Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right As melhores mercearias no Porto
Casa Chinesa
© Marco Duarte Casa Chinesa

As melhores mercearias no Porto

Tem o frigorífico vazio e a despensa às moscas? Estas são as melhores mercearias no Porto para fazer compras.

Por Mariana Morais Pinheiro e Margarida Ribeiro
Publicidade

Queijos, azeites, compotas, charcutaria, bacalhau, frutos secos e conservas. Biológicos, lá da terra, gourmet ou que foram produzidos do outro lado do mundo. Fizemos-lhe uma lista com as melhores mercearias no Porto que lhe vendem tudo isto e muito mais. É que apoiar o comércio local nunca foi tão importante. Se ainda precisar de fazer mais compras, ligue para uma das peixarias que fazem entrega ao domicílio ou explore uma loja para comprar chá online. Quando tiver tudo em casa, aproveite para experimentar uma receita nova. Boas compras. 

Recomendado: Serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio no Porto

Mercearias tradicionais:

A Pérola do Bolhão tem mais de 100 anos
©MV

Pérola do Bolhão

Compras Mercearia de bairro Santa Catarina

Fundada em 1917 por António Rodrigues Reis, esta mercearia tradicional é conhecida pela grande oferta de enchidos, pelo queijo da Serra e pelas frutas cristalizadas. Também têm biscoitos, amêndoas, azeites e muitos vinhos. Se não lhe faltar nada disto na despensa, aproveite para admirar a fachada em Arte Nova. Os azulejos anunciam chás, cafés e fazem uma alusão à rota das especiarias.

A Favorita do Bolhão
©DR

Favorita do Bolhão

Compras Mercearia de bairro Baixa

O atendimento personalizado e atencioso é um dos pontos fortes desta casa fundada em 1934. Os outros, também muito merecedores de destaque, são o bacalhau, os queijos, os enchidos, os vinhos, os licores e os chocolates. Há também uma grande variedade de frutos secos, de farinhas, azeites e conservas.

Publicidade
casa natal
© Marco Duarte

Casa Natal

Compras Mercearias Baixa

Frutos secos, bacalhau (que é muito popular durante a época natalícia), vinhos e chocolates são alguns dos produtos que pode encontrar nesta mercearia tradicional, perto do Bolhão, que nasceu em 1926. Já quando se fala de Páscoa é impossível não referir a Casa Natal como uma das melhores mercearias para comprar amêndoas de chocolate.

Casa Januário
© DR

Casa Januário

Compras Chocolates e doces Baixa

Fundada por Januário Ferreira há 90 anos, esta mercearia começou por ser perita em café, especiarias, bacalhau e chás. O negócio passou de geração em geração e há duas décadas mudou o conceito, quando começou a apostar na decoração de bolos, uma lacuna que existia no mercado portuense. Os cabazes personalizados e alusivos a cada época do ano e as amêndoas de chocolate são também pontos fortes.

Publicidade
Casa Chinesa
© Marco Duarte

Casa Chinesa

Compras Mercearias finas Baixa

Dentro desta mercearia fina, um dos mais emblemáticos espaços da cidade, encontra tudo o que precisa para rechear a despensa, das especiarias ao chá, passando pelos chocolates, pelos frutos secos, até aos produtos biológicos. Para lá dos tradicionais bacalhau e enchidos nacionais, na Casa Chinesa também se vende uma vasta gama de artigos vindos de outros países, como a Colômbia, o Brasil, a Venezuela, Angola e Cabo Verde. A mercearia está de portas abertas desde 1939. 

feira do bacalhau
© Marco Duarte

Feira do Bacalhau

Compras Mercearias Baixa

Se há alguém que percebe de bacalhau nesta terra, trabalha nesta loja. De portas abertas desde 1925, na fachada branca e azul-bebé anunciam a venda deste peixe vindo de várias curas e origens (Noruega, Islândia, Inglês, cura amarela e cura tradicional). Lá dentro há ainda uma grande variedade de feijões, frutos secos, uma garrafeira variada e outros produtos de mercearia.

Mercearias tradicionais, mas modernas:

Mercearia Prado Fino
© DR

Prado Fino

Compras Mercearias finas Pinheiro Manso

As mercearias têm sido uma das melhores formas de apoiar os negócios locais e os produtores nacionais. Foi a pensar nisso que nasceu, em Dezembro de 2020, esta mercearia na zona do Pinheiro Manso, em Ramalde. A Prado Fino privilegia os produtos regionais e os pequenos produtores, com “um atendimento personalizado e pessoal, como uma típica mercearia de bairro”, explica Francisca Lobão, que a gere com a irmã. Aqui encontra broa de Avintes, mel do Gerês, amêndoas do Douro, folar de Mirandela, queijos e manteigas artesanais, granola, compotas, doces tradicionais, infusões, vinhos, kombucha e as frutas e legumes mais frescos. 

Copo d’uva
© Marco Duarte

Copo d'Uva

Compras Mercearias finas Cedofeita

Com duas lojas, uma em São João da Madeira e outra no Porto, a Copo d’Uva é conhecida pela sua garrafeira especializada. O catálogo tem diversas referências de vinhos portugueses e estrangeiros, e também de bebidas licorosas e destiladas. Além das opções líquidas, o espaço também encarna o papel de mercearia fina e vende produtos como queijos, biscoitos, charcutaria, chás e infusões. Mas se quiser saber com o que pode contar, dê uma espreitadela ao site. É lá que também pode ficar a conhecer melhor os cabazes incríveis que criam para celebrar datas especiais.

Publicidade
Nabos na Púcara
© João Saramago

Nabos da Púcara

Restaurantes Petiscos Baixa

Neste espaço dois em um, variedade não falta. Mercearia fina e restaurante, abriu em 2013 e conta com produtos de primeira necessidade como arroz, massas, farinhas, compotas e azeites, além de boas opções de charcutaria, queijos, legumes de origem biológica e uma garrafeira com mais de 50 referências, incluindo alguns vinhos naturais. “Tentamos trabalhar sempre o mais directamente possível com os produtores – e localmente”, explica Hugo Rocha, sócio-gerente do espaço, antes de confessar que muitos fornecedores acabam por se tornar amigos ou clientes. 

Pátio d'as Marias
© DR

Pátio d'as Marias

Compras Mercearias Cedofeita

Uma mercearia fina com alma de mercearia de outros tempos. Quando entrar na Pátio d’as Marias, onde tudo é escolhido a dedo pelas donas, vai parecer que viajou no tempo. Lá, pode encher os sacos de coisas boas de pequenos produtores portugueses, como azeites, bacalhau, bolachas, chocolates, compotas, enchidos, queijos, massa, arroz, ervas aromáticas e café. Não falta a garrafeira, com vinhos de diferentes regiões do país, do Douro ao Alentejo. Às terças-feiras, o espaço enche-se de legumes e vegetais frescos. 

Publicidade
Casa Diogo
© DR

Casa Diogo

Compras Mercearias finas Cedofeita

Quando abriu, há cerca de sete anos, o objectivo era divulgar os Biscoitos Diogo, produzidos pela família artesanalmente, em forno de lenha, há mais de cem anos. Rapidamente aos biscoitos se juntaram os produtos da região de Trás-os-Montes e agora a mercearia vende fumeiro artesanal e queijos de Moncorvo, Mirandela e de outros lugares do país. Também há azeitonas, azeite e patés, frutos secos, mel de Valpaços e da Lousã e infusões. Sem contar com a selecção de vinhos de diversas regiões transmontanas. Já chega? Não. Às segundas-feiras há pão de Vinhais e às sextas de Mirandela. E agora também estão a fazer take-away diário de pratos tipicamente portugueses. Espreite o menu no Facebook.

Mercearias a granel

Mercearia 100 Saco
© DR / Mercearia 100 Saco

Mercearia 100 Saco

Compras Mercearias Foz

Mercearia 100 Saco nasceu durante a pandemia, com a missão de "apelar ao consumo consciente e à redução de desperdício", contam Mariana e Teresa Guerra. Vendem maioritariamente "produtos portugueses, sazonais e sustentáveis, quer de um ponto de vista da produção, quer de um ponto de vista das restantes etapas da cadeia de abastecimento, até chegar à nossa mesa". Além disso, disponibilizam várias alternativas vegetarianas e produtos de origem 100% vegetal. Há vários produtos disponíveis a granel, ou seja, sem a utilização de embalagem plástica – os clientes podem trazer as suas próprias embalagens e levar apenas a quantidade que precisam, evitando assim o desperdício.

Maçaroca - Mercearia Viva
© DR

Maçaroca - Mercearia Viva

Compras Mercearias Pinheiro Manso

Dentro desta loja os plásticos não são bem-vindos e o granel é rei. Por lá pode comprar algas, vários tipos de arroz, sementes, frutos secos, grãos, especiarias, farinhas e até café de especialidade (torrado na loja), tudo pronto a encher os seus recipientes reutilizáveis. Também pode levar legumes, frutas e vegetais frescos. Só para ter uma ideia, aqui tem a oportunidade de comprar mais de cinco mil artigos biológicos, incluindo detergentes – também vendidos a granel – com certificação ecolabel.

Mercearias do mundo:

flor d'açafrão
© DR

Flor D'Açafrão

Compras Mercearias finas Cedofeita

Cravo da Índia, canela, ajowan, açafrão da Índia, manjerona e pimenta cinco cores são apenas alguns dos exemplos de especiarias e ervas aromáticas à venda nesta mercearia fina em Miguel Bombarda. A Flor D’Açafrão dedica-se, sobretudo, a produtos indianos, com uma grande variedade de chás, guardados em frascos de vidro dispostos pelas prateleiras, que podem ser comprados a peso. A eles juntam-se ainda alguns utensílios de cozinha e artigos de decoração para a casa.

Glood
© João Saramago

Glood

Compras Mercearias Baixa

Xarope de ácer, Kit Kat de chocolate branco, Fanta de toranja e marshmallows coloridos. Aqui encontra produtos de todos os cantos do mundo, mas os Estados Unidos têm uma representação mais forte. Bebidas originais, bolachas hiper-calóricas e cereais coloridos são os que mais saem das prateleiras. 

 

Publicidade
Ali Indian Groceries
© Cláudia Paiva

Ali Indian Groceries

Compras Mercearias Batalha

Mal se entra, chama a atenção a pequena secção de frescos – bem abastecida de quiabos, malaguetas e cocos (produtos que podem variar consoante a época) – desta mercearia indiana. Ao lado estão os congelados, entre eles as chamuças, que dá um jeitão ter em casa e que fazem um brilharete num jantar de amigos. Pelas estantes há diferentes especiarias, feijões e lentilhas, sacos de pistácios, cajus, tâmaras e sementes digestivas. A Ali Indian Groceries tem ainda uma grande variedade de molhos e pastas, chás e água de rosas.

Supermercado Chen
© Cláudia Paiva

Supermercado Chen

Compras Mercearias Baixa

Com produtos do Japão, da China e do Vietname, entre outros países asiáticos, neste supermercado há desde algas e sojas, a molhos, como o hoisin ou o de ameixa. Também têm dim sums, crepes chineses congelados e muitos produtos em conserva. Encontra ainda refeições instantâneas, como ramen e outras sopas, e ainda garrafas de saké. Se estiver a precisar de renovar o material para trabalhar a gastronomia asiática em casa, aqui pode comprar vários utensílios – por exemplo, bambu para enrolar sushi. 

Mais sítios onde encher a despensa no Porto:

Casa Natal
© Casa Natal

Dez sítios para comprar amêndoas no Porto

Restaurantes

Com a Páscoa mesmo aí a bater à porta, um saquinho de amêndoas é algo indispensável, mesmo que não seja possível celebrar a época. Deixe a dieta de lado por uns dias e seja feliz com tanta coisa boa, que vai encontrar nesta lista de sítios para comprar amêndoas no Porto. Há amêndoas das mais variadas formas, feitios e sabores, como chocolate de leite, branco ou negro, com sabor a menta, café, caramelo ou recheio de frutas. Além de doces, as amêndoas são boas para decorar uma mesa, mas, se quiser algo menos comestível para dar cor, encomende um arranjo a uma das floristas do Porto que entregam ao domicílio

Recomendado: Cinco sítios para comprar pão-de-ló no Porto

Vinho
© DR

Dez lojas com entrega de vinho ao domicílio

Restaurantes

Anda toda a gente a encomendar comida e a beber para esquecer estes tempos de pandemia. Se também faz parte do último grupo, leia com atenção a lista que se segue, com dez lojas e plataformas com entrega de vinho ao domicílio. E não se esqueça: da próxima vez que for ao supermercado, não precisa de parar no corredor dos vinhos à procura de boas promoções. Espere antes no seu sofá que lhe sejam entregues as melhores referências nacionais e internacionais por algumas das garrafeiras, wine bars e plataformas de topo.

Recomendado: Serviços de entrega de produtos frescos ao domicílio

 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade