A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Restaurante Estação
© DRRestaurante Estação

Na antiga estação da Maia, um restaurante renasceu das cinzas

Depois de um incêndio em 2020, o restaurante Estação volta a abrir as portas no edifício da antiga estação ferroviária da Maia.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
Publicidade

A 2 de Dezembro de 2020, o restaurante Estação viveu o pior dia da sua vida. Nessa madrugada, um incêndio deflagrou no interior do local e deixou-o praticamente destruído. Depois de um ano a recuperar o edifício, reabriu a 17 de Dezembro de 2021, renascido das cinzas.

O Estação tem agora uma nova vida por dentro e por fora. Reconstruíram o interior, recuperaram os velhos e queimados azulejos no exterior e voltam a contar a história deste edifício através de objectos e fotografias emolduradas. "Por muito tempo achámos que não conseguiríamos voltar a reerguer depois de tamanho infortúnio", lê-se nas redes sociais do restaurante. "As dificuldades foram muito mais do que qualquer um imagina", mas esta é "a prova de que nada é impossível".

Restaurante Estação
© DRRestaurante Estação

Na carta do Estação pode agora provar pratos de carne como magret de pato (16€), medalhão de lombo com cogumelos (19€) e bife Wellington (22€), e propostas do mar como filetes de bacalhau com arroz de tomate (14,50€), filete de robalo com risoto de lima (15€) e polvo com batata a murro (16€). Os vegetarianos podem pedir o risoto de cogumelos (14€) e os mais pequenos têm direito a um Menu Infantil (8€), que inclui bebida e bifinho de lombo com batata frita e arroz.

Para sobremesa pode, por exemplo, experimentar a rabanada com gelado de caramelo e vinho do Porto (5,50€), o pão-de-ló com doce de ovos e amêndoa (5,50€), o cheesecake de crème brûlée (5,50€), o crumble de framboesa com gelado de hortelã e lima (5,50€), a mousse de chocolate (4,50€) ou os gelados (3,50€ por bola). Na carta de bebidas há vinhos, cervejas, sangrias, espumantes, cocktails e gins, entre outras opções.

Restaurante Estação
© DRRestaurante Estação

A Estação Ferroviária da Maia foi inaugurada em 1932, originalmente denominada de Barreiros, estando integrada na Linha de Guimarães. Desactivada desde 2001, a antiga estação foi recuperada e transformada em restaurante em 2018, mantendo as suas características originais, desde os objectos ao mobiliário, para lembrar o ambiente aqui vivido. Na sala de refeições exterior, protegida por paredes envidraçadas, foi em tempos o pórtico onde se esperava pelos comboios, e na fachada perduravam os azulejos originais da construção.

Depois do incêndio em Dezembro de 2020, os donos meteram as mãos à obra para devolver a vida a este restaurante e à memória do edifício. Em Julho de 2021, foi inaugurada uma casa irmã, também na Maia – a Tasca Estação, na Avenida D. Manuel II –, e em Dezembro o restaurante Estação reabriu mesmo a tempo do Natal, para celebrar o seu renascimento.

Após o incêndio, o restaurante Estação ficou praticamente destruído
© DRApós o incêndio, o restaurante Estação ficou praticamente destruído

Restaurante Estação: Rua da Estação, 2 (Maia). 22 942 2469‬ / 96 018 5904. Ter-Sáb 12.00-15.00 e 19.30-23.00, Dom 12.00-15.00. Site oficial, Facebook, Instagram

Mais para fazer na Maia:

+ Há novas obras de arte urbana no Ecocaminho da Maia

+ UIVO: a ilustração está de volta à Maia com exposições e oficinas

+ Maia ganha um novo festival internacional de música em 2022

+ Maia ganha rede de percursos pedonais e cicláveis com 203 km

+ Aterro da Maia vai ser encerrado e convertido em espaço verde

+ Os melhores mercados de Natal no distrito do Porto

+ Seis pistas de gelo no distrito do Porto para este Inverno

Últimas notícias

    Publicidade