A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Televisão, Séries, Crime, Drama, Godfather of Harlem (2019)
©DR'Godfather of Harlem', de Chris Brancato e Paul Eckstein

Dez séries para ver em Março

Fica cada vez mais difícil acompanhar tanta e boa produção televisiva. A pensar nisso, organizamos-lhe a agenda.

Escrito por
Sebastião Almeida
,
Hugo Torres
e
Eurico de Barros
Publicidade

O mês de Março promete novidades na televisão e no streaming, com especial destaque para O Falcão e o Soldado do Inverno, a nova aposta do Disney+, que conta agora com novas séries e filmes do catálogo Star. Mas há mais para ver antes desta minissérie do universo Marvel, como a adaptação da trilogia literária Vernon Subutex, de Virginie Despentes, em estreia exclusiva na Filmin. Ou Sky Rojo, na Netflix, a nova criação de Alex Pina (A Casa de Papel) e de Esther Martínez Lobatos. Se não consegue acompanhar tudo o que passa na televisão, em Março, deixe-se guiar por nós. Dizemos-lhe o que há de novo.

Recomendado: As melhores séries do momento

Dez séries para ver em Março:

Fariña

A produção da Antena 3 espanhola, passada na Galiza, nos anos 1980 e 1990, conta a história de um pescador que, confrontado com o sector em crise, começa a fazer contrabando de tabaco. Daí passa para o haxixe e depois para a cocaína. Baseada no livro homónimo do jornalista espanhol Nacho Carretero (cuja venda chegou a estar proibida em Espanha devido a uma providência cautelar de um antigo autarca galego), a série conta a história do crescimento desmesurado do narcotráfico na região espanhola e os seus impactos económicos e sociais.

AMC, 3 Mar.

Black Narcissus

A misteriosa minissérie co-produzida pela BBC e a FX presta homenagem ao romance homónimo de Rummer Godden, lançado em 1939 e ao filme de 1947 de Michael Powell. Um grupo de freiras que viaja até ao Nepal numa missão religiosa pretende encontrar um convento remoto nos Himalaias. Quando conseguem chegar ao seu destino, uma das freiras (Gemma Arterton) tenta resistir à atracção de um veterano da Primeira Guerra Mundial (Alessandro Nivola) que encontra pelo caminho. Diana Rigg, morta em 2020, tem aqui um dos seus últimos papéis.

Disney+, 5 Mar.

Publicidade

Vernon Subutex

A adaptação do fenómeno literário de Virginie Despentes leva-nos para uma Paris que vive a ruína do rock enquanto elemento aglutinador da noite, da dança, da diversão, enquanto essência de juventude, enquanto catalisador de paixões e alegrias desenfreadas. O que sobra quando aquilo a que devotámos a vida passa de moda, desaparece? É o que vamos descobrir nesta produção do CANAL+, com Romain Duris como o protagonista desajustado, fora de tempo, indigente.

Filmin, 5 Mar.

Genera+ion

Produzido por Lena Dunham e criado por Zelda Barnz em parceria com o pai Daniel Barnz, o novo drama da HBO segue a vida de adolescentes no ensino secundário à medida que exploram a sua sexualidade numa comunidade conservadora. A série explora os problemas típicos dos anos em que as hormonas estão em altas, com Nathanya Alexander, Chloe East, Nava Mau. Lukita Maxwell, Justice Smith Haley Sanchez, Uly Schlesinger, Nathan Stewart-Jarrett, Marth Plimpton, Chase Sui Wonders no elenco.

HBO, 11 Mar.

Publicidade

Godfather of Harlem

Esta história real passa-se nos anos 1960 e baseia-se na vida do chefe do crime Bumpy Johnson (Forest Whitaker) que, depois de uma pena de prisão de 11 anos, regressa ao bairro onde cresceu e o encontra imerso num caos e sob o controlo da máfia italiana. Bumpy enceta uma guerra para retomar o poder mas pelo meio alia-se a Malcom X, na exacta altura em que o activista se encontra em ascensão política. A nova série explora o cruzamento do submundo do crime com o movimento dos direitos civis num ano tumultuoso como o de 1964. Entretanto, já foi confirmada a segunda temporada, que se estreia no Estados Unidos em Abril.

Disney+, 12 Mar.

O Falcão e o Soldado do Inverno

Mais uma série de super-heróis da Marvel, esta centrada em Sam Wilson/Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes/Soldado do Inverno (Sebastian Stan). O duo, que conhecemos dos filmes, vai agora envolver-se numa aventura global que irá testar as suas capacidades e a sua relação.

Disney +, 19 de Março.

Publicidade

Sky Rojo

Com Verónica Sánchez, Miguel Ángel Silvestre, Lali Esposito, Asier Etxeandia, e dos mesmos criadores de La Casa de Papel, a trama acompanha a fuga de três mulheres enquanto tentam manter-se a salvo de Romeo, o proxeneta que as controlava, e dos seus capangas. Entre Madrid e Tenerife, as fugitivas entram num jogo gato e do rato, sem terem a quem recorrer, tentando a todo o custo salvar-se. 

Netflix, 19 Mar.

Superman & Lois

Lois Lane e Clark Kent, o Super-Homem, estão de volta ao pequeno ecrã, interpretados respectivamente por Elizabeth Tulloch e Tyler Hoechlin. A primeira temporada da nova série da DC, agora em estreia no cabo, mostra como o Super-Homem e a mulher lidam com o desafio da paternidade, enquanto um deles tenta salvar o mundo.

TVCine Action, 24 Mar.

Publicidade

The Irregulars

Baseada no universo de Arthur Conan Doyle e criada por Tom Bidwell, a nova série da Netflix acompanha um grupo de adolescentes que vivem nas ruas de Londres na época Victoriana. Conhecidos como Os Irregulares, ajudam o famoso Dr. Watson (Royce Pierreson) a resolver uma série de crimes sobrenaturais, enquanto Sherlock Holmes, aqui interpretado por Henry Lloyd-Hughes, recebe os louros.

Netflix, 26 Mar.

9-1-1: Lone Star

Este spin-off de 9-1-1 retrata o dia-a-dia do departamento de bombeiros, polícia e paramédicos da companhia fictícia 126. Entra na segunda temporada, focando-se em Owen Strand (Rob Lowe e no filho TK Strand (Ronen Rubinstein) que se mudaram de Nova Iorque para o Texas. Os dois bombeiros lutam diariamente para salvar quem mais precisa, ao mesmo tempo que tentam encontrar um equilíbrio para resolver os problemas pessoais.

Fox Life, 29 Mar.

Mais séries para ver:

  • Filmes

As listas, como quase tudo nesta vida, são relativas. Mas depois de enchermos uma espécie de conselho de administração com loucos de séries televisivas e outros consultores da redacção da Time Out, chegámos a estas 25. Portanto, se vai começar a disparar insultos e a pedir justificações para as suas séries de comédia preferidas não estarem aqui avisamos já que não vai ter sucesso. Podiam ser outras, mas são estas. E pedimos desculpa às que ficaram de fora. Mais um alerta à tripulação: estas séries de comédia estão ordenadas apenas por ordem alfabética, que não queremos alimentar ainda mais a polémica. Ria-se connosco.  Recomendado: Séries a não perder este mês

  • Filmes

Começou timidamente em Portugal, com uma mão cheia de bons conteúdos e algumas apostas menos conseguidas. Com o passar dos anos, ganhou terreno, fez muitos de nós trocar as noitadas na rua pelas noites no sofá e na cama, e é difícil imaginar a vida sem saber que a temos ali. Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver e fazer verdadeiras maratonas visuais sem sair de casa (e mesmo se o quiser fazer, é só levá-la no telefone). Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix. Recomendado: As 25 melhores séries de comédia

Publicidade
  • Filmes

Ter menos coisas é sinónimo de mais tempo e liberdade para fazer o que lhe dá prazer. Mas ser minimalista não significa abdicar de todas as suas posses materiais nem deixar de consumir. Significa, sim, livrar-se do que não é essencial e aprender a consumir melhor. Para o ajudar a pôr a vida em ordem, reunimos duas séries e dois documentários sobre o poder do menos. Desde Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus, do movimento The Minimalists, até à guru da organização Marie Kondo, estes são os professores e as lições de que precisa para aprender mais sobre minimalismo, organização, casas pequenas e desperdício zero.

Recomendado: Três documentários sobre sustentabilidade para ver em casa

 

  • Filmes

É verdade que os serviços de entrega de comida continuam a levar o melhor dos restaurantes às nossas casas, mas não é a mesma coisa. Ainda bem que existem séries e documentários que ajudam a matar saudades das histórias dos chefs, das paredes dos restaurantes, e muito mais. Há de tudo nesta ementa: desde clássicos modernos, como Anthony Bourdain: No Reservations e Jiro Dreams of Sushi, a fenómenos mais recentes, como Ugly Delicious. E sim, bem sabemos que o efeito destas incursões audiovisuais não é propriamente o que queremos, tendo em conta que há pouco mais a fazer do que fazer rusgas ao frigorífico. Esta lista é para comer tudo com os olhos e nada com a boca. O que já não é pouco.

Recomendado: 80 restaurantes no Porto com entregas take-away

Publicidade
  • Filmes

Há cada vez mais e melhores séries de super-heróis na televisão. Dos personagens da DC no chamado Arrowverse do canal CW – Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e Supergirl – à comitiva da Marvel na Netflix – Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro, Os Defensores e O Justiceiro –, passando pelos inúmeros vigilantes (e não só) que se desdobram por outros canais e plataformas, sem se inserirem num complexo universo partilhado, com Watchmen da HBO à cabeça.

Mas não é de agora que há super-heróis na televisão: há uma ou outra velha série que merece ser revista. A começar pelos desenhos animados de Batman dos anos 90.

Recomendado: 12 grandes filmes de piratas

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade