Tudo o que pode fazer ao ar livre no Porto em Agosto

Se não gosta de estar fechado em casa quando chega o bom tempo, aqui tem uma lista com tudo o que pode fazer ao ar livre no Porto em Agosto
Passeio no Douro - RiverSoul
©Claudia Paiva Passeio do Douro com a RiverSoul
Por Sérgio Gomes da Costa |
Publicidade

Agosto é, normalmente, sinónimo de sol, bom tempo, praia e férias. A melhor forma de aproveitar o mês é passá-lo fora de casa. Nesta cidade é fácil encontrar muitas actividades nas quais pode participar, por isso, organizámos-lhe esta lista com tudo o que pode fazer ao ar livre no Porto em Agosto. Há ioga, tai chi e pilates em alguns dos melhores parques e jardins da cidade, bem como torneios de mini golfe. Sugerimos ainda alguns percursos para caminhadas e passeios de barco, carro ou bicicleta. Além disto, há ainda cinema ao ar livre e muita música. Vá apanhar ar e divirta-se.

Recomendado: Coisas para fazer no Porto em Agosto

Tudo o que pode fazer ao ar livre no Porto em Agosto

Este sábado celebra-se o Dia Mundial do Tai Chi
© DR

Faça exercício sem custo

Atente nas palavras-chave: grátis e ao
 ar livre. Temos a sua atenção? Boa. Os Dias com Energia são uma iniciativa com aulas gratuitas de ioga, pilates e tai chi. Acontecem em vários locais: Jardins do Palácio de Cristal ao sábado, das 9.00 às 12.00; na Quinta do Covelo também ao sábado, 10.30; no Parque da Cidade ao domingo, 10.00 e 11.30; no Parque Oriental da Cidade no sábado 25 às 10.00; no Jardim de Arca D’Água nos domingos 5 e 19, às 9.00; na Praça D. João I, sábado 11, às 10.00, e no Parque da Pasteleira, sábado 18, às 10.00. Se gosta de exercícios calmos, o Clube de Minigolfe, no Jardim do Passeio Alegre tem dois circuitos com 18 pistas cada e obstáculos com vários níveis de dificuldade. Se quiser ver uma competição, espreite o Torneio de São Bartolomeu, no domingo 26 das 9.00 às 14.00. A entrada, repetimos, é gratuita. Deixe-se de desculpas.

BBDouro
©DR

Faça-se ao mar

Lá porque lhe apetece ir para dentro de água não significa que tenha de se molhar. Foi para isso que se inventaram os barcos. Experimente, por exemplo, um baptismo de vela com a BBDouro. Aqui, pode participar em várias manobras, desde andar ao leme a içar as velas, aprendendo a navegar num veleiro. Mais dados em www.bbdouro.com.

Numa versão vintage, os passeios da RiverSoul são também uma boa proposta. Fazem-se num barco da década de 70, bastante charmoso, e incluem uma experiência gastronómica que, na versão mais curta (entre as duas horas e as
 duas horas e meia), vai desde um menu
 de degustação a uma combinação de espumante e doces. Se quiser passar um dia no barco, pode ter uma refeição ao almoço e menu de degustação à tarde. Os preços vão desde os 200€ aos 1000€. Marcações pelo 91 783 7132.

Publicidade
Classic Porto Tours
©DR

Passeie sobre rodas

Já se imaginou de cabelos ao vento num clássico do automobilismo português? Pois bem, certifique-se de que ainda tem cabelo e deixe que a Classic Porto Tours trate do resto. Os passeios acontecem num UMM Alter, duram entre uma e três horas e atravessam vários cenários. Há ainda a possibilidade de passar um dia inteiro. Quanto aos trajectos, são planeados caso a caso. Basta ligar para o 91 811 2953 e combinar.

Se em vez de motores prefere pedais, temos outra sugestão. Junte-se à Bicicletada (ou Massa Crítica), uma iniciativa que reúne ciclistas para um giro pelas ruas da cidade,
 e que pretende assumidamente promover
 a utilização da bicicleta no Porto. Não é por acaso que o seu lema é “anda de bicicleta todos os dias, festeja uma vez por mês”. Arranca todas as últimas sextas-feiras do mês às 18.30 na Praça dos Leões.

Cinema Fora do Sítio
©DR

Arme fitas na rua

Ver cinema ao ar livre é um dos bons prazeres de Verão e as sessões do Cinema Fora do Sítio já são um clássico. Este ano espalham-se por locais como a Alameda das Fontainhas, o Jardim de Sobreiras e o Jardim de Liège (Três Cartazes à Beira da Estrada, sábado 18), entre outros. É gratuito e começa às 22.00.

No Edifício da Alfândega as sessões do Cine NOS acontecem às terças-feiras às 21.30, mas as portas abrem às 19.30 para ver o pôr-do-sol. O bilhete custa 12€ e dá direito a música, pipocas e bebida. Para ver A Viagem dos Cem Passos, Para Roma com Amor, Top Gun e O Pátio das Cantigas. No Museu Nacional Soares dos Reis há outro ecrã a céu aberto. Trata-se de um ciclo dedicado à precariedade, com os filmes Stalker, Muriel ou o Tempo de Um Regresso, O Atalante, Paixões Cruzadas e Canino. Começam às 22.00 e são gratuitas.

Publicidade
Geocaching
©DR

Ande a toque de caixa

O bom tempo convida sempre a 
um passeio. Ora, partindo do princípio que o bom tempo se vai fazer convidado
 e finalmente dar um ar de sua graça, propomos-lhe que se aventure no geocaching. Trata-se de um jogo em que se usa o sinal de GPS para descobrir pequenas caixas (chamadas caches), escondidas um pouco por todo o lado. Basta seguir 
as coordenadas e, encontrado o local, desvendar algumas pistas para encontrar a cache em si, que pode ter as mais variadas dimensões. Para começar, basta ir a geocaching.com, fazer a inscrição e iniciar as buscas.

Outra hipótese são os percursos de orientação. Há vários circuitos permanentes no Parque da Cidade, no Parque do Covelo
 e no Parque de São Roque, bastando descarregar os mapas em portolazer.pt. 
A ideia é percorrer uma série de pontos
 pela ordem certa, ao mesmo tempo que se descobre a paisagem.

Demian Cabaud
©David Costa

Dê ouvidos a isto

Os melómanos não costumam estar mal servidos no Verão, mas a verdade é que quase sempre isso acontece em festivais de grande escala. Mas este mês também pode contar com dois ciclos mais intimistas. Um deles é o já conhecido Verão na Casa, que enche de gente o exterior da Casa da Música para assistir a concertos gratuitos. O calendário é recheado, com destaque para as actuações de André Rio, Kamaniu Silelis, Diana Martinez, Saga Cega, Fred Martins, César Cardoso Quarteto, Jesuton e Emperor X. 

Para os apreciadores de jazz, nada como ir aos Jardins do Palácio de Cristal todos
 os sábados a partir das 22.00. É lá que acontecem as sessões do Jazz ao Relento, este ano com pLoo, MAP, Demian Cabaud (na foto) e José Pedro Coelho, por esta ordem.

Mais coisas para fazer ao ar livre

Piscina Pestana Palácio do Freixo
© DR
Coisas para fazer

12 ideias para aproveitar o bom tempo no Porto

Bem sabemos que o calor atrai a moleza, mas isso não é desculpa para ficar sentado no sofá à frente da ventoinha. Agora que o Verão parece ter chegado (nunca fiando), fizemos-lhe uma lista com 12 ideias para aproveitar o bom tempo no Porto. E temos de tudo um pouco. Desde praias com parques infantis, piqueniques com direito a um pôr-do-sol fora de série, a tainadas ao ar livre e copos com os amigos. Ainda guardámos espaço para passeios em jardins e lambidelas em gelados. Aproveite bem esta época estival. Recomendado: Os melhores restaurantes para jantar ao ar livre no Porto 

FUnicular dos Guindais
© Cláudia Paiva
Coisas para fazer

15 coisas para fazer no Porto até 5€

A vida está cara, bem sabemos, mas com um pouco de astúcia e curiosidade é fácil contornar os obstáculos monetários e descobrir coisas baratas para fazer no Porto. Aqui tem uma lista com 15 coisas para fazer no Porto até 5€. Algumas nem custam tanto e outras até são de graça. E temos de tudo um pouco, desde sugestões de passeios, museus, sítios para comer, mercados e livrarias. Não diga que vai daqui mal servido.

Publicidade
Pôr-do-sol - Douro Marina
© Marco Duarte
Coisas para fazer

Os dez melhores sítios para ver o pôr-do-sol no Porto

Há lá coisa mais bela do que ver o Sol a desaparecer no horizonte? Convide a sua cara-metade para passear, os seus amigos para beber um copo, ou aproveite o seu final de tarde numa esplanada. Estes são os dez melhores sítios para ver o pôr-do-sol no Porto.

Publicidade