Dez sítios para comer ao balcão no Porto

Depois de um mês rodeado de amigos e família, tire um tempo para si. Estes dez sítios para comer ao balcão no Porto são perfeitos para ir sozinho
Snack Bar Gazela
© João Saramago Snack-Bar Gazela
Por Teresa Castro Viana |
Publicidade

Cervejarias, marisqueiras, snack-bares ou restaurantes de autor: a cidade está cheia de bons poisos para comer e beber em paz e sossego. Conheça dez sítios para comer ao balcão no Porto.

Dez sítios para comer ao balcão no Porto

Casa Guedes
© João Saramago
Restaurantes, Português

A Casa Guedes

icon-location-pin Baixa

As filas são sempre gigantes n'A Casa Guedes e, por isso, só os primeiros a chegar conseguem lugares sentados. Se for o seu caso, escolha o balcão sem pestanejar. É de lá que consegue ver o incrível pernil de porco a ser fatiado, as batatas a serem fritas e o pão a entrar na torradeira. Há visão melhor que esta?

RO
© João Saramago
Restaurantes, Japonês

RO

icon-location-pin Aliados

A comida para partilhar está na moda mas o ramen é um bom prato para devorar sozinho. Verdade seja dita, não dá jeito nenhum beber um caldo e sorver noodles com ajuda. Já sabe, quando precisar de aquecer o corpo e a alma e não tiver companhia, vá ao RO e sente-se ao balcão.

Publicidade
Snack Bar Gazela
© João Saramago
Restaurantes

Snack-Bar Gazela

icon-location-pin Santa Catarina

A correria é tanta — num dia normal servem-se 300 cachorrinhos — que é difícil encontrar o pequeno balcão do snack-bar Gazela com um lugar livre. Caso tenha sorte, comece por pedir um fino. Depois, atire-se a um cachorrinho pincelado com manteiga e molho picante.

 

café santiago
© João Saramago
Restaurantes, Cervejarias

Café Santiago

icon-location-pin Santa Catarina

O Café Santiago é um dos clássicos da cidade e as filas que todos os dias se formam à porta do restaurante provam isso mesmo. Ou seja, é quase impossível não esperar por mesa, principalmente se estiver em grupo. Solução? Ir sozinho e sentar-se ao balcão com vista para as prensas.

Publicidade
Cervejaria Diu
© Cervejaria Diu
Restaurantes, Cervejarias

Cervejaria Diu

icon-location-pin Baixa

O Diu é um bom sítio para juntar amigos mas também é um óptimo local para ir sozinho. Sente-se ao balcão, peça um dos rissóis de carne e uma canja de frango do campo para aquecer. Se houver estômago para mais, termine com uma francesinha.

Cufra
© Marco Duarte
Restaurantes, Cervejarias

Cufra

icon-location-pin Pinheiro Manso

Anda sempre cheio de pressa e a única companhia que tem para almoçar é o seu telemóvel? Então vá à Cufra, mais um clássico nesta lista, e sente-se ao balcão. Francesinhas, bifes, peixe grelhado e marisco são as estrelas da carta. E não precisa de andar às voltas para estacionar: há parque privativo.

Publicidade
balcão
© Marco Duarte
Restaurantes, Cervejarias

Capa Negra II

icon-location-pin Porto

Como qualquer cervejaria/snack-bar que se preze, o Capa Negra II tem um enorme balcão onde todos os dias muitos clientes comem os  rissóis de carne, bifes e francesinhas que dão fama a esta casa. Também é o poiso de eleição para os adeptos de bola, que preferem beber finos durante 90 minutos.

ikeda
© Cláudia Paiva
Restaurantes, Japonês

Ikeda

icon-location-pin Campo Alegre

Conhecido pela sala dos origamis, no primeiro piso, o Ikeda é muito mais do que isso. No andar de baixo, que é inspirado numa izakaya (tasca japonesa), há um balcão muito requisitado de onde é possível ver a preparação do sushi e de alguns pratos frios como o ceviche e os tártaros.

Publicidade
Euskalduna Studio
© Marco Duarte
Restaurantes, Cozinha contemporânea

Euskalduna Studio

icon-location-pin Bonfim

É nos cobiçados lugares ao balcão que a maioria dos clientes do Euskalduna Studio prefere jantar. Além de terem uma vista privilegiada para a cozinha, podem ainda conversar com o chef Vasco Coelho Santos sobre aquele ingrediente fora do vulgar ou as tendências da gastronomia actual.

The Dog Casa do Cachorro
© João Saramago
Restaurantes, Cervejarias

The Dog – Casa do Cachorro

icon-location-pin Boavista

Neste spot na Boavista, o balcão é o único sítio disponível se quiser comer sentado. Dá a volta ao snack-bar e, em qualquer lugar, tem vista para o sítio onde a magia acontece. Ou seja, para a grelha onde são preparados os cachorrinhos e cozinhados os bifes para os pregos.

Outras sugestões

Taberna de Santo António - Cozido à Portuguesa
Fotografia: João Saramago
Restaurantes

Os melhores restaurantes para comer muito e pagar pouco no Porto

Prato farto, comida genuína e boa bebida a acompanhar uma refeição que sai por meia dúzia de tostões. Onde? No Porto, claro. Se tem amor à comida, mas também tem ao dinheiro, leia o que se segue. Depois, junte um grupo de amigos e encha a barriga com comida a sério. Um fartote que lhe vai ficar por uma pechincha.

Snack Bar Gazela
© João Saramago
Restaurantes

30 pratos que tem de comer no Porto

Sabe que está no Porto quando lhe chegam à mesa doses generosas de comida bem feita. Há petiscos, sandes, pratos de autor, doces e até iguarias de várias partes do mundo. Esta lista de 30 pratos que tem de comer no Porto é uma edição de coleccionador, entenda-se. Bom apetite.

Publicidade