Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Cinco filmes a não perder este mês

Cinco filmes a não perder este mês

Com a descida de temperatura, nada melhor do que uma ida ao cinema. Para lhe facilitar a vida, preparamos esta lista com cinco filmes a não perder este mês

Maléfica: Mestre do Mal, de Joachim Renning
© DR Maléfica: Mestre do Mal, de Joachim Renning
Por Eurico de Barros |
Publicidade
Para Outubro, seleccionamos uma mão-cheia de películas dominadas por personagens que não sabem o que é fazer o bem, a começar pelo temível Joker e a acabar num novo e avançadíssimo tipo de Exterminador. E também há vilãs, como a implacável Rose the Hat, e clones de assassinos profissionais. Interessado? Então consulte esta lista com cinco filmes a não perder este mês, protagonizados por estrelas como Joaquin Phoenix, Will Smith, Angelina Jolie, Michelle Pfeiffer, Elle Fanning, Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton e Edward Furlong. 

Cinco filmes a não perder este mês

1
Joker, de Todd Phillips
@ DR

Joker, de Todd Phillips

Antes de ser um dos mais amorais e sinistros vilões de Gotham City e do universo das histórias de Batman, o Joker era um cómico de stand-up com problemas mentais chamado Arthur Fleck, que ao ser troçado e posto de parte pela sociedade, acabou por ficar ainda mais perturbado do que era inicialmente, e se transformou no Joker. Esta é a premissa do filme de Todd Phillips, passado no início dos anos 80 e com Joaquin Phoenix no papel do título. Ou como por trás do monstro havia uma pessoa instável, infeliz e incompreendida, que resvalou para o lado do mal. Estreou no dia 3 de Outubro.

2
Projecto Gemini, de Ang Lee
© DR

Projecto Gemini, de Ang Lee

Henry Brogan (Will Smith) é considerado o melhor assassino profissional da sua geração, mas já começa a sentir o peso dos anos e quer reformar-se e viver o tempo que lhe resta em paz e sossego. Isso não vai ser possível, porque Brogan descobre que alguém fez um clone da sua pessoa, chamado Júnior. E este não só antecipa tudo o que ele vai fazer como também foi programado para o matar. Para se salvar, Brogan tem que descobrir quem está por trás de Júnior. Smith interpreta um duplo papel nesta ficção científica de acção. Estreou no dia 10 de Outubro.

Publicidade
3
Maléfica: Mestre do Mal, de Joachim Renning
© DR

Maléfica: Mestre do Mal, de Joachim Renning

Passaram-se cinco anos sobre os acontecimentos do primeiro filme, nesta série em que Angelina Jolie interpreta a poderosa fada Maléfica. E aqui, mais uma vez, não é ela a vilã da história, mas sim a rainha Ingrid de Ulstead (Michelle Pfeiffer), que quer usar o casamento do príncipe Phillip (Harris Dickinson) com Aurora (Elle Fanning), a protegida de Maléfica, para atirar os humanos contra as fadas e causar uma guerra entre os dois mundos. Por vezes, os vilões (e as vilãs...) não são bem quem nós julgamos. Nem pela aparência. Estreia dia 17 de Outubro.

4
Doutor Sono, de Mike Flanagan
© DR

Doutor Sono, de Mike Flanagan

Quem gosta de livros de terror sabe que Stephen King escreveu uma continuação de The Shining, que tem como herói um Danny Torrance já crescido. Marcado dramaticamente pelos acontecimentos do Hotel Overlook, Danny (Ewan McGregor) debate-se com os seus fantasmas quando encontra Abra, uma adolescente com poderes psíquicos semelhantes aos seus. E vai ter que a proteger da maligna e implacável Rose the Hat (Rebecca Ferguson), que lidera uma seita chamada The True Knot, que se alimenta dos poderes extra-sensoriais dos outros. película estreia no dia 31 de Outubro.

Publicidade
5
Exterminador Implacável: Destino Sombrio, de Tim Miller
© DR

Exterminador Implacável: Destino Sombrio, de Tim Miller

Este é já o sexto filme da série Exterminador Implacável, mas retoma a narrativa após o segundo, pelo que há que ignorar os restantes títulos e os seus respectivos acontecimentos. Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton e Edward Furlong retomam as suas personagens, que agora protegem a jovem Dani Ramos (Natalia Reyes), e Grace (Mackenzie Davies), a ciborgue que foi enviada do futuro para defender esta. E a grande ameaça é o Rev-9 (Gabriel Luna), um Exterminador de última geração que, entre outras características, se pode dividir em dois, e tem como missão eliminar Dani e todos os que a rodeiam e protegem. Estreia no dia 31 de Outubro.

Mais coisas para fazer no Porto

Coisas para fazer

As maiores atracções no Porto

O Porto não é só Foz, nem é só Ribeira, mas sim uma combinação de factores que se juntam para tornar esta cidade na mais bonita do mundo (modéstia à parte, claro). Se anda esquecido dos seus encantos, entre os quais se contam lugares como a Fundação Serralves, o Teatro Nacional São João, a Torre dos Clérigos, a Livraria Lello & Irmão, e a Serra do Pilar, este artigo é para si. Leia-o com atenção, relembre algumas das razões que fazem os turistas apaixonarem-se pela Invicta, e revisite as maiores atracções no Porto.

Teleférico Gaia
©Marco Duarte
Coisas para fazer

As melhores coisas para fazer sozinho no Porto

Já diz o ditado: mais vale só que mal acompanhado. De facto, às vezes não há como uma tarde, ou mesmo um dia inteiro, sem ninguém por perto. É para esses dias que esta lista das melhores coisas para fazer sozinho no Porto dá jeito. E acredite: com tanta coisa para ocupar o tempo e a mente não vai sentir falta de companhia nenhuma. Calçar as sapatilhas e tratar da saúde com uma boa caminhada, entregar-se aos mistérios dos livros sobre uma bonita paisagem, visitar uma galeria com novas exposições ou sentar-se numa mesa comunitária. Estas são algumas das ideias.

Publicidade
Museu de Farmácia do Porto
© João Saramago
Coisas para fazer, Exposições

Os melhores museus no Porto

A oferta cultural portuense é vasta, apesar de, por vezes, escapar ao radar dos mais distraídos. Não nos faltam livrarias, nem galerias de arte e, no que aos museus diz respeito, também não podíamos estar melhor servidos, já que a quantidade e a qualidade falam por si só. Estão espalhados por todos os recantos da Invicta e há para todos os gostos e épocas, da escultura à imprensa, e do futebol à pintura, pelo que visitá-los devia ser instituído como uma disciplina obrigatória nas escolas do país ou como programa não-facultativo aos fins-de-semana. Para lhe facilitar a vida, preparámos-lhe o roteiro dos melhores museus no Porto, para (re)descobrir a História e as estórias que conservam.

Publicidade