Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Uma universidade para todos
Ilustração, A Fazer Exercício
©DR

Uma universidade para todos

Tele-encontros com o conhecimento, linhas de apoio psicológico e actividades para transformar a sua casa num ginásio estão entre as iniciativas que as universidades planearam para facilitar a vida em quarentena. Conheça-as.

Por Patrícia Santos
Publicidade

As universidades fecharam as portas, mas abriram-se ao mundo com acções que procuram colmatar os efeitos negativos provocados pelo distanciamento social. Se há algumas que apenas se destinam às respectivas comunidades académicas, há outras das quais todos podem desfrutar, independentemente da idade ou formação. Voltámos então a pôr a mochila às costas e fomos procurar as iniciativas a que deve estar atento. Encontramos de tudo, desde linhas de apoio psicológico a podcasts educativos e treinos de diversas modalidades – do futebol ao ténis – capazes de o deixar entretido e em forma.

Recomendado: Student Keep, o projecto que quer garantir que todos os alunos têm computadores

 

Uma universidade para todos

Casa Comum
Casa Comum
© DR

Tele-Encontros com o Conhecimento, a Cultura e a Ciência

A Casa Comum da Universidade do Porto, que tem como objectivo a democratização da cultura através da academia, celebrou o primeiro aniversário com o lançamento de uma nova plataforma digital de conhecimento. Os podcasts educativos, que convidam os ouvintes “a reflectir sobre a contemporaneidade” e contam com o contributo de pensadores portugueses e internacionais de diversas áreas, são, para já, a grande aposta. E como este é um projecto “de todos”, também os utilizadores da plataforma são desafiados a colaborar. Há, de resto, um podcast pensado para esse efeito. Chama-se Agentes de Mudança e convida ao envio de gravações de “pequenas biografias de homens e mulheres inspiradores”.

A Escola das Artes da Católica, por sua vez, começou por responder ao cenário pandémico com uma série de sessões online, todas as quintas, nas quais vários professores discutem temas ligados às artes. A somar a esses live streamings, surgem agora as CITAR Lectures, conferências disponibilizadas às terças pelo Centro de Investigação em Ciências e Tecnologia das Artes. As quartas-feiras são dias de Cineclube EA, onde são exibidos filmes de ex-alunos da universidade, seguindo-se videoconferências com os autores.

Já a Universidade de Aveiro promove os Encontros Degeito, em que se debatem temas que vão do futuro das viagens e do turismo às novas oportunidades de negócio decorrentes da pandemia. Para participar nas sessões (todos os sábados às 21.30), inscreva-se e receba o link.

Entretanto, o Centro de Investigação em Psicologia da Universidade do Minho (CIPsi) apresentou a iniciativa Covid-19 em Sarilhos, que apoia crianças e jovens, ao disponibilizar, diariamente, desafios e actividades para desenvolver em família. Por seu turno, os docentes do Instituto de Educação da mesma universidade criaram o portal Trancadas em Casa, onde os miúdos partilham como têm vivido e lutado contra o vírus. Mas também aprendem, jogam, interagem online em horas do conto e questionam comandantes dos Bombeiros e da GNR.

Upfit
Upfit
© DR

Um Ginásio em Casa

Para que todos possam manter-se activos e saudáveis, o Centro de Desporto da Universidade do Porto (CDUP-UP) desenvolveu o programa UPFit em Casa. Depois de ter lançado um conjunto de aulas de grupo online, voltadas para o fitness e indicadas para pessoas de todas as idades e condições físicas, o projecto decidiu estrear treinos de diversas modalidades e as UPFit Talks, sessões de aconselhamento em que especialistas respondem, em directo, a diferentes questões do público. No calendário de actividades encontra, para já, um treino de basquetebol (quinta 14 às 12.00) e outro de ténis (sexta 16 às 10.00), por exemplo. Caso esteja ocupado nestes horários, pode realizar as aulas posteriormente, uma vez que ficam disponíveis no YouTubeNo que diz respeito às UPFIT Talks, conte com uma já esta quarta-feira 13, às 21.00, sobre desporto adaptado. Para assistir basta aceder a este link no horário indicado.

Publicidade
telefone
telefone
© Alexander Andrews/ Unsplash

Apoio Psicológico

Para falar com psicólogos experientes e capazes de ajudar a lidar com os medos, incertezas e ansiedades provocados pela pandemia, os trabalhadores e estudantes da Universidade de Lisboa dispõem de uma linha de apoio (21 044 3599) que funciona de segunda a sábado, entre as 10.00 e as 18.00. Já os estudantes, docentes e pessoal não docente da Universidade do Porto podem ligar para o 22 040 8408, de segunda a sexta das 09.30 às 14.30 e das 19.00 às 00.00, e aos fins-de-semana entre as 19.00 e as 00.00. A Universidade de Aveiro, por seu lado, presta apoio a toda a comunidade aveirense através do 23 437 0905, de segunda a sábado das 21.00 às 00.00. Conta, para isso, com a experiência de docentes e especialistas colaboradores do seu Departamento de Educação e Psicologia (DEP).

Mais coisas para fazer

O Rijksmuseum, em Amesterdão, é um dos museus que pode visita
© DR

12 museus internacionais para visitar sem sair do sofá

Coisas para fazer Exposições

Graças à Internet, nunca foi tão fácil estar entretido entre quatro paredes. No entanto, para quem não dispensa uma visita ao museu para contemplar as obras de mestres de arte renascentista ou de nomes relevantes da arte contemporânea, fazer scroll infinitamente nas redes sociais ou devorar uma temporada (ou várias) de uma série na Netflix não é suficiente. Felizmente, há vários museus que apresentam visitas guiadas virtuais às suas colecções e exposições para que não lhe falte a sua dose diária de arte. Muitos estão presentes na Google Arts & Culture, projecto em que a Google colabora com mais de 1200 instituições em todo o mundo para levar a arte a todos. Deixe-se ficar no sofá e, sem filas ou bilhetes à mistura, só tem é de aproveitar.

Vanessa Martins tem treinos para todos os gostos
© João Maria Catarino

Três canais do YouTube para fazer exercício físico em casa

Saúde e beleza

Praticar exercício físico é uma das recomendações mais frequentes quando se fala em hábitos de vida saudáveis. Também é uma das formas de fortalecer o sistema imunitário, a par de uma boa alimentação. Assim sendo, e tendo em conta que ficar em casa é a melhor forma de prevenção face à propagação do novo Coronavírus, continue a treinar. Nesta lista recomendamos três canais do YouTube para fazer exercício físico em casa.

Publicidade
Três canais no Youtube para se iniciar na aguarela
© Elena Mozhvilo

Três canais no YouTube para se iniciar na aguarela

Arte

É uma técnica milenar, que encontra precedentes nas culturas chinesa e japonesa, mas continua a ser uma das mais usadas na pintura contemporânea. A aguarela permite obter cores mais suaves ou intensas, de acordo com a quantidade de água e de pigmentos misturados, normalmente, sobre um papel de elevada gramagem para absorver a água. A sobreposição das cores é, aliás, uma das características que distingue a aguarela. Apesar de exigir alguma delicadeza no manuseio da água, pode ser explorada por todos. Não é preciso investir em tintas muito caras nem paletas de muitas cores para conseguir bons resultados ou apenas para se divertir. De composições abstractas a paisagens simples, as possibilidades são infinitas assim que pegar nos pincéis. Eis três canais do YouTube que o podem ajudar a iniciar-se na aguarela.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade