Três sítios para comer rosbife à inglesa no Porto

Quer-se mal passado, cortado em fatias finas e acompanhado por boas batatas fritas. Conheça três sítios para comer rosbife à inglesa no Porto

© João SaramagoO rosbife da Casa Agrícola

O rosbife à inglesa está na carta de muitos restaurantes familiares da cidade mas há três que tem mesmo de provar. Leia o que se segue e saiba quais.

Três sítios para comer rosbife à inglesa no Porto

Casa Agrícola

É um dos pratos estrela da casa, servido desde a abertura, e vem com uma montanha de batata palha e com esparregado a acompanhar. Isto para não falar do molho da carne, feito com um toque de vinho do Porto.

Preço: 16€

Ler mais
Campo Alegre

Treze % Restaurante

Neste restaurante familiar na Foz, o rosbife é mal passado e cortado fininho, como se quer. É servido com batata palha e esparregado e cai bem com um copo de vinho. Onde? Na incrível esplanada das traseiras.

Preço: 13€

Ler mais
Foz
Publicidade

Clube 21

Tal como o prego em pão, também o risbife à inglesa do Clube 21 é uma especialidade. Muito fino, chega à mesa com umas boas batatas fritas caseiras, é servido todos os dias e é a escolha de muitos clientes deste pub no Foco.

Preço: 14€

Ler mais
Pinheiro Manso

Mais sugestões

Três sítios para comer rissóis de carne no Porto

Petiscar é um verbo que deve ser pronunciado com agrado, de preferência rodeado de amigos e com umas cervejas à frente. Os rissóis de carne são um dos snacks que mais se encontram na cidade mas nesta lista dizemos-lhe qual é o top 3.

Ler mais
Por Teresa Castro Viana

Três sítios para comer bola de carne no Porto

Qual é a coisa, qual é ela que pode ser alta ou baixa, fofa ou estaladiça? Adivinhou: é a bola. Tome nota destas sugestões para carnívoros, para provar em três espaços apetitosos na cidade.

Ler mais
Por Teresa Castro Viana
Publicidade

Três sítios para comer papas de sarrabulho no Porto

O tempo frio pede comida de conforto com fartura e com sabor. Como as papas de sarrabulho, esse petisco feito com carnes de vários animais, sangue, pão e cominhos. Se não sabe onde as devorar, leia o que se segue.

Ler mais
Por Teresa Castro Viana

Comentários

0 comments