Notícias / Comida

Bairrista: a nova churrasqueira moderna do Lumiar

Bairrista
©DR

No Bairrista, a nova churrasqueira do Lumiar, pode escolher só peito, só perna e um sem fim de molhos diferentes. E vai querer fotografar o packaging que tem tanto de moderno como de bonitinho.

Já todos resolvemos jantares com uma ida rápida ao take-away de frango assado mas não é por se tratar de uma refeição de última hora que deixamos de ser menos exigentes com a qualidade do frango. Queremos saber se está suculento, mais ou menos chamuscado. Ricardo Teixeira, empresário do mundo digital, andava a dizer aos amigos que o melhor frango era o de Sobralinho, perto de Arruda dos Vinhos, e começou a pensar à séria sobre o que é preciso para um bom frango assado. Juntou-se a um amigo, que ficou entusiasmado com o “potencial gigante” da ideia e com a possibilidade de fazer algo diferente com algo tão tradicional, e abriram o Bairrista, uma churrasqueira no Lumiar com take-away e entregas ao domicílio.

Fotografia: Duarte Drago

 

“Fui estudar frangos, grelhadores, batatas”, conta Ricardo, com o objectivo de abrir “a churrasqueira mais luxuosa”, brinca sobre o espaço no Lumiar que tem néons, um balcão revestido a mármore e com troncos de madeira freixo e uns quantos lugares sentados. Os frangos que saltam para a grelha – que está de “pernas para o ar”, com o calor em cima e o frango por baixo, com a gordura a cair num tabuleiro de água, para controlar melhor o processo e serem menos poluentes – vêm de Portel, no Alentejo, de um produtor que assegura as entregas diárias.

 

A salada césar, com frango assado desfiado
Fotografia: Duarte Drago

 

 

Ricardo quis dar a possibilidade de escolher apenas coxas ou peito (3€/a unidade), frangos inteiros (10€) ou meios (5€), e diferenciar-se com os molhos. O mais consensual, por agora, é o à bairrista, com tangerina e óregãos, mas há também o molho do leitão, com pimenta, o picante com pimenta da terra dos Açores, e os clássicos molho de alho e clássico, tudo a pedir para lamber os dedos sem pudores no final.

Também há outros pratos de frango, com a versão à passarinho (6€), à Brás (7,50€), vinagrete (5€) e em sandes de frango (5€), bem como saladas mistas e alentejana para acompanhar, uma césar, com frango assado desfiado (7€). Para o frango ir bem acompanhado, há batata em palito (2,50€), batata doce em palitos (3€), chips (2,50€) e a murro (3€). E nem o doce no final é descurado, com sobremesas diferentes todos os dias e gelados Häagen-Dazs.

©DR

 

Como boa churrasqueira, permite o take-away e tem entrega ao domicílio e aqui também o estacionário e packaging é diferente: não há plásticos nem as típicas caixas de alumínio, são caixas de cartão reutilizáveis. Pode encomendar por telefone ou pela aplicação do Bairrista e pagar de todas as maneiras possíveis, do dinheiro ao multibanco, passando pelas mais recentes plataformas MBWay, PayPal e moedas Bitcoin. A taxa de entrega é 1,50€.

Rua Manuel Marques, 2, loja 2C (Lumiar). 21 765 1500. Seg-Dom 12.00-15.00/19.00-22.00.


+ O melhor frango assado em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments