A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Restaurante, Manuel Alves, Cozido
©João SaramagoCozido do Manuel Alves

13 pratos para partilhar até 10€ no Porto

Nunca a comida para partilhar esteve tão na moda. A pensar nisso, fizemos-lhe uma lista de 13 pratos para partilhar até 10€ no Porto

Escrito por
Teresa Castro Viana
Publicidade

Por vezes, comer bom e barato na Invicta é uma tarefa difícil, mas não impossível. A pensar em si fizemos uma lista de 13 pratos pratos para partilhar até 10€ no Porto. Não se preocupe porque aqui não entram bolinhas de alheira ou gambas ao alho. Há, em contrapartida, pratos fartos que têm que ser divididos, sob pena de não se conseguir levantar no final da refeição. Agora só precisa de escolher quem vai ter a tarefa árdua de o acompanhar. 

Recomendado: As melhores entradas e petiscos até 5€ no Porto

13 pratos para partilhar até 10€ no Porto

  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Prato: Feijoada de chocos
Preço: 15€/Dose

Com cebola, alho, tomate, cenoura, vinho branco, feijão branco e chocos (o prato só é feito quando há chocos frescos no mercado) são os ingredientes de base desta feijoada, servida com coentros para refrescar. Como qualquer prato desta casa, é bem feito, bem servido e bem bonito. Sim, porque os pratos rústicos também podem dar likes no Instagram. Vá lá, tente.

  • Restaurantes
  • Português
  • Taipas
  • preço 1 de 4

Prato: Rojões à portuguesa
Preço: 19,50€/Dose

À hora das refeições é um verdadeiro entra e sai na Adega Vila Meã, um dos mais tradicionais restaurantes da cidade. Culpa da comida bem feita e com preços acessíveis. À quarta-feira conte com rojões à portuguesa. Mas vá acompanhado, já que uma dose dá para duas pessoas com fome.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Leça da Palmeira
  • preço 2 de 4

Prato: Arroz de cabidela
Preço: 14€/Dose

Os clássicos nunca passam de moda e já passaram mais de
 40 anos desde a abertura do Chanquinhas, em Leça. Mesmo assim, ainda há muitos clientes que lá vão para devorar uma tachada de arroz de cabidela (uma dose dá à vontade para duas pessoas). Feito com frango do campo cortado em pedaços e com pele, leva a quantidade certa de sangue e vinagre e uma rodela de chouriça para dar sabor. Sem truques, como se quer.

  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 3 de 4

Prato: Tripas à moda do Porto
Preço: 17,50€

Nem só de peixe se faz este restaurante tradicional em Matosinhos. As tripas à moda do Porto, servidas sempre aos sábados e, às vezes, à segunda-feira, são um dos pratos fortes da casa. Uma dose dá para duas pessoas e tem tudo o que é preciso, dos folhos à orelheira, da mão de vitela ao feijão.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Churrasco
  • Porto
  • preço 1 de 4

Prato: Frango no churrasco
Preço: 6,25€/Dose

Quem nunca safou um jantar de amigos com um frango no churrasco, que atire a primeira pedra. É uma alternativa 
boa, rápida e, acima de tudo, barata. Não só em casa, como no próprio restaurante. Nesta casa, um frango dá para duas
 a três pessoas e é vendido sem guarnição. Por mais uns trocos pode pedir batatas fritas, arroz branco, salada mista e até feijão preto e farofa.

  • Restaurantes
  • Churrasco
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Prato: Rosbife
Preço: 18,50€/Dose

A churrasqueira Paraíso é um dos melhores sítios da cidade para comer bem e barato. O rosbife, servido com batata às rodelas, legumes salteados e arroz branco, é um dos pratos fortes deste restaurante. Meia dose costuma dar para duas pessoas. Uma, é capaz de alimentar três almas esfomeadas.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Clérigos
  • preço 1 de 4

Prato: Pataniscas de bacalhau com arroz malandro
Preço: 11,90€/Dose


A comida portuguesa nunca desilude. E há pratos que fazem lembrar a casa da avó, como as pataniscas de bacalhau com arroz malandro d'A Tasquinha. O arroz pode ser de tomate, enquanto há tomate do Algarve, ou de feijão, quando entra o tempo mais frio. Uma dose dá para duas pessoas e é tão bem servida que vai fazê-lo ter vontade de se encostar em qualquer lado a dormir a sesta.

  • Restaurantes
  • Português
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

Prato: Arroz de tamboril e gambas
Preço: 19,50€/Dose

Apesar de o nome antever um restaurante de petiscos, não vá ao engano. Aqui come-se em doses generosas. O arroz de tamboril e gambas é uma das especialidades (não estivesse a Petisqueira do Godinho a dois passos da lota de Matosinhos) e dá para aconchegar o estômago de dois comensais.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Prato: Vitela assada no forno
Preço: 20€/Dose


Assada no forno e servida 
com batatas, arroz e legumes salteados, a vitela arouquesa é uma das especialidades desta casa, onde a carne desta raça é privilegiada. Tenra, suculenta 
e cheia de sabor, é a escolha ideal para um almoço de família ou um jantar de amigos, para variar dos petiscos e dos restaurantes italianos.

  • Restaurantes
  • Churrasco
  • Bonfim
  • preço 2 de 4

Prato: Misto de carnes
Preço: 32,50€/Dose

Não se assuste com o preço. A dose deste misto de carnes dá para entre cinco a seis pessoas. Sim, leu bem. A travessa vem com posta, picanha, frango, entrecosto, costelas e salsicha toscana e é a alternativa perfeita para os amantes de carne que não conseguem escolher a que mais gostam. Para tornar o cenário ainda melhor, este misto de carnes é acompanhado por feijão preto, arroz, batata frita, farofa e couve mineira.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Prato: Pernil de porco
Preço: 17€/Dose

Fumado, mas não em demasia, o pernil do 
Antunes é um dos ícones gastronómicos da cidade.
 A dose para duas pessoas é muito generosa e acompanha na perfeição com batatas alouradas no forno e esparregado. À sobremesa peça a rabanada, outro dos ex-líbris desta casa.

  • Restaurantes
  • Português
  • Porto
  • preço 1 de 4

Prato: Bacalhau assado na brasa
Preço: 17,90€/Dose

Há restaurantes onde vale
 a pena ir só por causa da vista. O Caseirinho, em plena marginal, não é um deles. A vista é incrível, de facto, mas a comida caseira (já tinha adivinhado, certo?), os preços acessíveis e o atendimento simpático tornam este restaurante ainda mais apetecível. O bacalhau assado na brasa, servido com batatas e regado com azeite, é um bom prato para partilhar. De preferência, se for acompanhado de um bom vinho. Dica: levante dinheiro antes de ir para o restaurante. Não há multibanco.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bonfim
  • preço 1 de 4

Prato: Cozido à portuguesa
Preço: 15,50€/Dose

Marque encontro com este cozido, um dos mais famosos da cidade, às quartas-feiras ou aos fins-de-semana. Carne de vaca, chispe, orelheira, bacon, morcela, salpicão, batata cozida e cenoura são alguns dos ingredientes que completam a receita, feita há mais de 40 anos neste restaurante.


Mais para comer

  • Restaurantes
  • Restaurantes

Este molusco é um ingrediente sofisticado, frágil e com um sabor muito suave. A vieira pode ser servida como entrada ou como estrela de um prato principal, tanto cozinhada (grelhada ou gratinada também fica muito bem) como crua, num ceviche ou carpaccio. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Restaurantes

Há pratos que sabem melhor com a chegada do tempo frio. E o ossobuco, um prato típico da gastronomia italiana, com a carne estufada lentamente, é um deles. Servido com massa ou com puré, é a verdadeira comida de conforto, que cai que nem ginjas com um copo de vinho tinto. 

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade