A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Casa Guedes - Progresso
© Casa Guedes - Progresso

Há uma nova Casa Guedes no antigo Café Progresso

No dia 9 de Dezembro, a Casa Guedes vai abrir um espaço no edifício do Progresso. Em homenagem ao café mais antigo do Porto, o café de saco continuará a ser servido.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

A Casa Guedes, um dos ícones da cidade e uma verdadeira meca gastronómica para portuenses e turistas, vai abrir o terceiro espaço da marca no edifício do histórico Café Progresso, que encerrou em 2018. A inauguração está prevista para o dia 9 de Dezembro, às 10 da manhã.

Na nova Casa Guedes – Progresso, situada na Rua Actor João Guedes, junto à Praça de Carlos Alberto, a ementa será um híbrido das duas casas da Praça dos Poveiros. Pode contar com as famosas sandes de pernil, mas também com francesinhas, sandes de alheira, hambúrgueres e um exclusivo neste novo espaço: os cachorrinhos.

O café mais antigo do Porto não ficará esquecido. Vamos resgatar a origem do Progresso, que é o café de saco, diz Vinícius Fraga, sócio-gerente do novo espaço. “É importante não perder esse lado único de um café tão emblemático na cidade do Porto.” O fornecedor será a Tenco, a mesma marca de café que era usada no Progresso.

Casa Guedes
Fotografia de João SaramagoA famosa sandes de pernil da Casa Guedes

Numa altura em que há cafés e restaurantes a fechar as portas, a decisão de abrir agora foi tomada por “um grande motivo”: “garantir os postos de trabalho”. “Como temos muitos funcionários nas duas casas na Praça dos Poveiros, esses 60 funcionários vão agora ser diluídos por três casas. Ou seja, não vamos demitir, mas também não vamos contratar. Quando as coisas voltarem a crescer, a gente volta a contratar, é essa ideia”, explica Vinícius Fraga.

Para já, o novo espaço deverá funcionar a partir das 10.00, “com uma ementa específica para pequeno-almoço”. Eventualmente, o objectivo será abrir até de madrugada, com “uma porta a funcionar só para take-away”, para dar resposta a quem procura comida fora de horas.

Casa Guedes - Progresso
© Casa Guedes - Progresso

O Café Progresso foi inaugurado em 1899. Remodelado em 2017 com nova gerência, fechou no Natal de 2018 e foi adquirido pelo grupo José Avillez, que aqui pretendia abrir o Cafeína Downtown. Mas o novo projecto nunca chegou a ser inaugurado. Em meados de Agosto deste ano, o imóvel foi arrendado à sociedade luso-brasileira da Casa Guedes por Vasco Mourão, que em 2020 comprou de volta os restaurantes do grupo Cafeína a Avillez. 

+ A Casa Guedes vai abrir no antigo Café Progresso

+ Cafés históricos Majestic e Guarany fecham as portas

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade