Coisas para fazer no Porto em Agosto

Se acha que na silly season não se passa nada, está muito enganado. Não faltam coisas para fazer no Porto em Agosto. Espreite esta lista
© DR Viajar até à época medieval é uma das coisas que pode fazer no mês de Agosto
Publicidade

Ver um filme ao ar livre, desfrutar de um pôr-do-sol musical, passar os olhos pelas salas de exposições da cidade ou até dar um pezinho de dança numa das festas que a Invicta tem este mês são só algumas das sugestões que lhe damos. Mas há mais. Também pode embarcar numa viagem aos tempos medievais em Santa Maria da Feira ou ocupar os miúdos num campo de férias. Neste querido mês não faltam coisas para fazer no Porto em Agosto (e nas cidades à volta). Junte a família ou os amigos e prepare-se para encher a agenda.

Recomendado: Coisas para fazer em família no Porto

Coisas para fazer no Porto em Agosto

Jesuton
©DR
Música, Música ao vivo

Verão na Casa

icon-location-pin Boavista
icon-calendar

A Casa da Música vive o Verão de janelas abertas, 
com concertos gratuitos na esplanada. Este mês pode ouvir Emperor X, Humberto Araújo e Antonio Novaes, André Rio, Fred Martins e Jesuton. Actuam ainda bandas como os lituanos Kamaniu Šilelis e os nacionais The Oaf, We Find You e Diana Martinez.

Há duas sessões gratuitas de cinema ao ar livre.
© Manuel Novais
Coisas para fazer

Cinema Fora do Sítio

icon-location-pin Massarelos
icon-calendar

O regresso da iniciativa Cinema Fora do Sítio, co-organizada pela Câmara do Porto e pela Fundação INATEL, traz filmes como Ferdinando, A Idade da Pedra, A Forma da Água ou The Strangers: Predadores da Noite a diferentes espaços públicos da cidade como o Jardim de Sobreiras, o Parque Desportivo de Ramalde, o Largo da Estação de Campanhã ou os Jardins do Palácio de Cristal. 

Publicidade
Demian Cabaud
©DR
Música, Jazz

Sábados Porta-Jazz

icon-location-pin Massarelos
icon-calendar

Aos jardins do Palácio de Cristal, a Porta-Jazz leva concertos gratuitos dos pLoo, MAP com Eduardo Cardinho, Demian Cabaud (na foto) e o quarteto de José Pedro Coelho.

Sea Life Porto
© José Gonçalves
Coisas para fazer

Festival de Verão

icon-location-pin Foz
icon-calendar

Showcookings, workshops e espectáculos de ciência e magia são algumas das actividades programadas para o Festival de Verão no Sea Life Porto, um evento para toda a família.

Publicidade
Laetitia Sadier Source Ensemble
©Olia Eichenbaum
Música, Festivais de música

Oito24

icon-location-pin Grande Porto
icon-calendar

Um festival que ocupa as ruas, praças, parques, mercados e 
a biblioteca de Espinho com um programa gratuito e bem recheado. Destaque para Lætitia Sadier – a vocalista dos extintos Stereolab vem acompanhada do Source Ensemble para aliar kraut a space rock e política. Actuam também Pedrinho, uma lenda viva da música cabo-verdiana, Miguel Araújo, Carminho, The Legendary Tigerman, Linda Martini, Xinobi, Surma e DJ Riot, entre outros.

Senior Vasquez + José Acid
©DR
Noite

DJ Senior Vasquez + José Acid

icon-location-pin Galerias
icon-calendar

Dois representantes da editora portuguesa Paraíso tomam conta do Plano B para uma noite de house e techno fora das normas. Senior Vasquez, novo projecto do DJ/ produtor também conhecido por Photonz, lançou recentemente o primeiro EP, No More Drama.

Publicidade
Gonçalo Almeida
©Cláudio Rêgo
Música, Jazz

Gonçalo Almeida

icon-location-pin Galerias
icon-calendar

O contrabaixista português residente na Holanda esteve envolvido em vários projectos como os LAMA (com Susana Santos Silva e Greg Smith), o quarteto Tetterapadequ, Albatre, Spinifex, Rodrigo Amado e Marco Franco, entre outros. Fundou a editora Cylinder Records, onde lançou o seu álbum a solo Monologues under Sea Level (2015).

Galeria Municipal do Porto
© Marco Duarte
Arte

Exposição Prémio Paulo Cunha e Silva

icon-location-pin Porto
icon-calendar

Christine Sun Kim (EUA); Jonathas de Andrade (Brasil); June Crespo (Espanha); Mariana Caló e Francisco Queimadela (Portugal); Naufus Ramírez Figueroa (Guatemala); e Olga Balema (Ucrânia) são os nomes dos artistas que vão ver o seu trabalho exposto na Galeria Municipal do Porto. A exposição colectiva é o resultado do Prémio Paulo Cunha e Silva. 

Publicidade
Microscópio
© Ousa Chea/ Unsplash
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Campos de Férias Science4You

icon-location-pin Porto
icon-calendar

Transformar leite em vinho, construir um candeeiro de lava e fazer bolas de sabão gigantes são algumas das propostas.

Nota de Aleix Gordo
© DR
Coisas para fazer

Exposição "100 Dollar Bills Y’All"

icon-location-pin Cedofeita
icon-calendar

Cem artistas de diferentes pontos geográficos criaram, individualmente, a sua versão de uma nota de um dólar. Entre 30 de Junho e 29 de Agosto pode vê-las na Circus Network.

Publicidade
Pony Club do Porto
© DR
Coisas para fazer, Aulas e workshops

Campos de Férias Verão 2018

icon-location-pin Constituição
icon-calendar

Tratar e montar os póneis, explorar as artes plásticas, participar em aulas de capoeira, caça ao tesouro e jogos de grupo são algumas das actividades deste campo de férias.

filipe sambado
©Raquel Serra
Música, Festivais de música

Indie Music Fest

icon-location-pin Grande Porto
icon-calendar

Aqui não há stands de marcas aos berros – há poesia, arte, limonada, vinho a copo e música portuguesa que merece ser descoberta. A entremear-se entre as árvores, os pássaros e os grilos, ouve-se rock, punk, pop e electrónica num bosque encantado a 30 km do Porto. Actuam os Throes + The Shine, Filipe Sambado, :papercutz, YUZI, Dreamweapon, Máquina del Amor e Keep Razors Sharp, entre outros. É a música portuguesa a sonhar acordada.

Publicidade
A Place to Bury Strangers
©DR
Música, Rock e indie

A Place to Bury Strangers

icon-location-pin Flores
icon-calendar

O grande trunfo deste bando de barulhentos bárbaros são as sessões torturantes de ruído que despejam em palco com convulsões de guitarras, pedais em curto-circuito e instrumentos em cacos. Não é por acaso que os A Place To Bury Strangers foram considerados a mais ruidosa banda de Nova Iorque, mas o título não faz justiça à força transcendente com que a música da banda expele emoção. Mais textura que estrutura, é um som capaz de conectar-se a algo muito primitivo. Na ferocidade com que manejam os instrumentos e os equipamentos que os próprios constroem, dão-se ao luxo de experimentar e destruir. É que estraçalhar guitarras e acossar costelas é uma liberdade a que o rock já raramente se permite. .

Museu de Serralves
©DR
Coisas para fazer

Há Luz no Parque

icon-location-pin Porto
icon-calendar

Há Luz no Parque é o nome da instalação artística que há três anos ilumina o parque da Fundação de Serralves durante o Verão. Este ano vai poder visitá-la de 13 de Julho a 9 de Setembro.

Publicidade
serralves
© DR
Arte

Colecção Sonnabend

icon-location-pin Porto
icon-calendar

Esta é a segunda parte da Coleccção Sonnabend (a primeira, chamada de “A Colecção Sonnabend. Meio Século de Arte Europeia e Americana. Parte I” foi apresentada no Museu em 2016). Esta exposição dá especial importância à fotografia, “uma técnica a que a galeria Sonnabend, de forma pioneira, dedicou particular atenção”, adianta o Museu. A Colecção Sonnabend é considerada uma das mais importantes colecções de arte americana e europeia da segunda metade do século XX.

Exposição Imprimere na Casa do Design
©DR
Museus

Imprimere

icon-location-pin Matosinhos
icon-calendar

Os apreciadores de livros vão gostar das notícias da Casa do Design. É lá que estará a exposição Imprimere, dedicada à produção do livro e à celebração dos 250 anos da Imprensa Nacional. A exposição revela todos os passos do processo, mostrando diversas máquinas antigas, assim como livros, matrizes, moldes e ferramentas. A história da produção do livro será vista através de sete núcleos temáticos, dedicados ao papel, à fundição de tipos, à tipografia, à gravura e litografia, à serigrafia, ao offset e, por fim, aos acabamentos. É uma reunião de saberes e ofícios, todos bem explicados e ilustrados. O evento vai servir ainda para o lançamento de um livro e de uma colecção de impressões desenhadas por dez designers, limitadas a 250 exemplares. Participam nomes como João Providência, Eduardo Aires, Andrew Howard e Dino dos Santos, cada um usando a sua técnica

Publicidade
Frida Kahlo - as suas fotografias
© Museu Frida Kahlo
Coisas para fazer

Frida Kahlo — as suas fotografias

icon-location-pin Baixa
icon-calendar

A exposição Frida Kahlo - as suas fotografias está de regresso a Portugal, depois da passagem por Lisboa em 2012. Desta vez pode vê-la no Porto, mais precisamente no Centro Português de Fotografia, entre 6 de Julho e 4 de Novembro. As Origens, Casa Azul, Política, Corpo Acidentado, Amores e Fotografia são as seis secções que constituem a mostra, composta por imagens que estiveram mais de meio século guardadas na Casa Azul – residência da artista e, actualmente, Museu Frida Kahlo – num arquivo com cerca de 6500 fotografias.

Coisas para fazer

Time Out Discovery Games

icon-location-pin Porto
icon-calendar

Só precisa do telemóvel para partir à descoberta dos recantos do Centro Histórico do Porto e dos Jardins do Palácio de Cristal. Descarregue os Time Out Discovery Games e perca-se no Porto. São dois jogos de descoberta, que permitem avançar no terreno à medida que vai resolvendo pistas, contando com ajudas e lendo sobre retalhos da história. Basta aceder a uma aplicação para poder jogar a qualquer hora. Descarregue os Time Out Discovery Games em www.secretcitytrails.com. Custam 21€ para um grupo de 2 a 5 pessoas.

Publicidade
© Kevin Webb
Museus, História natural

Extinção - O início ou o fim?

icon-location-pin Miragaia
icon-calendar

“Estará o futuro da biodiversidade da Terra nas nossas mãos?", "Serão os humanos a terminar com a sua própria espécie?" ou "Como sobreviveram algumas espécies à extinção?”. Nesta exposição poderá encontrar algumas respostas e observar uma colecção com 60 espécies, muitas delas extintas, que chega de Londres.

Visitar os trabalhos de Anish Kapoor, em Serralves, é apenas uma das coisas que pode fazer este fim-de-semana
©DR
Arte

Anish Kapoor

icon-location-pin Porto
icon-calendar

O Verão traz Anish Kapoor (Bombaim, India, 1954), um dos mais proeminentes escultores da actualidade, ao Porto. Kapoor, que vive em Londres, alcançou reconhecimento internacional enquanto membro da geração de novos escultores britânicos dos anos 1980, pelas suas esculturas a uma escala monumental. Um dos seus trabalhos mais icónicos é a Cloud Gate, em Chicago. O seu trabalho estará exposto no parque e no museu, e vai poder admirar peças nunca antes mostradas ao público.

Mais para ocupar as férias

Amarante
©Marco Duarte
Coisas para fazer

Amarante: tudo o que pode fazer em 1 dia

Se é guloso, aqui vai encontrar várias confeitarias, cheias de doces conventuais típicos da região, como a clássica ferramenta de São Gonçalo. Comida também não vai faltar. Há de tudo um pouco, de tascas que servem enchidos, queijos e vinhos da região, até a um requintado restaurante com estrela Michelin. Além de tudo isto, há ainda muito para visitar, como o Museu de Amadeo de Souza Cardoso e a Igreja de São Gonçalo. 

Vagas Bar
© João Saramago
Coisas para fazer

Tudo o que pode fazer em Matosinhos

Matosinhos é uma cidade pulsante. Pode começar o dia a apanhar umas ondas (mesmo que não tenha prancha de surf), passear em mercados ou em parques ao ar livre, ceder ao pecado da gula em feiras de chocolate, comprar pão biológico ou gelados italianos, comer marisco fresquíssimo num restaurante com muitos anos de experiência, beber cervejas de pé na areia ou comprar vinhos menos conhecidos. Aqui tem uma lista com tudo o que pode fazer em Matosinhos. Quem é amigo, quem é?

Publicidade
praia das sereias
©Marco Duarte
Coisas para fazer

As melhores praias do Douro Litoral

Se vive no Porto e não gosta de perder muito tempo em viagens, opções não faltam. Vila Nova de Gaia, Matosinhos ou Foz têm areal suficiente para estender a toalha e um mar propício a braçadas com estilo. Ainda assim, não deixámos de fora as de Vila do Conde, Espinho e Ovar, bem bonitas por sinal. Nesta lista com as melhores praias do Douro Litoral vai encontrar praias para toda a família, pensadas para as crianças e para os adolescentes mais radicais que queiram fazer surf ou bodyboard. Bons banhos. De sol e de mar.  Recomendado: As melhores praias do Minho

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com