Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right 'Silvestre Pestana: um artista de contraciclos' em exposição no Fórum da Maia
Notícias / Arte

'Silvestre Pestana: um artista de contraciclos' em exposição no Fórum da Maia

Silvestre Pestana
© DR A mostra é gratuita

Várias artes coabitam em Silvestre Pestana, artista plástico, poeta e performer que nasceu na Madeira em 1949 e se transformou numa das figuras de proa da arte contemporânea nacional. Revelou capacidades em várias disciplinas, como fotografia, colagem, desenho e instalação.

Nesta mostra, no Fórum da Maia até 16 de Junho, que integra obras da Colecção de Serralves e do próprio Pestana, os anos 60 – época em que abordava a poesia “como discurso visual e um meio de resistência antifascista” – não foram esquecidos, segundo a fundação portuense.

O mesmo acontece com os trabalhos produzidos entre 1969 e 1974, período em que esteve exilado em Estocolmo, onde desenvolveu “performances e intervenções no espaço público”, e contactou com “movimentos ambientais e ecológicos, a Land Art e o experimentalismo sonoro, visual e performativo”.

Nesta exposição é possível ver ainda o trabalho do artista depois do regresso a Portugal, após a queda do Estado Novo, altura em que consagrou “o seu papel pioneiro, a nível nacional, nas áreas do vídeo e da performance”. Foi também nesse período que criou um novo sistema de linguagem e animação do corpo com néones e introduziu as “novas tecnologias na sua prática artística, através de uma leitura crítica de como estas passaram a mediar os nossos corpos na vida contemporânea e de como se tornaram instrumentos políticos e de controlo social”. A entrada é livre.

+ As melhores exposições para ver na Bienal de Gaia

+ Galerias de arte que deve conhecer no Porto

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments