A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
KUG
© DRKUG

Os melhores refúgios para este Inverno no Porto

Para fugir ao frio e à chuva, o Porto tem muito para oferecer. Saiba o que pode fazer na cidade nestes meses de Inverno.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

Os dias mais cinzentos podem ser uma boa oportunidade para descobrir alguns dos lugares mais bonitos do Porto. Sozinho ou bem acompanhado, a cidade está recheada de bons espaços para se abrigar do frio e da chuva. Com mantas e lareiras, a aconchegar com café, chá e chocolate quente, com bolinhos caseiros e pratos reconfortantes de comida tradicional, ou no meio de discos, livros e outras obras de arte, nestes sítios vai poder aquecer o corpo e a alma. Até os dias mais tristonhos vão parecer melhores.

Recomendado: As melhores coisas para fazer no Porto com chuva

Refúgios para o Inverno no Porto

  • Restaurantes
  • Salas de chá
  • Cedofeita

Esta loja e casa de chá é um refúgio para fugir da confusão da cidade. Aqui pode comprar ou provar mais de 300 variedades – do Japão, da Tailândia, da Índia e de outros cantos do mundo. Se tiver dúvidas na hora de escolher, recomenda-se o chá preto com especiarias, ideal para os dias frios. O jardim é o cenário perfeito para provar o menu de almoço ou um lanche aconchegante.

  • Restaurantes
  • Porto

Nos meses mais quentes, o jardim secreto do KUG é um dos lugares mais especiais para estar com os amigos, os amores e os patudos. Agora com pérgolas de madeira aquecidas e uma carta recheada de comida de conforto, o KUG está pronto para enfrentar o frio. O novo menu de Inverno, idealizado pelo chef Rui Paula, é feito com produtos frescos e da época, totalmente pensado para esta estação. Se preferir brunch, pode experimentá-lo aos sábados, domingos e feriados, das 12.00. às 15.30, com opções desde 19€ por pessoa.

Publicidade
  • Música
  • Campanhã

Se quiser desligar do mundo e passar umas horas a ouvir música, este é o sítio certo. A Fonoteca é simultaneamente um arquivo sonoro da cidade e um espaço público de apreciação musical. Reúne um acervo de cerca de 35 mil fonogramas, na sua grande maioria provenientes de colecções doadas à Câmara Municipal do Porto pela Rádio Difusão Portuguesa e pela Rádio Renascença. Além de disponibilizar um arquivo representativo de grande parte da produção discográfica em Portugal, na colecção também se encontram discos importados de artistas internacionais e obras de conteúdo não musical, como poesia ou discursos políticos. Está aberta de terça-feira a sábado, das 14.00 às 19.00.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa

Instalado num edifício centenário, o Café Vitória tem um café, uma zona envidraçada que se assemelha a um jardim de Inverno, um jardim nas traseiras e ainda um restaurante com opções de almoço, mais leves, e de jantar. Perfeito para qualquer altura do dia.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Geladarias
  • Santa Catarina

Se acha que nunca está demasiado frio para comer um gelado, bem-vindo ao clube. A Lavoratta, a nova gelataria na Rua de Santa Catarina, vestiu-se a rigor e renovou a carta para abraçar os dias mais frios. Aproveite a fonte de chocolate quente, que pode derramar sobre os gelados artesanais, e aqueça-se na nova lareira que está instalada na esplanada interior. 

  • Compras
  • Livrarias
  • Baixa

A Térmita está instalada num espaço que funcionava como armazém de madeiras, contíguo ao Café Candelabro. É uma livraria generalista, onde os livros novos e usados habitam as mesmas estantes. Entre livros e música de variados formatos, privilegiam editoras pouco representadas e caseiras. O espaço está também a ser utilizado para uma programação cultural variada que abrange as artes plásticas, a música, a literatura e outras formas de expressão.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Centros culturais
  • Santa Catarina

Na cave do Ateneu Comercial do Porto, na antiga sala de bilhares, nasceu um sports bar. Decorado com mobiliário clássico e com paredes recheadas de imagens da história do desporto (do futebol ao râguebi), conta com vários ecrãs e uma tela gigante. Para comer há croquetes de alheira picante, chamuças, sandes, tostas, pizzas de massa artesanal, cachorros, pregos e hambúrgueres.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Aqui pode pedir uma série de moagens e aquecer-se com um bom café de especialidade. Nas traseiras do espaço há uma esplanada resguardada e uma sala com janelas que vão do chão até ao tecto, onde pode sentir o sol e continuar refugiado do frio lá fora. Acompanhe a bebida com o pão de banana caseiro ou as cookies de chocolate. No fim, pode comprar café para levar para casa.

Publicidade
  • Compras
  • Cedofeita

No coração do quarteirão das artes, o CC Bombarda é um espaço especial, que combina moda, joalharia, gastronomia e cultura, dando espaço a criadores emergentes do Porto. Desde restaurantes a lojas de discos, plantas, chás, vinho, moda, brinquedos e cosmética biológica, há sempre bons motivos para passar por aqui.

  • Atracções
  • Bibliotecas, arquivos e fundações
  • Bonfim

Quem passar uma tarde numa biblioteca, vai sair de lá uma pessoa melhor – e sem gastar um tostão. O Porto tem duas bibliotecas municipais de acesso gratuito. A Biblioteca Pública do Porto foi fundada em 1833, por ordem de D. Pedro IV, em plenas lutas liberais, e está instalada, desde 1842, no antigo Convento de Santo António da Cidade. Recebe todas as publicações editadas no país, contando com acervos de grande valor. Bastante mais recente é a Biblioteca Almeida Garrett, inaugurada em 2001 nos jardins do Palácio de Cristal. Ambas têm diferentes salas de leitura para consulta e leitura, mas também pode requisitar livros e levá-los para casa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Galerias

É um bom sítio para sentar e desfrutar de um café sem pressa. Decorado com plantas e mobília adquirida em lojas de antiguidades, este espaço de inspiração nórdica serve, diariamente, pequenos-almoços, brunch e várias bebidas de cafetaria, desde o clássico espresso a um beterraba soja latte. Nas traseiras do espaço fica uma esplanada coberta, com salamandra e sofás, onde pode relaxar.

  • Restaurantes
  • Confeitarias
  • Porto

É um dos clássicos do Porto. Aberta desde 1972, na Rua de Júlio Dinis, é uma referência ao nível da confeitaria, pastelaria e doçaria tradicional. São várias as suas especialidades, como os húngaros, o pão-de-ló e o bolo-rei, que fazem durante todo o ano.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bonfim
  • preço 2 de 4

Há mais de 30 anos que o restaurante A Cozinha do Manel está de portas abertas ao serviço da cozinha tradicional portuguesa. Nesta casa portuense, com dois fornos a lenha, a cozinha é genuína e robusta, com doses generosas e dias marcados para cada uma das especialidades, como as tripas à moda do Porto, o arroz de pato, o cozido à portuguesa, a vitelinha ou o cabritinho assado no forno, feito por encomenda. No final, prove um cheirinho do Natal à sobremesa com as rabanadas e a aletria.

  • Restaurantes
  • Vegetariano
  • Bonfim
  • preço 2 de 4

Entramos para comer bons bolinhos, mas acabamos a fazer festas a gatinhos. E, quem sabe, a arranjar um amigo para a vida. Os gatos vêm de uma associação de animais e aguardam novas famílias para adopção responsável. Entre um lanche e um almoço, há muito para comer neste cat café amigo de todos os animais – tudo o que servem é de origem vegetal. Na sala dos felinos, os visitantes só entram para conviver com os patudos, não podem levar comida. Pode comer na sala de entrada ou na esplanada, onde os bichanos procuram o sol para se refastelar e ronronar charme. 

Publicidade
  • Museus
  • História
  • Cedofeita

É um dos mais importantes museus do país. O antigo Museu Portuense de Pinturas e Estampas foi o primeiro museu público de arte de Portugal, fundado em 1833, e instalado desde 1940 no Palácio dos Carrancas com o actual nome. Possui colecções de cerâmica, escultura, gravura, joalharia, mobiliário, ourivesaria, pintura, têxteis e vidros, com destaque para o Desterrado, a obra-mestra do escultor António Soares dos Reis.

  • Compras
  • Porto

A resposta para todos os problemas da vida está no Bolhão. Flores e plantas, chouriços e salsichas, frutas e legumes, peixes e mariscos, pães e bolos. E ainda cafés, restaurantes e lojas variadas. O Bolhão tem tudo. Abasteça-se aqui e vá para casa inspirado para cozinhar com os melhores ingredientes. É impossível tanta coisa boa não animar o dia mais chuvoso. 

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Cedofeita

É um lugar para estar, sem pressas, a contemplar as paredes no interior, o verdejante pátio no exterior ou a viajar para fora sem sair da cadeira. O Espiga é uma galeria, um bar e um restaurante, que integra uma loja de artesanato e uma livraria de viagens. Aqui servem-se copos e petiscos, almoços e jantares, e um menu de brunch ao fim-de-semana. Organizam-se workshops, exposições, lançamentos de livros, debates e conversas sobre viagens. É um espaço em constante mudança, aberto ao mundo e ao pensamento livre.

  • Restaurantes
  • Confeitarias
  • Baixa

A Nandinha faz parte da história mais doce da Invicta. Nascida em Angola no início da década de 1970 e transferida para o Porto nos finais de 1975, a confeitaria é um espaço incontornável na cidade. Se conseguir resistir aos doces a sorrir na montra, admiramos-lhe a capacidade de resistência. Além das glorinhas, que são as estrelas da casa, há pastéis de nata, almendrados, biscoitos húngaros, bolas de Berlim, croissants, brigadeiros e muito mais. Encha uma caixa e leve para casa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Galerias

No centro da movida portuense, nasceu em Outubro um espaço que lembra que a vida é demasiado curta para fazer dieta. Aqui, os milkshakes são servidos com bolachas e dónutes, os bolos têm um mínimo de três camadas e as panquecas são pornográficas. A carta, inspirada no brunch americano, é servida durante todo o dia. 

  • Atracções
  • Edifícios e locais históricos
  • Baixa

O antigo Tribunal e Cadeia da Relação do Porto foi construído no século XVIII. Durante quase 200 anos, as suas celas albergaram nomes ilustres como Camilo Castelo Branco, acusado e condenado por adultério com Ana Plácido, também ela encarcerada nesta prisão. No final do século XX foram feitas obras de renovação que permitiram que o edifício pudesse acolher o Centro Português de Fotografia, com o objectivo de promover o património fotográfico. Merece sempre uma visita, pela arquitectura do edifício e pela riqueza das suas colecções e exposições.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bonfim
  • preço 2 de 4

Na Rua da Alegria, a Casa Nanda é uma referência da cozinha tradicional portuguesa desde 1978. Para quem quiser comer como se estivesse na casa da avó – bem servido e bem recebido –, a Casa Nanda é sempre uma aposta segura. Os bolinhos de bacalhau, o cozido à portuguesa, os filetes de pescada, o arroz de polvo e a aletria, cheios de sabor e feitos com carinho, são alguns dos pratos mais emblemáticos.

  • Compras
  • Livrarias
  • Cedofeita

Gato Vadio é uma livraria independente, com estantes recheadas de livros de pequenas mas grandes editoras, entre poesia, política, anarquismo, edições de autor e de nicho. Mas é também um café-bar, uma associação cultural, um espaço de convívio, de resistência e de intervenção social, com exposições, performances, sessões de cinema e sopa quente.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Cedofeita

Aqui entramos para ver obras de arte e inspiramo-nos para fazer a nossa própria obra de arte. Enquanto galeria, loja, cowork e agência criativa, a Circus Network tem sido um dos pilares da arte urbana e da ilustração no Porto. Vendem todo o tipo de obras de arte – desde telas originais a prints e pequenas esculturas – material para graffiti, roupa, livros e discos, mas também organizam exposições, workshops, residências artísticas e pinturas de murais – o primeiro mural legalizado de arte urbana do Porto, em Miguel Bombarda, foi promovido pela Circus. Mostrar todo o potencial desta forma de expressão artística é a sua missão.

Mais ideias para fugir do frio no Porto

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade