eventos similares continua interdita até 30 de Setembro, com excepção da Feira do Livro, que inaugura no final de Agosto. 

O Mercado Temporário do Bolhão não encerrou durante o estado de emergência, mas foram gradualmente abrindo mais bancas de produtos frescos. Os clientes cumprem a obrigatoriedade de utilização de máscara, assim como os comerciantes, com cuidados acrescidos no manuseamento dos produtos. O mercado funciona de segunda a sábado, entre as 8.00 e as 16.00, cumprindo com medidas de controlo e limitação de entradas, e reforço das medidas de prevenção e higienização.

vista jardim das virtudes
vista jardim das virtudes
© João Saramago

Parques e Jardins

No dia 11 de Maio reabriram os parques e jardins murados, nomeadamente o Jardim de São LázaroParque de São Roque, Parque do Covelo, Quinta de Bonjóia, Parque da Pasteleira e Jardim das VirtudesNo dia 18 de Maio reabriram os parques infantis municipais. 

O Parque Desportivo de Ramalde retomou a 11 de Maio a sua actividade de forma parcial, permitindo o regresso aos treinos das modalidades da pista de atletismo. O skate park reabriu no dia 18 de Maio com várias restrições ao nível da sua lotação, distanciamento entre praticantes e obrigatoriedade de marcação prévia.

A Fundação de Serralves reabriu os seus portões no dia 18 de Maio. Pode visitar o parque, o museu, Treetop Walk, a Casa de Serralves, Casa do Cinema, a loja e o restaurante.

O Jardim Botânico do Porto volta a abrir no dia 1 de Junho, entre as 09.00 e as 19.00, com um programa especial para os mais novos, que assinala o Dia Mundial da Criança. 

Publicidade
Praia de Lavadores
Praia de Lavadores

Praias

O dia 6 de Junho é a data de abertura oficial da época balnear, em que está prevista a instalação de sinalética junto às praias, com bandeiras e cartazes, que informará os banhistas da lotação. No entanto, cada município poderá adiar a abertura da época balnear.

Em Vila Nova de Gaia, a época balnear começa a 15 de Junho. A Câmara Municipal vai reforçar o número de nadadores-salvadores e vai ter "assistentes de praia" a sensibilizar os utentes para as medidas de prevenção da Covid-19 nas zonas marítima e fluvial do concelho. Está previsto um alargamento das zonas de concessão e a colocação de postos de higienização das mãos à entrada das praias e módulos de casas de banho.

As praias do concelho da Póvoa de Varzim só vão abrir no dia 1 de Julho. Nos acessos às praias, a Câmara vai colocar dispensadores de gel desinfectante e reforçar os processos de higienização da via pública e das estruturas de apoio na marginal, durante o dia e noite. A via junto ao mar, na cidade, será vedada aos carros, para que as pessoas possam caminhar nos passeios e na estrada com mais distanciamento.

rua
rua
© Nuno Nogueira Santos

Comércio e restauração

A 4 de Maio, reabriram as lojas com porta aberta para a rua e uma área máxima de 200 metros quadrados, livrarias e comércio automóvel, independentemente da área, e estabelecimentos de prestação de serviços de higiene pessoal, como cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicure e similares, mas apenas mediante marcação prévia.

A 18 de Maio, começaram a reabrir todas as lojas com porta aberta para a rua até 400 metros quadradosrestaurantes, cafés e pastelarias, com lotação até 50%. Consulte a lista dos restaurantes que já reabriram.

A partir de 1 de Junho, começa a última fase do plano de desconfinamento, com a reabertura das lojas com área superior a 400 metros quadrados e as lojas inseridas em centros comerciais.

Publicidade
Ribeira
Ribeira
© Marco Duarte

Esplanadas

As esplanadas reabriram a 18 de Maio, com novas regras de ocupação do espaço público. Os estabelecimentos vão ter mais espaço para colocar mesas no exterior e serão autorizados novos locais onde essa ocupação não era permitida, como lugares de estacionamento, praças, pracetas e largos.

Casa de Serralves
Casa de Serralves
© DR

Museus

A data oficial para a reabertura dos museus e outros equipamentos culturais do município ocorre no dia 1 de Junho. Tendo em conta que coincide no calendário com uma segunda-feira, dia da semana em que, por regra, museus e outros equipamentos culturais estão encerrados, a abertura efectiva ao público do Museu da Cidade acontece no dia 2 de junho, terça-feira.

Museu de História Natural e da Ciência  reabrirá ao público em Junho. Logo no dia 1, o Jardim Botânico do Porto abrirá as suas portas. No dia seguinte, também a Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva e o Polo Central do MHNC-UP (à Cordoaria) entrarão em funcionamento em horário normal (das 10.00 às 18.00, com último acesso às 17.30). A fim de garantir a segurança e o conforto dos seus visitantes e equipa, o MHNC-UP implementará um conjunto de normas de acesso e de utilização dos seus espaços, em conformidade com o plano de contingência disponível no seu site.

A Casa da Arquitectura, em Matosinhos, volta a abrir as portas ao público a 9 de Junho, com a adopção de “rigorosas medidas que permitirão dar a confiança necessária a quem visita” o espaço. Lotação mais reduzida, obrigatoriedade de desinfecção à entrada e uso obrigatório de máscara, “eventualmente entregue pela CA [Casa da Arquitectura] se o visitante não tiver nenhuma na sua posse”, são algumas das medidas que a instituição vai adoptar.

A Fundação de Serralves reabriu os seus portões no dia 18 de Maio, com a inauguração oficial da exposição Lourdes Castro: A Vida é como ela é!. Pode visitar o museu, a Casa de Serralves, Casa do Cinema, parque, Treetop Walk, a loja e restaurante.

Museu Nacional Soares dos Reis fechou a 13 de Março para obras de remodelação, depois de alguns meses a funcionar com encerramentos parciais. A reabertura estava prevista para o fim de Abril ou início de Maio, mas a Covid-19 provocou atrasos e, agora, espera-se que abra apenas no Verão. 

Publicidade
Torre dos Clérigos
Torre dos Clérigos
© DR

Monumentos

A Torre, Museu e Igreja dos Clérigos, o Museu e Igreja da Misericórdia do Porto e o Palácio da Bolsa anunciaram a reabertura das suas portas para o dia 30 de Maio, com as adaptações e os cuidados necessários em termos de limpeza, higienização e limitações de lotação.

 

Arte, Exposição, Ó Galeria
Arte, Exposição, Ó Galeria
© Cláudia Paiva

Galerias de arte

A Ó! Galeria reabriu a 22 de Maio. Convidou 45 ilustradores a desenvolverem uma ilustração para depois ser impressa em risografia. Os exemplares do projeto estão à venda na galeria e na loja online, a um preço simbólico (12,30€), cujo montante será inteiramente usado para relançar esta galeria de ilustração.

A Circus Network reabriu ao público no início de Maio e pode ser visitada de segunda a sábado, das 14.00 às 18.00. Até ao final do mês mantém-se a exposição de Andy Calabozo.

A Galeria Fernando Santos reabriu a 18 de Maio. Pode visitar as exposições Manga Cava de José Loureiro e amor-próprio de Ana Vidigal até 31 de Julho.

A Fundação de Serralves reabriu os seus portões no dia 18 de Maio, com a inauguração da exposição Lourdes Castro: A Vida é como ela é!

Culturgest volta a abrir as portas, com novas regras que respeitam as normas de saúde pública, no dia 23 de Maio, convidando à visita da exposição Sol Cego, de Elisa Strinna.

A Kubikgallery vai reabrir dia 23 de Maio pelas 16.00, com a exposição colectiva 60 Dias, que conta com a participação de Pedro Tudela, Pedro Vaz, Flávia Vieira, Tomás Abreu, António Olaio, Sérgio Fernandes, Valter Ventura, Salomé Lamas, Hernâni Reis Baptista e Ana Linhares. A entrada na galeria será limitada e o uso de máscara obrigatório. Pode ser visitada, de terça a sábado, entre as 15.00 e as 19.00.

Dois meses depois de ter encerrado ao público, a Galeria sala117 reabre a 23 de Maio, com a inauguração da exposição A Corrida, da artista plástica Luísa Abreu. A exposição pode ser visitada até ao dia 11 de Julho, de terça a sábado entre as 15.00 e as 19.00.

Galeria Municipal do Porto reabre no dia 2 de Junho. Face às recomendações de segurança resultantes do Conselho de Ministros de 30 de Abril, irá regressar com uso obrigatório de máscara e número máximo de visitantes – 20 pessoas no piso 0 e 10 pessoas na mezzanine. As exposições Máscaras (Masks), com curadoria de João Laia e Valentinas Klimaauskas, e Apesar de não estar, estou muito, de Diogo Jesus, podem ser visitadas até 16 de Agosto.

Publicidade
Biblioteca Pública Municipal do Porto
Biblioteca Pública Municipal do Porto
© Cláudia Paiva

Bibliotecas e arquivos

Os equipamentos culturais da Câmara do Porto, nos quais se incluem as bibliotecas públicas municipais, o Arquivo Histórico e outros equipamentos associados ao património cultural do Porto, reabrem no dia 1 de Junho, mas com restrições no acesso, condicionado à marcação prévia e à lotação do espaço. Nas bibliotecas públicas municipais, designadamente na Biblioteca Pública Municipal do Porto (BPMP), junto ao Jardim de S. Lázaro, e na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, o acesso ao interior só poderá ser realizado mediante marcação prévia (por telefone ou email), o mesmo se aplicando à consulta de documentos no local. No Arquivo Histórico, as regras assemelham-se: marcação prévia e limitação da lotação máxima são requisitos obrigatórios. 
centro comercial bombarda
centro comercial bombarda
© Marco Duarte

CC Bombarda

Centro Comercial Bombarda volta a abrir as portas no dia 1 de Junho, com todas as medidas de higiene e segurança. O horário será inicialmente de segunda a sexta das 11.00 às 18.00 e sábado das 11.00 às 19.00.

No dia 6 de Junho regressa ao CC Bombarda o Berdinho, mercado que junta produtores locais e independentes a vender produtos como frutas, vegetais, compotas e artesanato.

Publicidade
Câmara Municipal do Porto
Câmara Municipal do Porto
© João Saramago

Serviços municipais

Os serviços de atendimento ao público, entre eles o Gabinete do Munícipe, a Tesouraria do Município e a Cidade das Profissões, reabriram no dia 11 de Maio, com marcação prévia obrigatória através das respectivas linhas telefónicas.

No interior do Gabinete do Inquilino Municipal, além do uso obrigatório de máscara, a higienização das mãos tem de ser feita à entrada, com recurso a um líquido desinfectante disponibilizado no local para o efeito. Fica ainda determinada que a distância de segurança a preservar entre pessoas é de dois metros e a mesma estará devidamente demarcada em todo o acesso e no edifício. Além disso, não é permitida a entrada de acompanhantes.

Centro de Recolha de Animais
Centro de Recolha de Animais
© Miguel Nogueira

Centro de Recolha Oficial de Animais

O novo Centro de Recolha Oficial de Animais abriu pela primeira vez as portas aos munícipes a 14 de Maio. Contudo, face ao contexto actual, tanto o atendimento presencial como as visitas aos animais disponíveis para adopção requerem marcação prévia. No local, é obrigatório o uso de máscara e o cumprimento das regras de distanciamento social. O atendimento telefónico está disponível 24 horas por dia, pelo número 228 349 490.

Publicidade
Cemitério de Agramonte
Cemitério de Agramonte
© Filipa Brito

Cemitérios

Os cemitérios municipais de Agramonte e do Prado do Repouso reabriram no 11 de Maio com um conjunto de regras que têm obrigatoriamente de ser respeitadas por todos os cidadãos que os visitam. Além do uso obrigatório de máscara, o tempo máximo de permanência no interior é de 45 minutos. Fica ainda estipulado que, nesta fase, os dois cemitérios encerram aos domingos. Estão abertos de segunda a sábado, entre as 08.30-12.00 e 13.30-17.00. O acesso ao interior é feito por uma única porta – no caso do Cemitério do Prado do Repouso pelo Largo do Padre Baltasar Guedes, e no Cemitério de Agramonte pela Rua de Agramonte.

Casa da Música
Casa da Música
© Cláudia Paiva

Casa da Música

A Casa da Música vai retomar os concertos no dia 1 de Junho, apenas na Sala Suggia e com lotação limitada. A programação foi redesenhada para se adequar ao momento actual, com entrada livre durante todo o mês. A lotação da Sala Suggia tem capacidade para mais de 1200 pessoas, mas agora não poderá ultrapassar as 200, com uma distância de dois metros para os demais espectadores, havendo excepções para quem partilhe residência. 

No dia 1 de Junho, a Casa da Música recebe um concerto da Orquestra Barroca, que vai interpretar peças de William Corbett, Wilhelmine von Bayreuth, Henry Purcell, Antonio Vivaldi, John Blow e Pedro Jorge Avondano. A 6 de Junho, a Orquestra Sinfónica do Porto, sob direcção do maestro titular, Baldur Brönnimann, vai interpretar o Concerto para clarinete de Aaron Copland e a Sinfonia n.º 29 de Mozart. Até ao fim do mês, actuam ainda o Quarteto de Cordas de Matosinhos (9 de Junho), o Remix Ensemble (13 de Junho), mais duas actuações da Sinfónica (20 e 27 de Junho) e vários concertos de novos talentos. No dia 7, são retomados os espectáculos do Serviço Educativo.

Pode consultar aqui as novas datas dos concertos reagendados e informações sobre o reembolso do preço dos bilhetes dos espectáculos cancelados.

Publicidade
Teatro Nacional São João TNSJ
Teatro Nacional São João TNSJ
© DR

Teatro Nacional de São João

Com actividade suspensa desde Março, os espaços geridos pelo TNSJ – que incluem, além do Teatro Nacional, o Teatro Carlos Alberto e o Mosteiro de São Bento da Vitória – reabrem a 1 de Junho. No palco, os espectáculos recomeçam a 6 de Agosto, com a estreia de uma co-produção com a Palmilha Dentada  O Burguês Fidalgo, uma peça a partir de Molière, com encenação e dramaturgia de Ricardo Alves, subirá ao palco do Teatro Carlos Alberto de 6 a 23 de Agosto.

rivoli
rivoli
© Miguel Nogueira

Teatro Municipal do Porto

O Teatro Municipal do Porto suspendeu a programação entre Março e Julho, mas vai assumir a totalidade dos compromissos com artistas e companhias, integrando todos os 22 eventos que não foram apresentados. O Teatro reabre as portas ao público no dia 17 de Setembro, a não ser que se verifique alguma alteração das regras impostas pela DGS.

Publicidade
Rui Paula
Rui Paula
© Marco Duarte

Restaurantes do chef Rui Paula

A 2 de Junho, o chef abre as portas dos restaurantes DOC no Douro, DOP no Porto e da Casa de Chá da Boa Nova em Leça da Palmeira, recentemente distinguida com a segunda estrela Michelin. "Estamos cuidadosa e exaustivamente a implementar as normas de higienização que assegurem a mais completa protecção e segurança, mas também o máximo conforto para todos", lê-se na página de Instagram

Restaurante, Euskalduna Studio, Cozinha de Autor
Restaurante, Euskalduna Studio, Cozinha de Autor
© DR

Restaurantes do chef Vasco Coelho Santos

Euskalduna Studio tem abertura marcada para 22 de Junho. A lotação será limitada, as medidas de segurança serão cumpridas e o horário será diferente do que foi anunciado no início do ano. A partir desta data, o Euskalduna passa a funcionar de segunda a sábado ao jantar. O preço do menu de degustação também vai sofrer ajustes, passando para 100€ por pessoa, sem o pairing de vinhos.

Já o Semea by Euskalduna Studio, que reabre no primeiro dia do mês de Junho, vai funcionar todos os dias, ao almoço e jantar, também com as novas regras definidas para a restauração. Neste restaurante na Rua das Flores ficará concentrado o serviço de take-away, que o grupo vai lançar também nesta fase, e cujos pratos serão "uma fusão do menu de ambos os restaurantes", como se lê em comunicado. Nada tema: a rabanada estará lá.

Publicidade
Feira do Livro do Porto
Feira do Livro do Porto
© João Queirós

Feira do Livro

A Feira do Livro do Porto já tem datas marcadas para este ano. Regressa aos Jardins do Palácio de Cristal entre 28 de Agosto e 13 de Setembro, com espaço condicionado às condições sanitárias impostas no contexto da pandemia. As inscrições abriram a 18 de Maio. Esta será a sétima edição deste formato da feira, que regressou aos Jardins do Palácio de Cristal desde 2014.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade