Os melhores miradouros no Porto

Quando o sol se livrar das nuvens, saia de casa e visite os melhores miradouros no Porto
Afurada
© João Saramago
Por Margarida Ribeiro |
Publicidade

Não, ainda não está aquele tempo perfeito de Primavera, mas estamos positivos de que a chuva vai dar tréguas em breve. Comece a fazer planos para poder aproveitar o bom tempo passeando pela cidade e alimentando o seu feed do Instagram com os melhores miradouros no Porto. 

Os melhores miradouros no Porto

Jardim das Virtudes
©João Saramago
Atracções, Parques e jardins

Passeio das Virtudes

icon-location-pin Baixa

É um dos lugares mais procurados do Porto para relaxar ao fim do dia. O ritual é sempre o mesmo: comprar um fino num dos cafés e sentar-se no jardim a apreciar o pôr-do-sol sobre o Douro. Se lhe der a fome, nada tema. Perto das Virtudes tem o Árvore, um restaurante com pratos de carne, como rosbife, e outros vegetarianos; e a Taberna Santo António, num registo mais típico, com sandes, salgados e cozido à portuguesa ao domingo, de 15 em 15 dias. Aproveite e tire fotografias ao mural de Hazul, mas consigo no cenário, para ficar tudo mais bonito.

Miradouro da Vitória
©João Saramago
Atracções, Parques e jardins

Miradouro da Vitória

icon-location-pin Taipas

Fica no antigo quarteirão judaico e daqui tem uma das melhores vistas sobre Porto e Gaia. De lá vê-se o rio, as caves do vinho do Porto e monumentos como a Sé Catedral e o Palácio da Bolsa. Se quiser uma perspectiva diferente, e mais exigente, suba os 225 degraus da Torre dos Clérigos e fotografe a paisagem. Bem perto fica o Centro Português de Fotografia, sempre com entrada grátis; o Brick, um dos restaurantes saudáveis mais na moda; e o mítico Base, que reabre este mês, depois da habitual hibernação.

Publicidade
jardim do morro
© Diego Delso
Atracções, Parques e jardins

Jardim do Morro

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Meta os pés ao caminho e atravesse o tabuleiro superior da Ponte Luís I. Do outro lado fica o Jardim do Morro, em Vila Nova de Gaia, na base da Serra do Pilar. Construído em 1927, foi completamente reabilitado em Julho do ano passado. Tem passeios largos, bancos em pedra e uma bonita vista sobre o rio que vale a pena admirar. Aqui também pode apanhar o teleférico que vai até ao Cais de Gaia. O bilhete de ida e volta custa 9€. Se preferir ficar onde está, relaxe na Esplanada do Teleférico. O café fica-lhe por 1,50€ e um fino por 2,50€. 

Restaurantes, Português

Vinum

icon-location-pin Vila Nova de Gaia

Instalado em Gaia, nas caves da Graham’s, do século XIX, e com vista para o rio Douro e para a Invicta, este restaurante tem uma esplanada coberta por vinhas que conferem ao espaço um ar bucólico, bom para relaxar. Aqui aposta-se na gastronomia portuguesa, pelo que encontrará na carta pratos como chamuças de moura e maçã, croquetes de presunto ibérico, atum dos Açores, alheiras de Mirandela com pimentos e ostras do Algarve. Têm, obviamente, uma extensa carta de vinhos e muitos cocktails para celebrar a chegada da Primavera (todos a 9€).

A Time Out diz
Publicidade
Miradouro Bandeirinha da Saúde
© Marco Duarte
Coisas para fazer

Miradouro Bandeirinha da Saúde

icon-location-pin Baixa

Na Rua da Bandeirinha há uma pirâmide de granito onde antigamente se içava uma bandeira da saúde que, em tempo de peste, marcava o limite da atracagem dos navios. Períodos sombrios da História à parte, este miradouro tem vista para o Douro, para o casario e para Gaia. E, além de lhe oferecer uma perspectiva diferente da cidade, dá-lhe a oportunidade de brilhar entre os seus com esta proveitosa lição do passado.

Guindalense
© Cláudia Paiva
Bares

Guindalense

icon-location-pin Baixa

A esplanada do Guindalense Futebol Clube fica perto da , entre a Ponte Luís I, as escadas dos Guindais e a Muralha Fernandina. Daqui a vista parece um postal, com a ponte, a Serra do Pilar e o Douro no mesmo enquadramento. E já que se está a falar de uma colectividade de bairro, o menu principal de fim de tarde é o fino (1€), bem fresco, acompanhado de um cachorro, uma francesinha ou uma sandes mista. Não há melhor, garante-se.

Publicidade
Casa da Música
© Cláudia Paiva
Música, Música ao vivo

Varanda da Casa da Música

icon-location-pin Boavista

A Casa da Música é paragem obrigatória para quem visita o Porto e, além da agenda repleta de concertos, tem um restaurante no topo do edifício com uma vista bem fotogénica para a Rotunda da Boavista. Aproveite para almoçar. Na carta encontrará risotos, massas, pratos de peixe (como o polvo assado) e de carne (como a vazia de vitela). Faça ainda uma visita guiada ao edifício do arquitecto Rem Koolhaas, que custa 10€ e acontece às 11.00 e às 16.00.

Terraço 135
DR
Bares

Terraço 135

icon-location-pin Santa Catarina

No topo do Coliseu Porto há um terraço com vista para a Baixa desde o Verão do ano passado, perfeito para descontrair ao fim do dia, de copo à mão. Na carta, além dos clássicos mojitos e caipirinhas (7,50€), há cocktails de autor e outros sem álcool à base de purés de fruta fresca (7,50€). Se a fome apertar, aqui também se servem tostas, tábuas de enchidos, pregos no pão ou, sugestão da casa, ostras com uma flûte de champanhe Veuve Clicquot (8,50€).

Publicidade
Afurada de Cima
© João Saramago

Afurada de Cima

Em Gaia, desça a Rua Mártir São Sebastião até à Rua de São Pedro e  encontrará um novo enquadramento para as suas fotografias. Daqui vê-se o casario colorido, a Douro Marina, o mar, o rio e a bela Invicta. Aproveite e vá comer peixe fresco grelhado à Taberna de São Pedro, sempre de grelhador à porta. Para quem prefere carne, a Casa Portista serve moelas, bifanas e panados, mesmo ali à beira.

Miradouro Capela de Santa Catarina e Senhor dos Anjos
© João Saramago
Coisas para fazer

Capela de Santa Catarina e Senhora dos Anjos

icon-location-pin Porto

É um dos pontos mais altos da freguesia de Lordelo do Ouro e oferece uma ampla vista do local onde a água doce do rio se confunde com a água salgada do Atlântico. O mar fica à direita, à esquerda pode-se ver a Ponte da Arrábida, à frente a Afurada. Desça até à Travessa do Senhor da Boa Morte e vá à Adega Rio Douro, uma das casas mais conhecidas por estas bandas. Lá há sempre pratos de moelas, tripas à moda do Porto, iscas, bifanas e rojões para acompanhar um fino fresco (1€). Às terças junta-se-lhes fado vadio das 16.00 às 19.00. Um fartote.

Mais coisas para fazer

Brick Clérigos
© João Saramago
Coisas para fazer

101 coisas para fazer na Primavera

Chegou, finalmente, a estação mais amena do ano e com ela dias mais longos e cheios de sol (já era tempo). Aqui tem uma lista com 101 coisas para fazer na Primavera, repleta de sugestões. Actividades ao ar livre, refeições em restaurantes com esplanada, sítios para correr, workshops, floristas e gelatarias são algumas das ideias que lhe damos. Aproveite.

Teleférico Gaia
©Marco Duarte
Atracções, Torres e miradouros

As melhores vistas no Porto

A equipa da Time Out aproveitou o céu limpo dos dias de Verão para registar as melhores vistas no Porto, vistas essas de cortar a respiração. Das clássicas e fotogénicas, às secretas e improváveis, venha conhecê-las connosco. 

Publicidade
Galeria da Biodiversidade
© João Saramago
Coisas para fazer

15 coisas grátis para fazer no Porto

Visite museus e exposições, passeie por jardins, pinte um mural, admire a arte que existe pelas ruas, aproveite uma aula de ioga ao ar livre ou participe numa sessão de poesia. Aqui tem uma lista com várias coisas grátis para fazer no Porto, sem gastar um tostão.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com