A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Presto Pizza -  Capricciosa
© Marco DuarteEra uma pizza para comer no sofá, sff!

Seis restaurantes com entrega ao domicílio no Porto

O frio tira-lhe a vontade de sair de casa e o cansaço afasta-o da cozinha? Então conheça estes seis restaurantes com entrega ao domicílio no Porto

Escrito por
Teresa Castro Viana
Publicidade

Preguiça, condições metereológicas adversas, trabalho a mais: não faltam justificações para pegar no telefone e encomendar comida. Seja para devorar no sofá ou comer a correr na secretária, conheça estes seis restaurantes com entrega ao domicílio no Porto.

Seis restaurantes com entrega ao domicílio no Porto

  • Restaurantes
  • Japonês
  • Constituição
  • preço 1 de 4

Apetece-lhe sushi mas não lhe apetece sair do sofá? Está com vontade de devorar umas peças mas não tem companhia? Vá ao site do Sushi em Tua Casa? e encomende um menu de sushi de fusão (há opções com várias peças). Todas as combinações são freestyle e feitas no dia, consoante a criatividade do sushiman e os ingredientes frescos disponíveis.

  • Restaurantes
  • Italiano
  • Cedofeita
  • preço 1 de 4

Pizza: a comida que apetece sempre em dias de preguiça. As da Presto, com massa fina e estaladiça, são boas e tocam-lhe à campainha todos os dias se assim o entender. Como há várias casas espalhadas pela cidade, o melhor que tem a fazer é espreitar o site e ver a que fica mais perto do sítio onde as quer receber. As encomendas podem ser feitas online ou pelo telefone. Se não souber o que escolher, decida-se entre a Capricciosa ou a Al Pomodoro. À sobremesa, mande vir a tarte de brigadeiro, uma imagem de marca da casa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Fusão
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Todos os dias, entre as 12.00 e as 23.00 pode encomendar a marmita bb. O que é? Um conceito que o bbGourmet tem em todos os restaurantes do grupo e que permite que o cliente receba, em casa ou no trabalho, algumas das especialidades deste grupo. O arroz de polvo pré-preparado, o caril de frango pronto a comer e o bolo tentações de chocolate, uma provocação a qualquer dieta, são algumas das opções que lhe podem ir parar à porta. O valor mínimo da encomenda são 10€.

  • Restaurantes
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Decidiu começar uma dieta mas não teve tempo de fazer a marmita ontem à noite e está cheio de trabalho? Não precisa de andar às voltas à procura de um restaurante com alternativas saudáveis. Se trabalhar (ou morar) na Boavista, encomende o almoço no Pick Me. Há sumos de fruta, batidos, sandes e empadas.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Encomendar comida não significa encomendar salgados. Os doces são (ou pelo menos deviam ser) parte de uma alimentação equilibrada, perdão, feliz. E nada deixa uma pessoa mais feliz que uma caixinha cheia de éclairs da Leitaria da Quinta do Paço. A má notícia é que a taxa de entrega é de 25€, excepto em casos de grandes encomendas (leia-se a partir de 50€). Ok... não é necessariamente uma má notícia. Convide os amigos e lanche à grande sem sair de casa.

  • Restaurantes
  • Geladarias
  • Taipas

No Verão ou no Inverno, um gelado é sempre um remate certeiro para o final de uma refeição. E os gelados, todos sabem, são obrigatórios em todos os congeladores caseiros. Na Santini há sabores para todos os gostos — manga, coco, morango, nata e muitos mais — que lhe podem tocar à porta diariamente. Para encomendar (as entregas são feitas entre as 11.00 e as 23.00), ligue para o 21 596 3000. No Porto, a taxa de entrega é de 5€ (excepto se a encomenda for superior a 25€). Os preços variam entre os 12,90€ (caixas de meio litro) e os 44€ (caixas de dois litros).

Outras sugestões

  • Restaurantes
  • Português
  • preço 1 de 4

Há dias em que apetece abusar do sal e da gordura e deixar os vegetais na gaveta do frigorífico. Quando isto acontece, o melhor é não contrariar a sua vontade e dirigir-se até uma das 8 melhores tascas no Porto. Peça um fino e deixe que os petiscos se acomodem no estômago. Só mais uma coisa: se a sua dieta não aguentar este artigo, a culpa não é nossa.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade