Três sítios para comer prego de atum

O prego clássico ganhou uma companhia mais leve mas igualmente agradável para rematar mariscadas ou aconchegar uma refeição de petiscos. Descubra onde comer prego de atum em Lisboa.
Cais ao Mar
Fotografia: Manuel Manso Prego de atum do Cais ao Mar
Por Inês Garcia |
Publicidade

Uma posta alta e apenas levemente braseada: assim se quer o atum no prego de atum. Saiba onde encontrar belos exemplares em Lisboa. 

Três sítios para comer prego de atum

Cais ao Mar
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Frutos do mar

Cais ao Mar

icon-location-pin Cais do Sodré

Depois de uma mariscada, a sobremesa começa sempre com um preguinho. Nesta casa no Cais do Sodré, onde o marisco é praticamente todo nacional, além do tradicional bife do lombo, há pregos de atum servidos em bolo do caco com manteiga de alho. O atum é um belo naco, suculento, braseado muito levemente. Vem com flor de sal.


Preço: 10€

Páteo do Guincho
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Petiscos

Páteo do Guincho

icon-location-pin Cascais

O restaurante dentro do Clube D. Carlos, ao lado do Parque de Campismo do Guincho, tem a versão petisco, com o lombo de atum em pão de alfarroba, com umas folhinhas de rúcula, e outra de prato principal, com o atum braseado servido com puré de wasabi (14€).

Preço: 7,50€

Publicidade
Sea Me
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Sea Me - Peixaria Moderna

icon-location-pin Bairro Alto

No Sea Me há peixe à la carte: dá para se sentar à mesa e comer mariscos, um peixe grelhado, fazer uma refeição só de sushi ou só de petiscos. O prego de atum só por si também calha bem – é servido em bolo do caco de alfarroba, com manteiga de ervas e acompanha com chips de batata doce (atenção que varia de acordo com a disponibilidade do produto, convém ligar a perguntar se há).

Preço: 14,50€

Publicidade