A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Televisão, Séries, Aventura, Drama, O Falcão e o Soldado do Inverno
©David LeeO Falcão e o Soldado do Inverno

As melhores séries do momento

Para ver de empreitada ou para degustar no tempo livre, estas são as seis melhores séries do momento.

https://d32dbz94xv1iru.cloudfront.net/customer_photos/14d3bbef-59cc-4753-a960-2f64c64804b1.jpg
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

Com o aumento da concorrência, as plataformas de streaming parecem não querer deixar prisioneiros e cada nova aposta é um all in. E a qualidade do produto que nos vai chegando é o reflexo dessa ambição. No último ano, com as limitações de movimentação, os devoradores profissionais de temporadas tiveram muito que fazer e isso sentiu-se; "já viste esta série?", "viste este episódio?" e "estou à espera para que saia a série toda" devem ter sido as frases que mais fomos ouvindo. Ainda bem, porque há de facto muito a explorar. Desde a história do assassino e vigarista Charles Sobhraj às novas série do Disney+ baseadas no Universo Cinematográfico da Marvel, o que não falta são boas razões para se colar ao ecrã com as melhores séries do momento.

Recomendado: As séries originais Netflix que tem de ver

As melhores séries do momento

It’s a Sin

O cancro que só se manifestava em gays – assim era conhecida a sida nos anos 1980. O aclamado guionista Russell T. Davies enfrentou o passado e pôs mãos à obra para contar, em seis episódios, como era a vida durante esses tempos sombrios. It’s a Sin ilumina-nos, com clareza, sobre como seria ser-se jovem e homossexual no Reino Unido. Em comum com os tempos que vivemos, tem o facto de versar sobre uma epidemia que virou o mundo do avesso. Com Olly Alexander, Omari Douglas, Callum Scott Howells e Lydia West no centro do enredo, a série mostra como um grupo de jovens se sente acolhido por uma comunidade dizimada pela doença.

HBO

O Falcão e o Soldado do Inverno

Mais uma série de super-heróis da Marvel, esta centrada em Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/Soldado do Inverno (Sebastian Stan). O duo, que conhecemos dos filmes, vai agora envolver-se numa aventura global que irá testar as suas capacidades e a sua relação.

Disney+

Publicidade

Por Trás dos Seus Olhos

Produzida pela Left Bank Pictures (The Crown) e baseada na obra homónima de Sarah Pinborough, Por Trás dos Seus Olhos conta a história de Louise (Simona Brown), que se envolve num caso extraconjugal com o chefe (Tom Bateman). Quando Louise conhece a mulher do amante (Eve Hewson) e se tornam amigas, o que ao início era um triângulo-amoroso inconvencional, transforma-se em algo negro, cheio de suspense e revelações perturbadoras.

Netflix

The Serpent

Adaptando a história real de Charles Sobhraj, um vigarista e assassino em série que operou durantes anos na chamada Hippie Trail, a Netflix apresenta uma minissérie de oito episódios, co-produzida pela BBC One, que revisita a história deste criminoso sem escrúpulos, aqui interpretado por Tahar Rahim. À excepção de uma série de entrevistas concedidas aos jornalistas Richard Neville e Julie Clarke, para o livro The Life and Crimes of Charles Sobhraj (1979), este sempre negou a autoria dos homicídios.

Netflix

Publicidade

Vernon Subutex

A adaptação do fenómeno literário de Virginie Despentes leva-nos para uma Paris que vive a ruína do rock enquanto elemento aglutinador da noite, da dança, da diversão, enquanto essência de juventude, enquanto catalisador de paixões e alegrias desenfreadas. O que sobra quando aquilo a que devotámos a vida passa de moda, desaparece? É o que vamos descobrir nesta produção do CANAL+, com Romain Duris como o protagonista desajustado, fora de tempo, indigente.

Filmin

WandaVision

Os filmes do Universo Cinematográfico da Marvel estão todos no Disney+, e este ano deve estrear-se lá mais uma dezena de longas e de séries ambientadas neste universo. Esta minissérie de nove episódios foi a primeira. Criada por Jac Schaeffer, realizada por Matt Shakman e protagonizada por Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate) e Paul Bettany (Vision, ou Visão), WandaVision é uma sitcom psicadélica, constantemente a piscar o olho aos clássicos do género e às histórias da Marvel.

Disney+

Mais séries para ver:

  • Filmes

As listas, como quase tudo nesta vida, são relativas. Mas depois de enchermos uma espécie de conselho de administração com loucos de séries televisivas e outros consultores da redacção da Time Out, chegámos a estas 25. Portanto, se vai começar a disparar insultos e a pedir justificações para as suas séries de comédia preferidas não estarem aqui avisamos já que não vai ter sucesso. Podiam ser outras, mas são estas. E pedimos desculpa às que ficaram de fora. Mais um alerta à tripulação: estas séries de comédia estão ordenadas apenas por ordem alfabética, que não queremos alimentar ainda mais a polémica. Ria-se connosco.  Recomendado: Séries a não perder este mês

  • Filmes

Começou timidamente em Portugal, com uma mão cheia de bons conteúdos e algumas apostas menos conseguidas. Com o passar dos anos, ganhou terreno, fez muitos de nós trocar as noitadas na rua pelas noites no sofá e na cama, e é difícil imaginar a vida sem saber que a temos ali. Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver e fazer verdadeiras maratonas visuais sem sair de casa (e mesmo se o quiser fazer, é só levá-la no telefone). Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix. Recomendado: As 25 melhores séries de comédia

Publicidade
  • Filmes

Ter menos coisas é sinónimo de mais tempo e liberdade para fazer o que lhe dá prazer. Mas ser minimalista não significa abdicar de todas as suas posses materiais nem deixar de consumir. Significa, sim, livrar-se do que não é essencial e aprender a consumir melhor. Para o ajudar a pôr a vida em ordem, reunimos duas séries e dois documentários sobre o poder do menos. Desde Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus, do movimento The Minimalists, até à guru da organização Marie Kondo, estes são os professores e as lições de que precisa para aprender mais sobre minimalismo, organização, casas pequenas e desperdício zero.

Recomendado: Três documentários sobre sustentabilidade para ver em casa

 

  • Filmes

É verdade que os serviços de entrega de comida continuam a levar o melhor dos restaurantes às nossas casas, mas não é a mesma coisa. Ainda bem que existem séries e documentários que ajudam a matar saudades das histórias dos chefs, das paredes dos restaurantes, e muito mais. Há de tudo nesta ementa: desde clássicos modernos, como Anthony Bourdain: No Reservations e Jiro Dreams of Sushi, a fenómenos mais recentes, como Ugly Delicious. E sim, bem sabemos que o efeito destas incursões audiovisuais não é propriamente o que queremos, tendo em conta que há pouco mais a fazer do que fazer rusgas ao frigorífico. Esta lista é para comer tudo com os olhos e nada com a boca. O que já não é pouco.

Recomendado: 80 restaurantes no Porto com entregas take-away

Publicidade
  • Filmes

Há cada vez mais e melhores séries de super-heróis na televisão. Dos personagens da DC no chamado Arrowverse do canal CW – Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e Supergirl – à comitiva da Marvel na Netflix – Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro, Os Defensores e O Justiceiro –, passando pelos inúmeros vigilantes (e não só) que se desdobram por outros canais e plataformas, sem se inserirem num complexo universo partilhado, com Watchmen da HBO à cabeça.

Mas não é de agora que há super-heróis na televisão: há uma ou outra velha série que merece ser revista. A começar pelos desenhos animados de Batman dos anos 90.

Recomendado: 12 grandes filmes de piratas

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade