A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Do Norte café
© João SaramagoDo Norte café

26 cafés que tem de conhecer no Porto

Corremos as ruas da cidade à procura dos melhores cafés no Porto. Tome nota, não vá dar-lhe uma quebra de cafeína.

Escrito por
Editores da Time Out Porto
Publicidade

Se há coisa que fazemos bem é beber um cafezinho várias vezes ao dia. É vital. Se não ingerirmos uma dose de cafeína volta e meia, não somos os mesmos e ninguém nos atura. A pensar nisto, e neste hábito tão enraizado na cultura e sociedade portuguesas, é que lhe preparámos esta lista com os cafés no Porto que tem de conhecer. Uns mais clássicos e antigos, outros mais modernos e com cafés de especialidade, moídos na hora, vindos de vários cantos do mundo. Agora já não tem desculpa para adiar mais aquele café há muito planeado.

Recomendado: 15 sítios para beber café de especialidade no Porto

Cafés no Porto que tem de conhecer

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Galerias

Inspirado no norte que lhe dá nome (de Portugal e dos países escandinavos), este espaço serve, diariamente, pequenos-almoços e brunches. Tudo pode ser acompanhado por várias bebidas de cafetaria, desde o clássico espresso a um beterraba soja latte. Nas traseiras do espaço fica uma esplanada coberta, muito bonita e confortável, onde pode relaxar, rodeado de plantas.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa

O Negra Café conta com dois pisos, por onde se espalham mesas, sofás e poltronas muito confortáveis, perfeitas para ler um livro ou trabalhar ao computador, com um cappuccino ou um latte. No menu há também tostas, panquecas, saladas, sumos, sangrias e bolos caseiros. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Galerias
  • preço 1 de 4

No Nola Kitchen não entram alimentos processados e tudo é feito com o máximo de respeito pelo ingrediente. Produtos maioritariamente biológicos e locais são as matérias-primas deste espaço saudável. Tostas, bowls, saladas e pratos para partilhar são algumas das estrelas da carta. Para beber há cappuccino, café de filtro, latte e até matcha lattes. 

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Galerias
  • preço 1 de 4

É um dos cafés mais badalados da Baixa e a principal razão dá pelo nome de panquecas. Há para todos os gostos, com várias coberturas e acompanhamentos. Mas não só: também há sumos, smoothie bowls e um brunch muito fotogénico para encher o Instagram de likes.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Salas de chá
  • Galerias
  • preço 1 de 4

Depois de ter passado dois anos a adoçar feiras e mercados, Ana Maio abriu o espaço físico da Miss Pavlova numa das lojas com mais pinta da cidade, a Almada 13. Agora, tem o seu próprio espaço no número 21 da mesma rua, com pavlovas, macarons, rolinhos de canela e dois menus de brunch.

  • Restaurantes
  • Foz

Este espaço fica na Foz e, através do nome, presta homenagem à flor do Porto. A carta está cheia de coisas boas para devorar na refeição mais tendência do momento, o brunch. Exemplos? Ovos escalfados com creme de abacate, molho holandês e cebolinho, sandes de carne com especiarias, compota de cebola e mostarda picante, bowls, tapiocas ou panquecas. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Santa Catarina
  • preço 2 de 4

Neste excelente exemplar de Arte Nova, que abriu em 1921, espere encontrar opções para um chá das cinco merecedor de tal nome e as famosas rabanadas da casa, com creme de ovos e frutos secos, que podem ir das nozes aos pinhões. Não faltam, portanto, sugestões para forrar o estômago, enquanto enche os olhos com a decoração dos anos 20.

  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Aqui há boas sugestões para pequeno-almoço, almoço e lanche. Bolo de banana, ovos em pão de fermentação lenta, rabanada de brioche com bacon, chutney de pimentos e xarope de ácer, e pudim de chia com leite de amêndoa, banana da Madeira, creme de caju e bagas da época são algumas das melhores opções para aconchegar o estômago. E o café é de especialidade.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Santa Catarina

Aqui, os grãos são sempre da espécie arábica mas não são torrados no próprio espaço. Esse processo fica a cargo de diferentes torradores. Se ficou com curiosidade, deixe-se levar por uma das experiências disponíveis que lhe permitem provar três tipos de café filtrados com a V60.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 1 de 4

O café de especialidade já não é algo desconhecido para os portuenses. E menos se tornou quando a Fábrica Coffee Roasters chegou ao Porto, vinda da capital. Neste espaço, além de beber café, também o pode comprar para levar para casa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Com uma  identidade própria e muito ligada à música – a começar pela colecção de vinis que são a banda sonora do espaço –, o BOP é o lugar perfeito para quem gosta de café, cocktails e comida americana. Entre generosos hambúrgueres, nachos e asas de frango, no menu vai encontrar muita coisa boa. 

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Bonfim
  • preço 1 de 4

Com mais de cinco décadas de vida, o Café Velasquez é um dos mais emblemáticos do Porto. As várias referências ao clube da cidade não escondem a paixão clubística do café das Antas, no qual já se sentaram José Maria Pedroto, Jorge Nuno Pinto da Costa e até alguns treinadores.

Publicidade
  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Vegetariano
  • Cedofeita
  • preço 1 de 4

O Época é um dos cafés mais bonitos da cidade. Com opções para todas as horas (há bolos caseiros e pratos do dia feitos com ingredientes da época), é um spot onde não entram carne e peixe e onde apetece ficar por largas horas.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa

Do mesmo grupo da Leza, em Leça da Palmeira, a Ponto 2 é uma padaria e confeitaria a dois passos da Rotunda da Boavista onde servem um óptimo brunch. Mas não só – também há tostas, bolos caseiros, pastelaria, saladas e muitas bebidas de cafetaria, que pode apreciar no espaço interior ou na esplanada exterior. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Porto

Todos os dias há uma sopa, tostas, saladas e wraps, mas as combinações variam consoante a disponibilidade dos produtos. Garantias: bons legumes, boas frutas e boas fotos. Também há sumos naturais, biscoitos biológicos para acompanhar o café, e um bom terraço no piso de cima.

  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 2 de 4

O spot da moda no que ao brunch diz respeito continua a merecer uma visita. A shakshuka, as panquecas e as bowls são óptimas opções para uma refeição colorida e de sustento. Para acompanhar, tanto pode ir pelo café como pelos cocktails.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 1 de 4

Neste espaço em Matosinhos, o café de especialidade é a estrela da companhia. Há exemplares de várias origens e panquecas biológicas com toppings naturais e isentas de glúten. O Booínga também tem uma bela loja online onde pode comprar café, equipamentos para café, filtros e até chás. 

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Bonfim
  • preço 1 de 4

É possível que já se tenha cruzado com o café artesanal da Combi em eventos pela cidade. Agora também o pode provar num espaço físico, instalado numa antiga garagem perto dos Poveiros. Como a estrela é o café, peça-o para levar ou sente-se numa das mesas com vista para a rua.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Flores
  • preço 1 de 4

A Rua das Flores é uma das ruas com mais pinta da cidade. Por isso, não é de estranhar que tenha um espaço como o Mercador Café, que ocupa um antigo armazém de atoalhados. O menu está recheado com pratos ideais para pequeno-almoço ou brunch e há muitas bebidas quentes de cafetaria para beber. 

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Um dos cafés mais famosos de Lisboa chegou ao Porto com uma carta completa e cheia de alternativas para todas as horas. Do pequeno-almoço ao brunch, do almoço aos petiscos de final de tarde, não faltam boas alternativas para os amantes de boa comida. Se gosta de pratos bonitos, este também é o sítio certo.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Vila Nova de Gaia
  • preço 1 de 4

Neste antigo armazém, a dois passos do Cais de Gaia, pode beber café de especialidade e experimentar produtos locais, como os velhotes e a broa de Avintes. Também é um óptimo sítio para trabalhar, por isso leve o computador e fique por lá.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa

Quem passa na Rua de José Falcão nem sempre se apercebe do que há dentro do Café Vitória. E há muito. Há um café, uma zona envidraçada que se assemelha a um jardim de inverno-tipo-estufa, um jardim nas traseiras e ainda um restaurante com opções de almoço, mais leves, e de jantar.

Publicidade
  • Bares
  • Cafés/bares
  • Aliados

O Café Guarany foi fundado em 1933, após uma remodelação projectada pelo arquitecto Rogério de Azevedo, contando com a participação do escultor Henrique Moreira que executou o famoso alto-relevo em mármore do Índio. A sua decoração relembra os indígenas guarany da América Meridional (daí o seu nome) e a sua evocação tropical é alusiva ao Brasil do século XX como primeiro produtor mundial de café. Está localizado em plena Avenida dos Aliados e é considerado um dos cafés históricos do Porto.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Bonfim
  • preço 1 de 4

Apesar de não ficar no coração da Baixa, o Mesa 325 conquistou muitos clientes assíduos em pouco tempo. Principalmente os amantes de bom café, já que o que aqui se vende é artesanal. Por outro lado, também é ideal para as pessoas que gostam de estudar ou trabalhar fora de casa. Durante as pausas, aproveite para espreitar as revistas ou provar os bolos que aqui servem.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Galerias
  • preço 1 de 4

O Sical é um dos cafés mais famosos da Baixa do Porto. Nasceu em 1947 e começou por importar café. Sim, porque aqui o café é levado bem a sério, já que se continua a vender moído para consumo na casa ou para levar para fora.

  • 3/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Cafeteria
  • Clérigos
  • preço 2 de 4

O Noshi serve comida saudável e café de especialidade de várias origens, como o Brasil, a Costa Rica, a Colômbia ou as Honduras, com grão 100% arábica. Acompanhe-o com uma das panquecas da carta.

Para gastar energia

  • Coisas para fazer
  • Caminhadas e passeios

O Porto está particularmente bem servido neste departamento. Sim, não nos poupamos de elogios à cidade. Do Parque de Serralves ao Jardim das Virtudes, é difícil cansarmo-nos dos espaços verdes espalhados um pouco por todo o lado. Cada um tem a sua história, a sua identidade, e o seu melhor ângulo para a fotografia nas redes sociais. É fácil perceber porque é que estes são os melhores parques e jardins no Porto: são boas opções para passear ao fim-de-semana, fazer algum exercício fisico ou até para descansar no final de um dia longo de trabalho. 

Recomendado: Os melhores miradouros no Porto

  • Desporto
  • Corrida

Fazer exercício ao ar livre é a melhor forma de relaxar e sair de casa, em segurança, durante umas horas. Por isso, calce as sapatilhas e vá conhecer os melhores sítios para correr no Porto. Há opções para todos os graus de dificuldade, ora em estrada plana, ora em terreno desnivelado com direito a subidas para acelerar o ritmo cardíaco, e muitas delas com vistas que ajudam a esquecer o cansaço. Caso goste mais de fazer exercício em duas rodas, também pode ir pedalar para um dos melhores sítios para andar de bicicleta no Porto. 

Recomendado: Os 15 melhores restaurantes saudáveis no Porto

Publicidade
  • Desporto
  • Ciclismo

Apesar de o Porto não ser conhecido como uma cidade ciclável (fama que ganhou graças às suas ruas íngremes), todos os dias alguns corajosos aventuram-se a dar um passeio de bicicleta. Serviu-lhe a carapuça? Então, vá percorrer a Invicta de bicicleta nestas pistas e ciclovias. Algumas são à beira-mar, outras atravessam os parques e jardins mais bonitos do Porto e outras até passam pelo meio da cidade. Quando acabar de se exercitar, vá repor energias a um restaurante saudável ou descanse num dos melhores cafés do Porto

Recomendado: Os melhores sítios para correr no Porto

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade