Três sítios para comer massa fresca no Porto

Com este frio, um prato de pasta é sempre bem-vindo. Se for caseira, ainda melhor. Conheça três sítios para comer massa fresca no Porto
massada de bacalhau do Terra Nova
© João Saramago Massada de bacalhau do Terra Nova
Por Teresa Castro Viana |
Publicidade

Se anda com vontade de comer um prato de pasta caseira mas não tem tempo nem paciência para pôr as mãos na massa quando chega a casa do trabalho, tome nota destes três sítios para comer massa fresca no Porto.

Três sítios para comer massa fresca no Porto

 sergio crivelli
© DR
Restaurantes, Pizza

Sergio Crivelli

icon-location-pin Matosinhos

Não é fácil encontrar restaurantes italianos onde sirvam massa fresca. Mas é precisamente essa uma das imagens de marca do espaço do chef Sergio Crivelli, em Matosinhos. Carbonara, massa com gambas e alho e bolonhesa são algumas das alternativas.

Ammar
© João Saramago
Restaurantes

Ammar

icon-location-pin Leça da Palmeira

Apesar de não ser um restaurante italiano, o Ammar tem bons pratos de massa fresca na carta. Exemplos? O robalo do mar com linguini e molho de aipo torrado e a opção vegetariana de tagliatelli com manjericão, tomate seco e scarmoza.

Publicidade
Terra Nova
© João Saramago
Restaurantes, Português

Terra Nova

icon-location-pin Ribeira

A massada de bacalhau, com linguini fresco feito duas vezes por dia, já se tornou a estrela deste restaurante especializado na Ribeira. É servido com lascas de bacalhau da Islândia e molho de tomate caseiro.

Outras sugestões

Rissóis de carne
© João Saramago
Restaurantes, Petiscos

Três sítios para comer rissóis de carne no Porto

Petiscar é um verbo que deve ser pronunciado com agrado, de preferência rodeado de amigos e com umas cervejas à frente. Os rissóis de carne são um dos snacks que mais se encontram na cidade mas nesta lista dizemos-lhe qual é o top 3.

Publicidade
Restaurantes, Japonês

Três sítios para comer ramen no Porto

Noodles, um caldo aromático e ingredientes que dão sustento para aguentar os dias frios que se vão fazer sentir nos próximos meses são os ingredientes básicos deste prato que nasceu na China e se popularizou no Japão. Descubra três sítios para comer ramen no Porto.

Publicidade