A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cozido à portuguesa do Antunes
Fotografia de João SaramagoCozido à portuguesa do Antunes

Cinco sítios para comer cozido à portuguesa no Porto

Em dias frios, queremos pratos quentes e fartos. Conheça cinco sítios para comer um bom cozido à portuguesa no Porto.

Escrito por
Teresa Castro Viana
Publicidade

Apetece-lhe um prato farto, cheio de sabor e com ingredientes de alta qualidade? E qual é que preenche todos estes requisitos, qual é? O cozido à portuguesa, obviamente, um dos maiores clássicos da nossa gastronomia. Como encontrar um bom cozido pode ser uma tarefa difícil, nós decidimos dar-lhe uma ajuda, com esta lista de bons sítios para comer cozido à portuguesa no Porto. Todos eles restaurantes bem tradicionais, cada um com a sua versão do prato, onde se vai poder deliciar com uma variedade de carnes, legumes, mas também de enchidos. Dica: vá com apetite e leve companhia.

Recomendados: Os melhores restaurantes de comida tradicional no Porto

Cozido à portuguesa no Porto:

  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Ribeira
  • preço 2 de 4

Pertencem a este grupo a Adega São Nicolau, a Taberna dos Mercadores e o Terreiro, três casas de bem comer na cidade. Ao domingo (à data de escrita deste texto, aos fins-de-semana funcionavam apenas o take-away e as entregas ao domicílio devido ao estado de emergência), o cozido à portuguesa aparece no menu e é feito como manda a tradição, com penca, nabo, cenoura, batata, galinha, costelinha, vitela, pernil, orelha, chispe, morcela, farinheira e moira. Há melhor para fechar o fim-de-semana?

Preço: 12,50€

  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Além do pernil de porco e das famosas rabanadas, que estão na carta diariamente, o cozido à portuguesa do Antunes, servido às quintas-feiras ao almoço, também é uma referência nesta meca da comida tradicional portuense. Inclui tudo o que deve ser, das carnes variadas aos enchidos, passando pelos legumes vindos de um pequeno produtor. Chega à mesa com arroz branco soltinho e é de rapar o prato e pedir por mais.

Preço: 19€ (Dose)

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bonfim
  • preço 1 de 4

Tome nota: às quartas-feiras e fins-de-semana, há cozido à portuguesa no restaurante Manuel Alves. E vale a pena lá ir por causa dele. Confeccionado com carne de vaca, chispe, orelheira, bacon, morcela, salpicão, farinheira, costelinha de porco, frango, batata cozida, cenoura e couve coração, é um dos mais famosos da cidade e a qualidade dos ingredientes é um dos principais motivos.

Preço: 17€ (duas pessoas)

  • Restaurantes
  • Mediterrâneo
  • São Bento
  • preço 2 de 4

Depressa e bem há pouco quem, mas n’O Rápido conseguem a proeza. Os pratos tradicionais portugueses estão sempre a sair e a qualidade nunca é descurada. Às quartas-feiras ao almoço há cozido à portuguesa, com vitela, carnes de porco, fumeiro de Trás-os-Montes e os tradicionais legumes. Servido com arroz branco, pede um bom tinto para ajudar a aconchegar. Sorte a sua: aqui não faltam opções.

Preço: 22€ (duas pessoas)

Publicidade
  • Restaurantes
  • Baixa

Naquela que se transformou numa das ruas mais gastronómicas da cidade nos últimos anos, com cozinha do mundo e autoral, O Ernesto, um dos grandes da cozinha tradicional portuense, continua a dar que falar. Por lá, o cozido à portuguesa é servido à quinta-feira ao almoço e tem como base vitela, chispe, orelha, pernil fumado, morcela, salpicão, penca, cenoura e batata, entre outros. Antes da conta, é obrigatório pedir a salada de frutas mais famosa da cidade.

Preço: 12€

Outras sugestões:

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade