Tudo o que pode fazer no Porto em 1 dia

Tem pouco tempo para explorar a cidade? Aqui tem tudo o que pode fazer no Porto em 1 dia
vista da torre dos clérigos
© João Saramago Torre dos Clérigos
Por Margarida Ribeiro |
Publicidade

Há quanto tempo não aproveita a Invicta convenientemente, tirando partido de tudo o que ela tem para lhe oferecer? Há quanto tempo não compra um livro novo, não visita uma galeria de arte, não dá um pezinho de dança, não almoça com os seus amigos no restaurante da moda?

Deixe-se de desculpas e procrastinações e pegue nesta lista com tudo o que pode fazer no Porto em 1 dia. Do pequeno-almoço, até à hora de ir para a cama, o que aqui não faltam são boas sugestões para aproveitar a vida. Sozinho ou acompanhado.

Recomendado: Coisas para fazer no Porto em Julho

Tudo o que pode fazer no Porto em um dia

panquecas diplomata
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

10.00 - Tome o pequeno-almoço no Diplomata

icon-location-pin Galerias

É um dos cafés mais badalados da Baixa e a principal razão dá pelo nome de panquecas. Há para todos os gostos, com várias coberturas e acompanhamentos. Mas não só: também há sumos, smoothie bowls e um brunch muito fotogénico para encher o Instagram de likes.

A Confraria Vermelha Livraria de Mulheres só vende livros escritos por mulheres
©DR
Compras, Livrarias

11.00 - Compre um livro da sua autora favorita na Confraria Vermelha Livraria de Mulheres

icon-location-pin Baixa

Esta é, segundo os proprietários, a primeira livraria do país especializada em livros escritos por mulheres. Já Virginia Woolf dizia que todas as mulheres deviam "ter dinheiro e um quarto próprio para escrever as suas novelas". Ora, Aida levou isso à letra e abriu um espaço onde todas as mulheres podem escrever, desfrutar de poesia, música e até tertúlias.

Publicidade
Galeria Fernando Santos
©João Saramago
Arte, Galerias

12.00 - Explore o quarteirão das artes e visite a galeria Fernando Santos

icon-location-pin Cedofeita

Existe há 25 anos e foi a primeira a abrir na Rua Miguel Bombarda, iniciando uma concentração de galerias nessa zona. Trabalha sobretudo com artistas consagrados, de que são exemplo os portugueses Nikias Skapinakis, Gerardo Burmester e Pedro Cabrita Reis, assim como os internacionais Antoni Tàpies, Julian Schnabel e Santiago Ydáñez. Mas também há lugar para artistas emergentes.

Brick Clérigos
© João Saramago
Restaurantes, Europeu contemporâneo

13.00 - Almoce no Brick Clérigos

icon-location-pin Baixa

Há sítios onde apetece levar os amigos, e o Brick Clérigos, um dos mais bonitos restaurantes da cidade, é um deles. E a magnífica mesa comunitária no centro da sala é a desculpa perfeita para juntar a malta toda num almoço ou jantar. Pratos como a tosta de frango assado e espargos, a de abacate e camarão, o wrap de cogumelos e a salada de queijo de cabra com nozes são algumas das alternativas mais populares. Se vir um bolo de cenoura com recheio de queijo creme pousado no balcão, fixe-o. E coma-o à sobremesa. 

A Time Out diz
Publicidade
Base Porto
© João Saramago
Bares, Cafés/bares

14.00 - Aproveite o sol no Base

icon-location-pin Clérigos

O Base já é mais conhecido que o tremoço. Mas, por incrível que pareça, não tem assim tanto tempo de vida quanto isso. É na companhia das oliveiras, que rodeiam o espaço, e da Torre dos Clérigos, que se impõe na paisagem, que vai querer partilhar as tábuas de queijos ou enchidos. A música é uma mistura de soul, jazz, r&b e bossa nova, e na relva não falta espaço para toalhas e afins, por isso, as crianças e os animais podem juntar-se à festa.

Coração de Alecrim
© João Saramago
Compras

15.00 - Vá às compras na Coração Alecrim

icon-location-pin Cedofeita

Tem uma das portas mais coloridas da Baixa, o convite perfeito para entrar numa loja onde tudo o que é local, feito à mão e sustentável ganha protagonismo. Plantas, roupa, acessórios e decoração também fazem parte do recheio.

Publicidade
Museu Nacional Soares dos Reis
© DR
Museus, História

16.00 - Visite o Museu Nacional Soares dos Reis

icon-location-pin Cedofeita

Se a última vez que pôs os pés no Museu Nacional Soares dos Reis foi em visita de estudo com a turma da secundária, corrija esse erro. Aqui vai encontrar uma colecção vasta de pintura dos séculos XVI ao XX, cerâmica, escultura, gravura, joalharia, ourivesaria, têxteis e vidros. Na pintura destacam-se obras de grandes autores portugueses (e portuenses) como Henrique Pousão, Silva Porto, António Carneiro, Aurélia de Souza ou Amadeo de Souza-Cardoso.

vista da torre dos clérigos
© João Saramago
Atracções, Monumentos e memoriais

17.00 - Suba à Torre dos Clérigos

icon-location-pin Baixa

O projecto para uma torre sineira foi apresentado pelo arquitecto Nicolau Nasoni em 1753. As obras arrancaram no ano seguinte e demoraram nove. Contas feitas, a inauguração foi feita em 1763, depois de ter sido colocada a cruz de ferro no topo e a imagem de São Paulo no nicho sobre a porta. Gosta de números? A torre tem 75 metros de altura e para ter acesso à melhor vista sobre a cidade tem de subir 225 degraus. Se ficou com vontade de subir até lá cima, o bilhete custa 5€. 

Publicidade
Miss Pavlova
© João Saramago
Restaurantes, Salas de chá

18.00 - Reponha as energias com um doce na Miss Pavlova

icon-location-pin Galerias

Não sabe o que é uma pavlova? Trata-se de um tipo de merengue crocante por fora e cremoso por dentro com coberturas variadas (que vão do maracujá e frutos vermelhos, aos Maltesers). Pode pedir uma fatia ou então encomendar uma pavlova inteira para levar para casa. Na Miss Pavlova há um terraço interior com mantas para os dias mais frios e, nos dias solarengos, não há nada melhor do que não pensar na dieta enquanto se apanha um bocadinho de sol.

Jardim das Virtudes
©João Saramago
Atracções, Parques e jardins

19.00 - Veja o pôr-do-sol no Jardim do Passeio das Virtudes

icon-location-pin Baixa

O Jardim do Passeio das Virtudes é o sítio certo para quem quer ver o pôr-do-sol seráfico combinado com uma vista maravilhosa sobre o rio e, consequentemente, receber montes de corações no Instagram. Nos dias mais quentes transforma-se também numa espécie de esplanada ao ar livre para copos ao fim da tarde.

Publicidade
Panca - Cevicheria & Pisco Bar
© Panca - Cevicheria & Pisco Bar
Restaurantes, Peruano

20.00 - Jante com os amigos no Panca - Cevicheria & Pisco Bar

icon-location-pin Baixa

Camilo Jaña e Vasco Mourão abriram o primeiro projecto fora da Foz. O Panca fica em plena Baixa e é a continuação do quiosque que o chef chileno e Ruy Leão tiveram no Parque da Cidade. Para comer há ceviches, claro, mas também há churrasco.

casa do livro
©João Saramago
Bares, Bares

23.00 - Beba um copo na Casa do Livro

icon-location-pin Galerias

Já imaginou um bar numa antiga livraria? É exactamente isso que acontece na Casa do Livro, na Baixa do Porto. No que à música diz respeito, há para todos os gostos: do soul ao jazz, música ao vivo e até DJs. E, claro, a temática não se fica pelo nome. As paredes estão cheias de livros.

Publicidade
Plano B
© Plano B
Noite, Bares abertos de madrugada

02.00 - Dê um passo de dança no Plano B

icon-location-pin Galerias

Há um bar no piso de cima, com grandes sofás para sentar e conversar, e há duas pistas de dança no andar de baixo. Tem festas temáticas, um público diversificado e música para dançar até tarde.

Hotéis, Hotéis com spa

05.00 - Passe uma noite relaxada no Flores Village Hotel & Spa

icon-location-pin Flores

Quem passa pela fachada de azulejos azuis na rua das Flores dificilmente imagina o que existe para lá da porta número 139. A grande casa senhorial do século XVIII é conhecida por Casa dos Constantinos e a sua recuperação manteve muitos dos traços originais, como os tectos pintados por Luigi Chiari. São estes pormenores que o vão fazer sentir-se um membro da nobreza. Isso e o Salão de Verão com o tecto todo trabalhado, onde é servido o pequeno-almoço; a piscina interior do Spa; e o jardim com miradouro com uma vista de 360º sobre a cidade. 

Mais coisas para fazer

Quinta do Covelo
© Cláudia Paiva
Miúdos

Coisas para fazer em família no Porto

Está saturado das semanas intermináveis de chuva e de fins-de-semana passados entre quatro paredes? Já não sabe o que fazer à energia dos mais novos lá de casa? Este sábado pode acordar cedo os miúdos — ou deixar-se acordar por eles — guardar os impermeáveis e sair à rua. Não, não chegou o Verão, mas a Primavera quer florescer e faz um breve intervalo na chuva. E como fim-de-semana é sinónimo de família e programas bem passados, damos-lhe algumas sugestões para o fazer fora de casa. 

Coisas para fazer

8 coisas para fazer ao domingo no Porto

Somos contra os domingos desperdiçados. Por isso mesmo, aproveite as nossas sugestões de coisas para fazer ao domingo no Porto e faça o último dia de liberdade da semana valer a pena.   Recomendado: As melhores coisas para fazer sozinho no Porto

Publicidade
FUnicular dos Guindais
© Cláudia Paiva
Coisas para fazer

15 coisas para fazer no Porto até 5€

A vida está cara, bem sabemos, mas com um pouco de astúcia e curiosidade é fácil contornar os obstáculos monetários e descobrir coisas baratas para fazer no Porto. Aqui tem uma lista com 15 coisas para fazer no Porto até 5€. Algumas nem custam tanto e outras até são de graça. E temos de tudo um pouco, desde sugestões de passeios, museus, sítios para comer, mercados e livrarias. Não diga que vai daqui mal servido.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com